Home » Miscelâneas » Choveu no datacenter do Facebook. Literalmente

Choveu no datacenter do Facebook. Literalmente

VP de engenharia do Facebook conta "causo" do dia em que choveu, literalmente, dentro do datacenter da empresa

7 anos atrás

Server Umbrella

Servidores dedicados sofrem com inúmeros problemas, e umidade é um dos mais recorrentes, junto com pó. São empecilhos que afetam todo mundo, não importa se você é um departamento público, uma empresa de médio porte ou o Facebook. Em 2011 a empresa relatou problemas de umidade em seu primeiro datacenter, instalado na cidade de Prineville, no estado do Oregon. O que eles não sabiam era que o sistema de temperatura interno estava desregulado de forma a permitir condensação do ar na sala, dando à rede do Zuckerberg duas nuvens para administrar, sendo que uma era real.

Segundo o VP de engenharia Jay Parikh, ele recebeu uma ligação do datacenter, e o seguinte diálogo se seguiu:

"Jay, tem uma nuvem no datacenter."

"Como assim, do lado de fora?"

"Não, dentro."

Segundo ele, estava "literalmente chovendo dentro do datacenter". Devido a uma falha no sistema de refrigeração, o ar que circulava era tão úmido que ele se condensava. A temperatura do recinto se mantinha em agradáveis 27º C e a umidade do ar atingia 95%, basicamente uma floresta tropical, com toda a umidade que vem disso.

O resultado foi o esperado: vários servidores foram inutilizados. Segundo Jay, podia-se ouvir os estouros do hardware, resultado da mistura água + eletricidade. Desde então o Facebook aprendeu a lição e mudou seus protocolos de segurança, de modo que essa "chuva incidental" não ocorra novamente. Mas como seguro morreu de velho, Jay diz que agora os contatos elétricos dos servidores são selados, o que ele chama de "capa de chuva de borracha".

Afinal, vai que... 🙂

Fonte: The Register.

relacionados


Comentários