Home » Hardware » Snapdragon 410: primeiro chip 64 bits da Qualcomm mira em aparelhos de entrada

Snapdragon 410: primeiro chip 64 bits da Qualcomm mira em aparelhos de entrada

Contrariando as expectativas, Snapdragon 410 é o primeiro SoC da Qualcomm com arquitetura de 64 bits, porém voltado para aparelhos baratos

6 anos atrás

qualcomm-snapdragon

Quando a Apple apresentou o chip A7, o primeiro SoC de 64 bits a equipar um dispositivo mobile (no caso, o iPhone 5s) que foi produzido em conjunto com a Samsung (que vai empregar a técnica em seus futuros chips), sabia-se que a Qualcomm estava desenvolvendo um produto próprio similar, tanto é que quando o diretor de marketing Anand Chandrasekher disse que o A7 não passava de um "gimmick de marketing", o pessoal da empresa rapidamente divulgou uma nota dizendo que sua afirmação era imprecisa.

Para dar a ideia de como a Qualcomm se doeu com a crítica, pouco tempo depois Chandrasekher rodou.

Agora a empresa apresenta ao mundo o Snapdragon 410, o primeira de uma série de processadores que também contam com a arquitetura de 64 bits. Entretanto, diferente da maioria do público e profissionais que esperavam um processador de ponta, a empresa mira primeiro em smartphones de entrada, com valores de até US$ 150. A Qualcomm não informou o clock, mas o chip conta com a GPU Adreno 306, que suporta vídeo em 1080p e câmeras de até 13 megapixels. Além disso essa nova gerações de SoCs baratos são compatíveis com 4G/LTE, dando suporte "a todas as frequências de banda" segundo a Qualcomm.

Pode parecer bobeira mas isso é uma novidade muito bem vinda, com a expansão das redes 4G em todo o mundo é importante que os aparelhos mais baratos também possam fazer uso das redes; até então só modelos mid-price para cima possuíam conexão 4G, salvo raras exceções.

Resta aguardar a adoção desses novos chips pelas fabricantes. Embora algumas prefiram empregar novidades deste nível em aparelhos mais caros, eu consigo imaginar a Nokia atualizando a linha Lumia de entrada, introduzindo um sucessor dos modelos 520 e 525 com 4G, que daria um boost ainda maior em seus aparelhos voltados para quem não quer gastar muito, entretanto não abre mão da qualidade.

Fonte: AC.

relacionados


Comentários