Primeiro Smartphone desenvolvido no Brasil? Acho que não…

Vi o anúncio de um smartphone da Elef e fiquei curioso porque nunca tinha ouvido falar desta marca. Decidi entrar no site para procurar mais informações.

Fiquei surpreso com a afirmação de que o Blackhole é “A primeira ferramenta corporativa desenvolvida no Brasil”, porque eu tinha certeza que conhecia o aparelho de algum lugar…

Depois de alguma busca, achei o i-mate JAQ3, que é exatamente igual ao Blackhole, em design, especificações e até nos detalhes, como o botão liga-desliga. São parecidos demais para o Blackhole ser um clone do i-mate, então fica evidente que os dois foram desenvolvidos pela mesma empresa. (Acredito que seja a chinesa TechFaith Wireless).

Não que seja errado terceirizar o desenvolvimento de um projeto, mesmo empresas conhecidas fazem isso – o XPERIA X1 da Sony Ericsson, por exemplo, está sendo desenvolvido pela HTC – mas mentir e dizer que o aparelho foi desenvolvido no Brasil definitivamente não é correto. Pode parecer besteira, mas conheço gente que compraria o Elef só porque ele é nacional…

Quanto ao aparelho, a única coisa que me chamou a atenção (fora a fabricante), foi o preço. R$ 1699 por um aparelho com CPU de 200Mhz e sem 3G ou GPS é bem caro. Por menos, dá para encontrar aparelhos iguais ou melhores, como o HTC S621 e o Samsung i617.

Se o Blackhole estivesse abaixo da faixa de R$1000 (em que a maioria dos smartphones está), seria um bem interessante. Mas do jeito que está deve, ficar encalhado…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples