Home » Hardware » USB 3.1 está pronto para rodar: novo padrão alcança velocidades de até 10 Gbit/s

USB 3.1 está pronto para rodar: novo padrão alcança velocidades de até 10 Gbit/s

USB recebe upgrade para versão 3.1 e velocidade de transferência se equipara à primeira versão da interface Thunderbolt

6 anos atrás

USB chegando para brigar com o Thunderbolt

Apesar de ter ficado bem para trás no quesito velocidade de transferência de dados para o Thunderbolt (comparando com o 2 então...), a interface USB ainda é a mais popular pelo simples motivo que a Intel cobra caro pela licença, o que acaba restringindo-o principalmente a Macs e placas-mãe de alta performance.

Ainda que seja veloz, uma porta USB 3.0 só alcança metade da velocidade de uma Thunderbolt, são 4,8 Gbit/s contra 10 Gbit/s. Comparar com a Thunderbolt 2 é covardia: são 20 Gbit/s, fora o fato de que o canal é bi-direcional: o padrão anterior é compatível com as velocidades do novo, o que não acontece com o USB: conectar um dispositivo 3.0 numa porta 2.0 limita a velocidade de transferência em ridículos 480 Mbit/s.

Mas essa guerra está para ficar um pouco mais equilibrada: o grupo responsável pelo desenvolvimento da Universal Serial Bus divulgou hoje que as especificações para o novo padrão conhecido como USB 3.1 (chamado oficialmente de USB Superspeed+) foram concluídos e os desenvolvedores poderão conhecê-la já em 21 de agosto.

Logo do USB 3.1Com uma codificação de dados mais eficiente que seus antecessores, o novo padrão será capaz de transferir dados em até 10 Gbit/s, a mesma taxa de transferência do Thunderbolt. Ainda que ele possua a metade da velocidade do Thunderbolt 2 e não possua a capacidade de encadear dispositivos de vídeo e armazenamento como o concorrente, a popularidade da interface e principalmente o custo da licença são fatores que ainda farão com que o USB seja o mais popular ainda por um bom tempo.

Como a Intel lançará a Thunderbolt 2 ainda esse ano com o novo Mac Pro como seu garoto-propaganda, muito provavelmente veremos o novo USB por aí nos próximos meses; pena que as portas antigas ainda estarão sujeitas ao gargalo de velocidade.

Fonte: The Register.

relacionados


Comentários