Home » Microsoft » Segundo Julie-Larson Green, Microsoft está trabalhando para unificar a plataforma Windows

Segundo Julie-Larson Green, Microsoft está trabalhando para unificar a plataforma Windows

Segundo executiva Julie-Larson Green, missão da Microsoft é acabar com a fragmentação e disponibilizar uma única versão do Windows para todas as plataformas

6 anos atrás

Julie Larson-Green

Em nome de seguir a mentalidade de Steve Ballmer e não ficar atrás da Apple em nenhum quesito, seja software ou hardware, e empresa se viu atirando em três mercados distintos e por conta disso acabou desenvolvendo três sistemas operacionais distintos: Windows 8, Windows Phone 8 e Windows RT. Ainda que não seja nada como o Androide seu problema de fragmentação (e que aos poucos ela está conseguindo remediar), há quem ache que três é demais já que Cupertino só possui dois.

E uma dessas pessoas é justamente a pessoa quando se trata de dispositivos mobile e entretenimento dentro da Microsoft, a vice-presidente de Dispositivos e Estúdios Julie Larson-Green. Durante conferência na UBS Global Technology na cidade de Sausalito, Califórnia na última semana, a executiva deu a entender que a empresa está trabalhando para resolver esse problema, transformando o Windows numa plataforma única:

"Nós temos o Windows Phone, o Windows RT e o Windows para desktop. Nós não teremos três (plataformas)."

Tal movimento está sendo visto como uma evolução natural da plataforma Windows dentro da empresa, algo que eles já deram indícios lá atrás durante a BUILD 2011. A executiva lembrou que o grande desafio da versão completa do Windows é torná-lo ainda mais eficiente em termos de consumo de energia, de modo a torná-lo perfeito para tablets de modo que não dependa apenas dos processadores Haswell para fazê-lo: com isso qualquer Tegra ou Qualcomm poderia ser capaz de rodar o Windows 8 Full sem problemas.

Mas e o RT? O VP de Windows Terry Myerson acredita que o futuro da versão para tablets repousa nos Windows Phones. Já há planos de unificar as Stores das versões WP8 e RT, para facilitar o desenvolvimento de apps. Com isso o Windows Phone 8 seria num primeiro momento absorvido/fundido à versão RT e só então a Microsoft daria o passo seguinte, que é disponibilizar apenas uma versão do Windows para todas as plataformas.

O caminho que a Microsoft trilhou durante o desenvolvimento do Windows 8 permitirá essa transição, já que os sistemas são demasiadamente semelhantes: bastam poucas linhas de código para adaptar um app mobile para desktop. Particularmente não duvido que a empresa seja capaz de fazê-lo, resta saber quando essa novidade verá a luz do dia.

Fonte: The Verge.

relacionados


Comentários