Home » Destaques » Acer anuncia Chromebook C720, ultrabook equipado com processador Haswell

Acer anuncia Chromebook C720, ultrabook equipado com processador Haswell

Ultrabook é atualização do C7: segundo a Acer, novo Chromebook possui autonomia de até 8,5 horas!

5 anos atrás

acer-chromebook-c720

Mal Google e HP anunciaram o Chromebook 11, um ultrabook de US$ 249 com especificações que o deixam mais próximo de um tablet do que um computador (até porque não é preciso muito para dar conta do Chrome OS) a Acer resolveu forçar um pouquinho mais os números e anunciou o Chromebook C720, um concorrente direto do modelo vendido diretamente pelo Google, que se por um lado ele possui um hardware levemente melhor, por outro ele sai mais barato.

Seguindo a direção apontada por seu irmão mais velho Chromebook C7, o C720 continua utilizando processador Celeron, no caso o dual-core 2955U com tecnologia Haswell e clock de 1,4 GHz, contra 1,1 GHz do modelo anterior. E seguindo a maioria dos produtos atuais equipados com a quarta geração de processadores Intel o consumo de energia foi sensivelmente reduzido, pois a fabricante afirme que o ultrabook aguenta até 8,5 horas longe da tomada. O case já não é tão fino, possuindo quase 2 cm de espessura.

acer-chromebook-c720-001

acer-chromebook-c720-002

acer-chromebook-c720-003

acer-chromebook-c720-004

Além do processador, o C720 possui o dobro de memória RAM em comparação com o HP Chromebook 11: são 4 GB contra 2 GB do concorrente. Já o restante é similar, display de 11,6 polegadas com resolução de 1366 x 768 pixels (a Acer não mencionou se é um IPS como o Chromebook 11, então supomos não ser o caso), SSD de 16 GB, três portas USB 2.0, saída HDMI e entrada para cartões SD e claro, roda Chrome OS. Claro que poder vem com um preço: diferente do adversário a alimentação dele é a tradicional, enquanto que o modelo da HP pode ser carregado através de uma porta Micro-USB.

Já o preço se mostra mais atrativo: o C720 estará disponível a partir de hoje na Amazon e Best Buy pelo valor de US$ 249, trinta dólares a menos que o Chromebook 11 mas US$ 50 a mais do que seu antecessor, o C7. Ainda não há informação se o ultrabook será vendido por aqui.

Fonte: Ars Technica.

relacionados


Comentários