Home » Games » Indústria » Produtor do Final Fantasy critica semelhança entre jogos americanos e europeus

Produtor do Final Fantasy critica semelhança entre jogos americanos e europeus

Para produtor da série Final Fantasy, os jogos japoneses terem um estilo próprio é bom e uma diferenciação entre EUA e Europa também deveria existir.

6 anos atrás

Lightning-Returns-Final-Fantasy-13

Para muita gente, incluindo aí game designers importantes, a indústria japonesa de game está indo de mal a pior, mas na opinião de Yoshinori Kitase, produtor da série Final Fantasy, o jeito bastante característico dos games produzido por lá é algo que deve ser mantido e essa distinção cultural deveria ser mais valorizada em certas regiões.

Recentemente tenho recebido muitas perguntas que tratam o termo ‘J-RPG’ tanto de maneira positiva quanto negativa. Seja o termo usado para o bem ou para o mal, sinto que o fato de reconhecerem esses jogos como sendo distintivamente ‘japoneses’ só pode ser uma coisa boa. Muitas vezes ouço o termo ‘Estilo Ocidental’ sendo usado como comparação ou contrapartida ao ‘Estilo Japonês’, mas fico fascinado por esta comparação e realmente gostaria de perguntar se existe um ‘Estilo Britânico’ ou um ‘Estilo Europeu’.

Por exemplo, no mundo do cinema existe os filmes de Hollywood e em comparação, há o que chamam de cinema britânico e francês, que claramente possuem diferentes personalidades e características únicas. Se olhar para a música, então o rock britânico e americano são bastante diferentes.

Eu realmente gostaria de ouvir dos europeus o nome de um game que eles sintam que representa os jogos europeus, que esteja fortemente enraizado em suas culturas e estou intrigado sobre qual jogo poderia ser. Por favor, eu realmente quero saber!

Está aí um ponto de vista legal e no qual eu nunca havia pensado. Mesmo com todas os problemas que a indústria japonesa tem passado, ainda é possível dizermos quando certos títulos foram criados por lá e a mesma diferenciação não acontece quando olhamos para produções europeias ou americanas e penso que talvez esse ganho de um estilo próprio poderia fazer muito bem, não só às desenvolvedoras europeias, mas também aos jogadores. Fonte: OXM.

relacionados


Comentários