Home » Games » Sony » Fumito Ueda lamenta atrasos no The Last Guardian

Fumito Ueda lamenta atrasos no The Last Guardian

Fumita Ueda diz estar se sentido mal pelos atrasos do The Last Guardian e dá a entender que se dependesse dele, o jogo já teria sido lançado.

6 anos atrás

fumito-ueda

Na minha opinião, uma das maiores decepções da geração que está acabando foi o não lançamento do The Last Guardian. Como um grande admirador dos trabalhos anteriores de Fumito Ueda, tinha uma grande expectativa para ver o que ele e sua equipe conseguiriam entregar com um equipamento tão mais poderoso que o PlayStation 2, mas como sabemos, isso não aconteceu.

Porém,  se você pensa que o game designer não está incomodado com a produção que já passa de seis anos, em uma entrevista para a revista Edge ele demonstrou todo o seu descontentamento com a situação.

Mais do que qualquer coisa, me sinto terrivelmente triste por, devido a diversas razões, ter feito meu público esperar por um período tão longo… Eu sempre quis criar jogos rapidamente e sempre quis aumentar a taxa de produção.

Os detalhes sobre quando, onde e como o jogo será concluído estão além do meu controle. A equipe original do Ico e do SoTC está tão inquieta sobre detalhes quanto eu.

Ueda fez questão de deixar claro que embora continue trabalhando como contratado da Sony, sua atuação no The Last Guardian terminou há muito tempo e declarou que espera poder falar sobre os detalhes da produção em alguma oportunidade futura.

Bom, talvez eu esteja vendo chifre em cabeça de cavalo, mas a impressão que fiquei é de que Fumito Ueda não está nada satisfeito com a maneira como a Sony tem lidado com o desenvolvimento do jogo e o interessante é que esse é justamente o sentimento de muitos de nós.

relacionados


Comentários