Home » Hardware » NVIDIA revela oficialmente o Tegra Note, tablet de baixo custo com processador Tegra 4

NVIDIA revela oficialmente o Tegra Note, tablet de baixo custo com processador Tegra 4

nVidia entra no mercado de tablets com o Tegra Note, dispositivo de 7 polegadas compatível com 4G/LTE que será fabricado por empresas parceiras

6 anos atrás

nvidia-tegra-note

 

Hoje a nVidia confirmou as especulações ventiladas na internet e anunciou que vai mesmo entrar com os dois pés no mercado de tablets com o Tegra Note, a segunda aposta da empresa em hardware próprio após o nVidia Shield.

A pegadinha é que o Note é um tablet de referência - uma guia a ser seguida pelos fabricantes parceiros cujo preço final poderá variar de acordo com o que adicionarem ou removerem. O valor base porém é de saborosos US$ 199, o que pode torná-lo bem atraente.

A empresa sabe que perdeu mercado com a Qualcomm e seus processadores Snapdragon dominando o cenário: a perda da parceria com o Google no Nexus 7 pode ter sido o principal motivo dela ter resolvido ir à luta com um dispositivo próprio. Apesar de muita gente não gostar dos processadores Tegra (oi, Laguna) por eles serem comilões, há de se admitir que o Tegra Note é um tablet que enche os olhos.

As especificações do produto-base são as seguintes:

  • SoC quad-core Tegra 4 ARM Cortex A-15 com clock não revelado (compatível com LTE) e GPU GeForce de 72 núcleos;
  • display IPS de 7 polegadas com resolução de 1280 x 800 pixels (215 ppi);
  • câmera traseira de 5 megapixels e frontal VGA;
  • auto-falantes estéreo;
  • memória interna de 16 GB expansível;
  • acessórios como porta Micro-HDMI e caneta stylus ;
  • Android 4.2 Jelly Bean.

A nVidia ficará encarregada das atualizações do Android via OTA e acredita que é plenamente possível construir o Tegra Note e vendê-lo pelo preço de US$ 199, colocando-o na categoria de tablets de baixo custo mas com uma certa qualidade. O que me preocupa nessa história é deixar a montagem nas mãos dos parceiros, a menos que o nível de exigência se mantenha no mesmo dos fabricantes de placas de vídeo.

A previsão é de que o tablet esteja disponível já em outubro, e ao menos duas parceiras já foram anunciadas: EVGA e PNI, fabricantes de placas de vídeo e memória respectivamente. Se a faixa de preço for mantida será uma briga interessante com o novo Nexus 7, sem falar numa provável renovação das linhas da Apple e Amazon.

Fonte: GigaOM.

relacionados


Comentários