Home » Games » Projeto IllumiRoom não deverá ser comercializado

Projeto IllumiRoom não deverá ser comercializado

Depois de impressionar a todos com o conceito de realidade aumentada chamado IllumiRoom, Microsoft nos frustra ao diz que alto custo impedirá sua comercialização.

6 anos atrás

illumiroom

A divulgação de produtos conceituais é sempre algo bastante perigoso, pois ao mesmo tempo em que você pode chamar a atenção dos consumidores e mostrar aos investidores que está na vanguarda da tecnologia, corre o risco de frustrar muita gente ao anunciar que aquela ideia talvez nunca saia do papel e podemos dizer que a Microsoft acaba de fazer isso com o IllumiRoom.

Revelado no início deste ano como uma maneira de tornar os jogos mais imersivos, as poucas demonstrações do conceito foram suficientes para despertar o interesse num grande número de pessoas e os mais otimistas até imaginaram que a tecnologia poderia ser confirmada para o Xbox One quando ele fosse anunciado, o que como sabemos, não aconteceu. Porém, o grande balde de água fria ainda estava por vir.

De acordo com Albert Penellom, chefe de planejamento de produto do novo console, o grande problema é o preço elevado que algo assim teria:

Eu não esperaria que vocês vejam algo assim. É uma tecnologia muito, muito legal, mas para o consumidor ela requer um projetor e outras coisas. Ela é fantástica se você está em um laboratório, possui o dinheiro da Microsoft e pode montar aquele incrível espaço, mas… nós consideramos aquilo, mas para um consumidor comum, custaria alguns milhares de dólares para ser montado.

Portanto, a menos que você seja o Tony Stark ou o Richard “Lord British” Garriott, é bom começar a desistir de ter algo assim na sala de casa e da próxima vez que alguma empresa mostrar um conceito que parece bom demais para ser verdade, não faça como eu, pois o melhor mesmo é encará-lo apenas desta forma, como um conceito que parece bom demais para ser verdade.

Agora circulando, pode voltar lá para o jeito sem graça de curtir uns joguinhos.

Fonte: AusGamers.

relacionados


Comentários