Home » Meio Bit » Internet » Rede Tor sofre ataque, Freedom Hosting deixa metade dos sites .onion fora do ar

Rede Tor sofre ataque, Freedom Hosting deixa metade dos sites .onion fora do ar

Nesse domingo um grande número de sites da rede Tor ficou offline. Essa rede é o membro mais famoso da Deep Web, a internet que você não acessa pesquisando no Google, já que é necessário um software para acessá-la.

6 anos atrás

Rede Tor

Nesse domingo um grande número de sites da rede Tor ficou offline. Essa rede é o membro mais famoso da Deep Web, a internet que você não acessa pesquisando no Google, já que é necessário um software para acessá-la. Ela foi criada com o intuito de facilitar a vida de quem por algum motivo precisa de anonimato, como perseguidos políticos e pessoas que vivem em regimes não muito afeitos à manifestações em contrário.

Tudo funciona anonimamente e é em tese impossível saber o que qualquer pessoa está fazendo na internet no momento em que começa a usar o sistema.

Freedom Hosting

Além de permitir o anonimato na web, há sites da própria rede, que não usam .com, .org ou outros que você está acostumado a ver. Esses sites, cuja porta de entrada é a Hidden Wiki, tem urls bizarras como idnxcnkne4qt76tg.onion, que são geradas automaticamente e não são associadas a ninguém. Uma hospedagem é necessária para esses sites, e a Freedom Hosting é uma delas. Ela é considerada a maior hospedagem de sites anônimos e famosa por não ter objeções quanto à conteúdo. Lá vale literalmente tudo, de comércio de armas, drogas e assassinos de aluguel (provavelmente gente tentando faturar algum à custa de incautos ingênuos) à pornografia infantil.

Esses sites são o efeito colateral do anonimato e graças principalmente ao escândalo da NSA muitos começaram a ganhar visibilidade fora do gueto, quando mais pessoas começaram a procurar formas de ficar fora da mira do Tio Sam.

Eric Eoin Marques, scripts maliciosos e o FUD instalado

Tudo que se sabe de concreto até agora é que a Freedom Hosting está fora do ar e que sites hospedados por ela estavam injetando um script malicioso em navegadores Firefox versão 17 (usada pela versão mais recente do Tor Browser Bundle). Esses scripts vêm sendo analisados e discutidos à exaustão, principalmente na thread sobre o assunto no Reddit, mas o consenso é de que a função deles é tentar identificar o usuário e enviar informações sobre seus hábitos de navegação ao FBI, ou algo que o valha.

Medo, insegurança e dúvida instalados, é difícil ainda saber o que é verdade e o que é especulação, mas a prisão de Eric Eoin Marques na Irlanda, associada à queda dos sites e da Freedom Hosting, mais a descoberta do malware gerou infinitas teorias da conspiração.

Gente que conhece mais do assunto do que eu jura de pés juntos que Eric Eoin Marques é o dono da Freedom Hosting, apesar de não existir nenhuma informação oficial à esse respeito. A notícia de sua prisão apenas menciona que ele é considerado o maior "facilitador de pornografia infantil online" e sua extradição para os Estados Unidos deve sair em breve (ele tem dupla cidadania irlandesa/norte-americana, o que facilita esse processo).

Marques é um empresário bem-sucedido, filho de um brasileiro e de uma irlandesa, nascido nos Estados Unidos e criado na Irlanda. Vem de família classe média alta e respeitável e não tem antecedentes criminais, o que torna tudo mais estranho, já que não teria por que se envolver em um negócio questionável, para dizer o mínimo.

A página oficial da rede Tor atem-se aos fatos concretos e não especula, tudo é muito recente e análises do que aconteceu ainda estão no início. Mas é consenso que muita coisa deve mudar nos próximos dias, um passeio rápido pela Hidden Wiki permite encontrar informações de fóruns sendo fechados, sites deletados por seus administradores e discussões sobre o golpe fatal que isso significa para o futuro da Bitcoin, a moeda virtual que virou notícia recentemente na grande mídia e teve seu valor inflacionado principalmente por seu crescente uso para aquisição de drogas no Silk Road, o eBay das drogas.

Serviços legítimos como o Tormail também estão fora do ar e com seu anonimato comprometido, e usuários do mesmo são aconselhados a trocar seus dados de login caso os usem também em outros sites.

Essa página será atualizada conformem dados concretos forem surgindo.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários