Home » Internet » Bandido compartilha o próprio cartaz de procurado no Facebook. Adivinha o que aconteceu?

Bandido compartilha o próprio cartaz de procurado no Facebook. Adivinha o que aconteceu?

Bandido convicto de que nunca seria preso compartilha postagem do Facebook da polícia com sua própria foto; imbecil é preso 4 minutos depois

6 anos atrás

el-indio-wanted-t-shirt

A gente sabe que há um fenômeno antropológico inexplicável que algumas pessoas tendem a apresentar uma redução em seu quociente de inteligência na presença de tecnologia. Não se sabe porque mas é observado que uma considerável parcela desse são de pessoas que estão do outro lado da lei, como já vimos em casos anteriores aqui e aqui.

O mais recente caso de bandido bom é bandido burro aconteceu na cidade de Freeland, no estado da Pensilvânia. Anthony James Lescowitch, um homem de 35 anos era procurado por acusações de agressão e outros crimes, e se gabava de ainda não ter sido pego. Até que ele viu seu próprio cartaz de procurado sendo compartilhado pela conta do Facebook do Departamento de Polícia de Freeland. Sim, o gênio estava na página da polícia. Como se não bastasse ele resolveu tirar uma e compartilhou a postagem:

facebook-wanted-picture

Obviamente que a polícia achou estranho o fato de um tal "Jim Lescowitch" compartilhar a postagem, e resolveu fazer um teste: uma agente (ou um agente, vai saber) se aproximou do meliante através do Facebook e o seduziu, marcando um encontro. Obviamente que a besta aceitou e foi preso. E o melhor: o tempo entre ele ter compartilhado a foto e ser enquadrado não levou mais do que 45 minutos.

No fim fica a lição: em tempos de  Snowden, NSA e Obama vigiando todo mundo com drones, a boa e velha engenharia social ainda é importantíssima para pegar bandidos imbecis que adoram ter o ego massageado. John Milton que o diga.

Fonte: CNet.

 

relacionados


Comentários