Home » Games » Quando o ato de vender um item raro na internet se vira contra o vendedor

Quando o ato de vender um item raro na internet se vira contra o vendedor

Leilão de console raro não atinge o valor pedido por vendedor e ele é atacado pela internet, sendo chamado de "aproveitador"

6 anos atrás

Sega Pluto

Há cerca de dois meses atrás nós publicamos uma matéria que revelava a existência de um console protótipo da Sega, uma variação do Sega Saturn conhecida pelo codinome Sega Pluto. Como o dono do primeiro modelo, um japonês, disse que só haveria mais um no mundo, não demorou muito para ele aparecer nas mãos de um americano que alegou ter comprado ele numa venda de garagem por um mísero dólar.

Ciente que estava com um tesouro nas mãos Roger Vega, conhecido no Twitter como @KidVid666, o pôs a venda tanto no GameGavel quanto no eBay. Como todos sabem que o Pluto é literalmente uma joia rara, era de se esperar que o valor de reserva seria alto. Entretanto a internet julgou que Vega está pedindo muito dinheiro.

gogoni-pluto-ebay

O leilão do GameGavel terminou um US$ 7.600,00 e o do eBay em US$ 15.500,00, ambos não atingindo o valor pedido por Vega. A partir daí ele começou a ser hostilizado na internet, sendo chamado de "aproveitador" e acusado de querer fazer grana fácil. Vega se defende, dizendo que a pessoa que deu o maior valor no eBay retirou a oferta, mas não deu detalhes de quanto era o lance e se ele atingiu o valor de reserva. Desde então ele não voltou a fazer um novo leilão, por causa da má repercussão e também as pessoas se sentiram desestimuladas, não sabendo quanto ele pediu.

Meus dois centavos nessa história: Vega é uma das duas pessoas do mundo a possuir o protótipo, não existem outros. E ele é o único que o está vendendo, portanto é óbvio que ele vai pedir uma quantia alta, qualquer um no lugar dele faria o mesmo. Ele não tem um console velho em mãos, mas uma parte da história da Sega e dos videogames.  Se um colecionador está interessado, ótimo, mas pague o preço. Se não pode pagar, não reclame do preço que ele está cobrando. Vega tem o direito de pedir quanto ele acha justo, e mais: ele diz que não está pedindo muito dinheiro para si, mas para ajudar sua família:

"Estou tentando vendê-lo para que eu possa dar o dinheiro aos meus pais, simplesmente. (...) Eu sei que posso ficar marcado como um 'hipster avarento' que não tem noção da realidade, mas eu faria tudo pelos meus pais. Se não fossem por eles eu não estaria na situação que estou hoje ou seria um colecionador."

Vega reconhece que será difícil vender o console agora que todo mundo está apontando o dedo para ele, mas não vai desistir. Eu acho justo dele tentar dar a grana para seus pais, e um colecionador que preza o valor do Pluto fatalmente o acabará comprando, independente de quanto a internet o critique.

Fonte: Polygon.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários