Home » Fotografia » Capturando gameplay com o MSI Afterburner

Capturando gameplay com o MSI Afterburner

Como capturar vídeo de seu jogo favorito? Testamos o gratuito Afterburner da MSI e prepare seu HD, pois o programa é punk.

6 anos atrás

grandepassaro

Outro dia passei uma tarde acompanhando a saga de meu Baiano Favorito tentando capturar gameplay em seu PC. Foram dezenas de programas, configurações, frustrações, becos-sem-saída, travamentos… Anteontem, entusiasmado com o Kerbal Space Program, resolvi ignorar a experiência traumática que acompanhei e tentar eu mesmo capturar um vídeo, só de farra.

SPOILERS pra quem não quer ler até o fim: Consegui de primeira, usando o MSI Afterburner. Aqui o 1o vídeo que subi, o terceiro que capturei. É um teste não muito bem-sucedido do Estrovenga I ou II, no Kerbal Space Program, capturado, com áudio, a 1080p.

Funciona, agora vamos aos detalhes.

A imensa maioria dos softwares utilizados para capturar gameplay é pago. O FRAPS, o mais famoso deles, custa US$ 37,00, o que não é nenhum absurdo, mas para uso (muito) ocasional como o meu não vai se justificar, então esse dinheiro seria melhor investido em mulheres rápidas e cavalos lentos.

O Afterburner não tem todos os recursos do FRAPS, mas tem a vantagem de ser digrátis, e faz o que quero:

  • Captura vídeo em Full HD ou resoluções inferiores, convertendo na hora
  • Salva o vídeo em modo não-comprimido, compactado, vários codecs, você escolhe
  • Captura áudio, sem stress.
  • Captura e mixa uma segunda fonte de áudio, assim você pode falar e jogar e gravar.
  • Salva screenshots também.

Isso tudo e o MSI Afterburner é uma ferramenta de Overclock, a parte de captura é um acessório.

MSIDOMAL

Basicamente você precisa de apenas alguns passos pra fazer esse danado funcionar. O primeiro é clicar em Settings, ali na parte inferior dessa interface projetada por Satanás em pessoa.

Feito isso, vá para a aba Video Capture, que é a que nos interessa.

msidomal2

Aqui definimos primeiro a tela para iniciar e encerrar a captura de vídeo. Eu gosto de CTRL + SHIFT + Seta pra direita. Para definir isso, é só clicar no campo e apertar a combinação de teclas.

Na compressão, se sua CPU não for muito boa, pode deixar em MJPEG, mas mude o controle para 100% de qualidade, senão você terá artefatos como no meu vídeo acima.

O campo Frame Size é mais crítico. Se seu sistema tiver gargalos, o bicho vai pegar. Recomendo que se for brincar a sério, arrume um SSD dedicado para captura, evitará dores de cabeça no futuro. A framerate pode ficar em 30. Não adianta deixar em 100, se o YouTube não passa de 30 mesmo. Seu trabalho será jogado fora.

Depois você escolhe o diretório onde os vídeos serão salvos, e pronto. Não se espante com o MSI On Screen Display Server que o Afterburner instalará junto. Não mexa nele e ele não mexerá com você.

Gravado o vídeo, cabe a você editar, compactar de novo e subir, mas se prepare. 1 min 41 seg de vídeo Full HD aqui deu 453 MB. Como já disse antes, HD é punk.

O MSI Afterburner pode ser achado di grátis no link do início deste parágrafo.

Ah sim: Antes que perguntem, não, ele não funciona só em placas MSI. A minha é uma EVGA GeForce 9800 GT e rodou na boa. Não sei quando a placas ATI.

relacionados


Comentários