Home » Meio Bit » Games » Games são forma de arte? A discussão continua

Games são forma de arte? A discussão continua

Volta e meia a velha discussão sobre games serem uma forma de arte volta à tona. Quem levantou a bola dessa vez foi Clive Barker, o renomado escritor que

11 anos atrás

Volta e meia a velha discussão sobre games serem uma forma de arte volta à tona. Quem levantou a bola dessa vez foi Clive Barker, o renomado escritor que entre outras coisas criou The Hellbound Heart, livro que deu origem ao clássico do cinema de terror, Hellraiser. O inglês já participou de produções no cinema e em 2001 foi lançado o primeiro jogo que teve o enredo escrito por ele, o FPS Undying. No momento, Barker está envolvido com a produção do assustador jogo Jericho.

Em comentário feito ao podcast de Scott Steinberg, Barker soltou o verbo contra Roger Ebert, famoso crítico de cinema norte-americano. Ebert havia afirmado em julho passado que os games não podem ser considerados forma de arte e que estes seriam muito inferiores ao cinema e a literatura.

Barker criticou a postura do crítico e disse que comentário como o dele não fará com que as pessoas envolvidas na produção de games parem de fazer seus trabalhos e acredita que um dia os jogos serão reconhecidos como arte assim como as animações da Disney são, fato que não acontecia quando estas começaram a ser produzidas.

A discussão toda virou uma lavagem de roupa suja em público e parece que nunca chegaremos a conclusão se games são ou não formas de arte. Os que não consideram videogames uma expressão artística normalmente alegam que devido a sua interatividade eles não possam ser apreciados como tal, particularmente não entendo o que tem a ver uma coisa com a outra. Por outro lado, os jogadores se defendem argumentando que muitos dos críticos nunca apreciaram um bom jogo ou que a maioria está apenas implicando com uma mídia relativamente nova.

Bom, de qualquer forma eu acredito que o conceito de arte é muito amplo, que as pessoas podem enxergar arte em quase tudo que existe e que por isso a discussão é um pouco sem sentido, porém, não consigo imaginar como alguém é capaz de jogar Shadow of the Colossus, Katamari Damacy, Okami, REZ ou Vib Ribbon e não enxergar uma aunténtica obra de arte nesses títulos, isso só para citar alguns.

[via GameDaily]



relacionados


Comentários