Home » Mobile » Mercado » Nokia libera amostras em RAW feitas pela linha Lumia

Nokia libera amostras em RAW feitas pela linha Lumia

A Nokia disponibilizou amostras de imagens gravadas em RAW (DNG) feitas com o Lumia 1020 e 1520. Qualidade, nitidez e saturação estão muito boas, mas o tamanho do arquivo assusta.

5 anos atrás

Uma das coisas mais bacanas do Nokia World Event da semana passada, pelo menos para quem se preocupa com a parte da fotografia, foi que agora alguns dos aparelhos da linha Lumia, mais especificamente o 1020 e o 1520,  vão poder fotografar e guardar essa imagem em formato DNG (RAW). As implicações disso são bem bacanas, entre elas a possibilidade de uma edição mais apurada nas imagens. Porém, e isso é importante,  ninguém tinha tocado na questão do armazenamento desses arquivos. Depois de todo o bafafá a Nokia liberou em seu site algumas amostras de fotos feitas em DNG em resolução máxima.

No anúncio das imagens,  Juha Alakarhu, chefe de tecnologias da imagem da Nokia, disse que a possibilidade de fotografar em RAW foi uma solicitação antiga dos consumidores e que agora os fotógrafos podem utilizar melhor a criatividade para fazer das imagens captadas com o Lumia algo muito melhor. Ele finaliza apontando que o Lumia 1020 e o novo 1520 são os únicos smartphones do mercado a oferecer captura em RAW e que a maioria das câmeras point-and-shot não oferecem essa funcionalidade. Realmente, ponto para a Nokia.

O anúncio fecha colocando uma declaração da Adobe parabenizando a empresa pela decisão de levar a fotografia dos Smartphones para outro nível. Segundo Winston Hendrickson, Vice Presidente de Produtos da Adobe, “ao adicionar suporte DNG dentro do  Lumia 1020 e 1520, a Nokia está melhorando dramaticamente o controle artístico e flexibilidade à disposição dos seus clientes”. Ou seja, até agora muita rasgação de seda. Mas, o que importa são os arquivos gerados pelos aparelhos. A Nokia disponibilizou 4 imagens em RAW e JPEG.

Todos os arquivos foram reconhecidos pelo Lightroom 5 e as 4 fotos foram executadas com ISO 100, abertura de diafragma em f/2,2 e variadas velocidades de obturador. A única informação não reconhecida pelo Lightroom é a distância focal do equipamento. Todas as imagens possuem muita informação e podem ser editadas de maneira confortável. Gostei muito da nitidez e saturação da imagem. Vai agradar muito a quem procura um Smartphone para ser sua câmera fotográfica. Agora vem a parte ruim. Cada arquivo RAW disponibilizado possui em média 40 MB de tamanho. Depois de editado e exportado no Lightroom para um JPEG de melhor qualidade o arquivo cai para 29,8 MB. Ou seja, se quiser aproveitar todo o conforto de fotografar em RAW o armazenamento pode ser um problema. Agora, se o seu lance é apenas fotografar em baixa resolução e compartilhar suas fotos nas redes sociais, então os Lumia serão seu fiel companheiro.

nokia_DNG


Leia mais sobre: , , , .


relacionados


Comentários