Home » Meio Bit » Internet » LG e Samsung agora vão brigar no campo da Internet das Coisas

LG e Samsung agora vão brigar no campo da Internet das Coisas

As duas gigantes coreanas apresentam soluções agora na área da Internet das Coisas, de modo a iniciar nova disputa pela liderança em tecnologia

5 anos e meio atrás

lg-homechat

A briga entre a Samsung e a LG para decidir quem é a empresa mais polivalente do mundo ainda vai render muito. Depois de disputar cabeça a cabeça quem será a líder no segmento de displays (tanto em smartphones e tablets quanto em TVs), ambas resolveram entrar no terreno ainda não muito desbravado da Internet das Coisas, com produtos semelhantes que permitem a mesma coisa: que você fale com sua casa.

A LG saiu na frente ao divulgar o serviço HomeChat. Através do app de mensagens Line o usuário poderá bancar o George Jetson ao literalmente conversar com a nova linha de eletrodomésticos inteligentes da empresa, que serão apresentados junto com o recurso na CES 2014. Não só você poderá dar ordens específicas como os eletrodomésticos falarão com você (frases pré-programadas, lógico) dependendo da informação que você fornecer. Por exemplo, é possível setar os robôs limpadores para dar uma geral na casa um dia antes de retorno de uma viagem, controlar a máquina de lavar, monitorar o status da geladeira e outras coisas.

Já a Samsung vai por outro caminho. Ao invés de permitir que o usuário controle sua casa pelo smartphone (que ao meu ver seria a solução mais lógica), ela liberou hoje a versão 5.0 do SDK de suas Smart TVs, adicionando a possibilidade do televisor ser o centro de controle da casa. Com isso ela passa a bola para os desenvolvedores, pois seriam eles os responsáveis em desenvolver as aplicações que seriam compatíveis com eletrodomésticos espertos. Como não se trata da Samsung Brasil, que realizou um concurso onde ela ficava com o app, não pagava royalties para o desenvolvedor mas repassava para ele qualquer imbróglio legal é capaz que saia daí algumas coisas boas. Além disso, por tornar a TV a central de controle da casa qualquer um seria capaz de operá-la, mesmo alguém que não se dá bem com smartphones mas sabe operar uma TV, ou seja, todo mundo.

Ainda que eu tenha minhas dúvidas quanto à segurança da Internet das Coisas, como duas empresas grandes resolveram entrar com tudo é capaz que o conceito finalmente avance, ainda que isso dependa de eletrodomésticos indecentes de tão caros. Mas com o tempo e adesão de outras fabricantes, esse cenário poderá mudar.

Fonte: LG e ST.

relacionados


Comentários