Home » Fotografia » Dica de app: VLC para iOS, ou A Volta do Player Pródigo

Dica de app: VLC para iOS, ou A Volta do Player Pródigo

Videolan finalmente relança o VLC para iOS, ausente da plataforma por 30 meses devidos problemas de licença

6 anos atrás

gogoni-vlcO VLC Player foi uma benção quando foi lançado. Numa época em que vivíamos correndo atrás de vários codecs e players diferentes para rodar os diversos formatos de vídeo disponíveis na internet (o Media Player Classic era uma boa opção, mas ainda dependia de pacotes de codecs), o VLC resolveu toda essa burocracia ao inserir tudo no seu código. Ao usuário basta baixar o player, instalar e esquecer do mundo.

Disponível para quase qualquer plataforma existente, ele foi muito bem recebido no mundo mobile quando foi lançado para iOS - e posteriormente Android, onde ele ainda é beta (mas funciona redondinho). Entretanto Rémi Denis-Courmont, um dos principais desenvolvedores da Videolan entrou com uma notificação de infração contra a Apple, alegando violação da licença GNU. Resumindo a história, como o VLC é um programa de código aberto, Cupertino não poderia distribuí-lo com DRM, mesmo de graça.

A Apple resolveu o problema simplesmente limando o app de sua lojinha. Por 30 meses usuários que já o haviam instalado se viram completamente no limbo, sem qualquer suporte. Durante esse tempo a Videolan prometia que estava portando o app de modo a atender as licenças de open-source, e enquanto o dia não chegava usuários de iGadgets se viram tendo que converter arquivos para rodar em seus dispositivos, tendo no Freemake Converter um amigo fiel.

A espera acabou. A partir de hoje o VLC está de volta ao iOS com diversas funcionalidades novas, como integração com outros apps como Dropboz e possibilidade de abrir arquivos diretamente, suporte a legendas e ao AirPlay, opção de upload de vídeos pelo iTunes ou por um site específico, e etc. Tecnicamente o app possui suporte a todos os formatos que rodam na versão desktop, tornando-o obrigatório.

Eu uso o VLC há anos, não só pela praticidade como por princípios: a história do cone. Para quem esperou por tanto tempo, o app é compatível com quase todos os dispositivos da Apple e é digrátis (por enquanto só na App Store dos Estados Unidos), por isto pare de enrolar e baixe agora!

Fonte: Ars Technica.

relacionados


Comentários