Home » Ciência » Estudo afirma que RTSs ajudam a aumentar velocidade de raciocínio

Estudo afirma que RTSs ajudam a aumentar velocidade de raciocínio

Pesquisadores da Universidade de Queen Mary descobrem que jogos de estratégia em tmpo real podem ajudar as pessoas a aumentarem a velocidade de raciocínio.

6 anos e meio atrás

starcraft-2

Vez ou outra surge uma notícia falando sobre algum estudo que afirma que os jogos de tiro em primeira pessoa podem tornar os reflexos do jogadores mais apurados, mas dessa vez o alvo dos pesquisadores da Universidade de Queen Mary foi um gênero bastante diferente daquele onde os tiroteios são comuns, estou falando dos jogos de estratégia em tempo real.

Utilizando dois grupos de estudantes que não são jogadores, um que passaria o seu tempo no StarCraft e outro que se dedicaria ao The Sims, após dois meses os responsáveis realizaram uma série de testes com os voluntários e descobriram que aqueles que jogaram o RTS da Blizzard obtiveram uma pontuação mais alta em tarefas de flexibilidade cognitivas do que as pessoas que encararam a experiência mais calma do simulador de vida da EA.

As pesquisas anteriores demonstraram que os jogos de ação como o Halo podem aumentar a velocidade de tomadas de decisões, mas os trabalhos atuais descobriram que os jogos de estratégia podem estimular nossa habilidade de pensar rapidamente e aprender com erros passados,” explicou o Dr. Brian Glass, da Escola de Ciências Químicas e Biológicas de Queen Mary. “Nossos documentos mostram que essa flexibilidade cognitiva, um alicerce da inteligência humana, não é uma característica estática, podendo ser treinada e aperfeiçoada usando ferramentas divertidas de aprendizado como os games.

De fato os jogadores de RTSs são conhecidos por serem aqueles que possuem mais agilidade no teclado e por realizarem um enorme número de Ações Por Minuto (APM) e enquanto um iniciante consegue em média 50 delas, um profissional pode atingir 300, sendo que alguns ultrapassam a marca de 400 e para ter noção do que isso significa, recomendo dar um olhada no vídeo abaixo.

Confesso que não sei até que ponto estudos como este podem ser realmente úteis na elaboração de futuros games e principalmente, na ajuda a pessoas que estejam passando por algum tipo de tratamento. Mesmo assim, é bom ver que hoje os games não são visto mais como aquele brinquedo que faz mal para os olhos ou que era responsável por queimar TVs.

Fonte: Times Herald.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários