Home » Hardware » Bomba: Steve Ballmer vai se aposentar como CEO da Microsoft daqui a 12 meses

Bomba: Steve Ballmer vai se aposentar como CEO da Microsoft daqui a 12 meses

Microsoft anuncia que Steve Ballmer, CEO da companhia desde 2000 se afastará do cargo daqui a um ano, comitê será formado para encontrar seu sucessor.

6 anos atrás

steve-ballmer

Em um anúncio completamente inesperado, a Microsoft divulgou nesta manhã que o CEO Steve Ballmer, figura mítica da empresa pelo conjunto da obra e presente nela desde seus primórdios se afastará do cargo daqui a 12 meses.

Segundo a empresa a decisão de sair é pessoal e fechará uma trajetória de 34 anos na companhia, quando foi contratado por Gates como o primeiro executivo em 1980, sendo o funcionário de número 30. Neste meio tempo entre o anúncio e a saída de Ballmer, a Microsoft formará um comitê especial para encontrar o sucessor do careca no cargo de CEO.

No cargo desde 2000 quando Gates começou o lento processo de desligamento da Microsoft concluído em 2008 (mas ele ainda permanece como diretor), foi durante sua gestão que a empresa lançou boas versões do Windows, como o XP e o 7, mas também lançou o controverso Vista. Por outro lado, até então ninguém imaginaria que uma empresa que pensava exclusivamente software ousaria entrar num vespeiro como a indústria dos videogames, e mesmo que o Xbox Classic não tenha sido tão bem sucedido, o Xbox 360 conseguiu a façanha de colocar a Microsoft disputando o mercado pau a pau com Sony e Nintendo.

Ballmer declarou que “nunca houve um tempo ideal para esse tipo de transição, mas agora é o tempo certo. Nós embarcamos em uma nova estratégia com uma nova organização e nós temos uma maravilhosa cúpula de diretores.” Muito provavelmente a última dança das cadeiras o deixou confortável o bastante para finalmente decidir que é hora de amarrar o burro na sombra e descansar.

Os próximos desafios que Ballmer terá que resolver são: todo o revés do Surface RT que levou a empresa a ter prejuízo, a sucessão de reviravoltas do Xbox One antecedendo seu lançamento e, claro, o Windows 8.1. Além disso ele e o conselho terão a tarefa inglória de encontrar um novo CEO que mantenha a empresa no prumo.

Infelizmente é uma pena que Ballmer se aposente, não por sua capacidade de gestão, mas por ser uma figura ímpar do mundo mundo corporativo, famoso por sua empolgação e apresentações no mínimo incomuns. Ainda que seja motivo de piada na opinião de muitos (developers developers developers), ninguém questiona a paixão que ele tem pela Microsoft.

Com isso Ballmer, que no momento de sua aposentadoria da Microsoft já estará com 58 anos, finalmente poderá curtir as noites com seu amigo Bill sem pensar no amanhã:

Fonte: AllThingsD.

relacionados


Comentários