Home » Games » Indústria » Segundo Keiji Inafune,os japoneses estão rejeitando Yaiba: Ninja Gaiden Z por ser "americano demais"

Segundo Keiji Inafune,os japoneses estão rejeitando Yaiba: Ninja Gaiden Z por ser "americano demais"

Produtor do game diz que está difícil conquistar o público japonês devido características ocidentais do jogo

7 anos atrás

Yaiba: Ninja Gaiden Z

Keiji Inafune já teve sua cota de problemas e descontentamento com o público japonês. Quando ele declarou que a indústria local estava minguando ele foi duramente criticado, mas a verdade é que a indústria de games japonesa não está encolhendo, mas sim se fechando em torno de si mesma. Para muitos desenvolvedores locais e o público consumidor, não interessa muito lançar games com apelo mundial, basta que o jogo atraia o gamer japonês. E aí dá-lhe jogos que investem em fanservice pesado, desde garotas peitudas (não que eu esteja reclamando anyway) a jogabilidade controversa.

Seus títulos mais recentes denotam uma preocupação em ter uma linguagem mais globalizada. Soul Sacrifce por exemplo não tem cara de jogo japonês nem americano. Já Yaiba: Ninja Gaiden Z possui uma mistura entre elementos ocidentais e orientais, com muito gore e bom humor. Mas segundo o produtor, está difícil cativar o público japonês porque o título tem uma pegada, digamos, "americana":

"Isso se deve ao fato do estilo visual das HQs ocidentais, desenvolvido pelo pessoal da Spark Unlimited. (...) É diferente de muitos games japoneses, mas acreditamos que temos uma chance de conquistar o público por seu estilo único. Assim que os japoneses jogarem o demo eles verão que não se trata de um jogo americano, mas de um jogo divertido. Todo o preconceito vai cair e atravessaremos um abismo ao fazer isso."

Não é essa a primeira vez que Inafune cutuca a resistência dos japoneses contra produtos americanos. E segundo ele isso não se restringe ao público: em outra ocasião Inafune disse que teve de persuadir os executivos da Tecmo Koei a trabalharem em conjunto com o estúdio ocidental.

Em todo o caso, o produtor deixou uma resposta divertida àqueles que diziam que o game não é Japão-like: no demo disponível na E3, em determinada cena um caminhão é jogado em cima de uma loja de roupas íntimas, que por algum motivo possui um par de pernas gigantes na fachada. O veículo atinge o "alvo" com maestria e o que se segue é uma chuva de calcinhas (pule para 9:00):

Claro, é uma referência descarada à revoada das calcinhas:

Yaiba: Ninja Gaiden Z chega no começo de 2014 para PS3, Xbox 360 e iOS.

Fonte: Polygon.

relacionados


Comentários