Home » Segurança » Novo capítulo do melhor humor inglês: o filtro anti-pr0n do Governo

Novo capítulo do melhor humor inglês: o filtro anti-pr0n do Governo

A patacoada que é o novo filtro anti-Pr0n do Governo Inglês desta fez caprichou. As mais recentes vítimas? Sites de tecnologia, e não só blogs, grupos de usuários Linux também entraram pra lista negra. Se bem que a Electronic Frontier Foundation e a Anistia Internacional também estão bloqueados, então estão em boa companhia…

6 anos atrás

theinternet

Tudo tem um lado bom. No caso dos filtros anti-Pr0n que a Inglaterra está enfiando goela abaixo dos usuários nas últimas semanas, o lado bom é que finalmente descobrimos o que as Indústrias Reynholm fazem: filtros anti-Pr0n.

Só a surreal incompetência corporativa da empresa de IT Crowd seria capaz de uma implementação tão vergonhosa quanto os filtros ingleses. Já comentamos quando sites legítimos de educação sexual e apoio a vítimas especiais (sorry, muito SVU), mas isso foi só o começo.

Em 24 horas surgiu uma extensão do Chrome para contornar o tal filtro. Do lado do filtro também começaram a ser barrados os sites do Parlamento Britânico, diversos sites governamentais e, num momento Karma is a bitch, bitch! o site da deputada Claire Perry, uma das maiores incentivadoras do tal filtro.

Agora piorou. Sites de tecnologia também estão sendo bloqueados, como Slahsdot, Geekculture.com, Ars Technica e outros notórios distribuidores de pornografia, como a Electronic Frontier Foundation, Linux.com, OpenBSD.org e FreeBSD.org.

Anistia Internacional também entrou no filtro.

Outro que rodou foi o autor de tecnologia Peter Hansteen, da Noruega. Os filtros não gostaram de um post em seu site pessoal, bsdly.net, com uma imagem que tinha a legenda “a blonde chick with a cute pussy”. A imagem? Esta:

naogoogle

Ou seja: no país que deu ao mundo Monty Python, um robô sem senso de humor está bloqueando sites por causa de piadas mais velhas que andar pra frente.

Fonte: TGD.

relacionados


Comentários