Home » Games » Miscelâneas » Desenvolvedor do Gentlemen! agradece por jogo ter sido pirateado

Desenvolvedor do Gentlemen! agradece por jogo ter sido pirateado

Lucky Frame é mais um estúdio a não ver problemas em seu jogo ter sido amplamente pirateado no Android, mas será que a postura é realmente sincera?

6 anos e meio atrás

gentlemen

Um dos argumentos mais utilizados por quem defende a pirataria é que ela não interfere nas vendas e que esta é única maneira de muitas pessoas terem acesso a cultura, o que provavelmente as fazem crer que em prol de sua diversão ou ganho de conhecimento os desenvolvedores devam trabalhar de graça.

Posições ideológicas a parte, vejamos o caso do jogo Gentlemen!. Desenvolvido pelo estúdio independente Lucky Frame, o título teve versões para PC, Mac, iPad e Android e embora tenha sido aclamado pela crítica por oferecer uma experiência diferente ao permitir que dois jogadores compartilhem o mesmo tablet, no sistema do robô ele acabou se mostrando um enorme fracasso comercial.

Longe de custar uma pequena fortuna (US$ 4,99) o game foi disponibilizado em julho e desde então os criadores notaram que mais de 50 mil pessoas baixaram a versão pirata do game no Android, sendo que dessas, apenas 144 o compraram. A situação poderia se tornar ainda ainda pior ao sabemos que a expectativa era de que duas mil cópias fossem vendidas no sistema, mas não é bem assim que pensa Yann Seznec, diretor da Lucky Frame .

O número de cópias piratas apenas confirma que fizemos um jogo que as pessoas adoram jogar!  As pessoas que piratearam o jogo estão jogando bastante, com grande envolvimento – esses não são jogadores casuais que apenas baixam porque podem. Então isso confirma para a gente que o nosso game design é sólido e que fizemos um jogo muito divertido que as pessoas adoram. Para ser honesto, isso é fantástico. É improvável que qualquer desses piratas fossem comprar o jogo de qualquer forma, então estamos apenas felizes que essas pessoas estejam jogando. O Android faz com que a pirataria seja fácil e graças a isso o Gentlemen! está sendo jogado por mais pessoas ao redor do mundo do que todos os nossos jogos anteriores combinados.

Sendo mais um desenvolvedor indie a não se posicionar contra a pirataria, imagino que a opinião de Seznec será elogiada por todo o mundo, mas fico me perguntando até que ponto o cara não está no escritório xingando tudo e todos por só ter vendido algumas cópias. Digo isso pelo seguinte, se um profissional realmente não se importa com as baixas vendas e acha legal o seu trabalho estar sendo aproveitado sem remuneração, porque então ele não o distribui gratuitamente ou na pior das hipóteses, deixando que cada um pague o que quiser por ele?

Enfim, é claro que eu também ficaria feliz em saber que o maior número possível de pessoas jogou algo que criei, mas colocar um preço acima do normal nele e depois dizer que não vê problema na pirataria me parece hipocrisia ou pelo menos uma maneira de conquistar as pessoas passando uma imagem de descolado.

Fonte: Joystiq.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários