Segundo WSJ, Microsoft estaria testando sua própria versão do Google Glass

windows-glass-patent

Aparentemente o hype do Google Glass esfriou, mas isso não quer dizer que ele não seja um produto interessante o suficiente para despertar a concorrência. Uma dessas empresas é a Microsoft, que segundo o Wall Street Journal está desenvolvendo um óculos esperto tal como o de Mountain View. A patente já vazou anteriormente (foto acima), mas agora chegam informações internas que a Microsoft está testando diversos modelos do gadget.

De acordo com  as fontes a empreitada é reflexo do desejo do CEO Steve Ballmer de “não ficar para trás, seja em hardware ou software” para seus concorrentes. Ainda que originalmente o alvo principal era a Apple, a empresa estendeu seu escopo obviamente para Google e Samsung, e isso inclui não ficar de fora do mercado de gadgets “vestíveis”. Tal como o Glass, o óculos esperto da Microsoft contaria com câmera e conexão wireless, mas assim como seu concorrente não seria um produto voltado às massas. Ainda que nada tenha sido dito pela Google, muito provavelmente o preço do Glass não ficará muito distante dos US$ 1.500,00 da versão Developer, e Redmond pode acabar seguindo o mesmo caminho.

SPOT: smartwatches com sistema da Microsoft, lançados em 2004

Considerando que ela agora é a dona da Nokia (que lançou uma cacetada de coisas legais hoje, aliás), ao menos a questão hardware de qualidade está resolvida. E mais, essa não é a primeira vez que a Microsoft entraria no ramo de wearable gadgets: ela foi uma das primeiras a lançar um smartwatch ainda em 2004 quando lançou o SPOT (abreviação de Smart Personal Objects Technology), um sistema voltado para conectar eletrodomésticos com a rede via FM, um serviço que custava US$ 59 por ano. Além de relógios espertos fabricados pelas empresas Fossil, Inc. e Suunto (acima), a Melitta também apresentou uma cafeteira esperta, a ME1MSB:

melitta-smartcoffee

Ainda que não tenha dado muito certo, a Microsoft teria mais know-how na área do que seus concorrentes. Resta saber se ela também vai entrar na onda dos smartwatches, área em que até a HTC vai entrar.

Fonte: WSJ.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples