Jade Raymond: “há espaço para jogos AAA, mas não muitos”

jade-raymond_27.03.13

Tem sido bastante comum ultimamente algumas figuras da indústria defenderem a ideia de que os jogos gratuitos, aqueles para dispositivos móveis ou mesmo as generosas promoções em sistemas de distribuição digital estão prejudicando o mercado de grandes produções e que o risco de se investir algumas dezenas de milhões de dólares nesses projetos é alto demais.

Mas será realmente que um dia deixaremos de ver o lançamento de jogos que normalmente custam US$ 60, também conhecidos como triplo A, e que muitos de nós tanto adoramos? Pois para Jade Raymond, chefe da Ubisoft Toronto, esses arrasa-quarteirões ainda possuem um bom mercado, mas a concorrência deverá se tornar mais acirrada e somente poucos deles conseguirão se sair bem comercialmente.

Acho que ainda existe espaço para jogos de grande porte que podem, apesar do orçamento, manter o modelo clássico que espera que as pessoas paguem um valor cheio,” declarou Raymond. “Ainda há espaço para isso, mas as grandes editoras precisam ser honestas consigo mesmas – só há lugar para, digamos, 10 jogos bem sucedidos por ano com este tipo de orçamento. Então você precisa ir com tudo neles; precisa ter certeza que um terá sucesso e quando faz isso, você precisa investir tudo para se certificar que o jogo será fantástico.

De acordo com a executiva, embora o público dos games esteja aumentando bastante, mesmo aqueles jogadores acostumados a comprar jogos fisicamente estão dedicando mais tempo aos jogos para celulares e tablets e muitos dos que só começaram a prestar atenção nos jogos eletrônicos há pouco tempo estão sendo treinados a pensar diferente em relação a como gastar seu dinheiro nessa forma de entretenimento.

Basta olharmos para a quantidade de bons títulos de grande porte lançados no ano passado e que não venderam muito bem para percebermos que Jade pode ter razão, portanto, parece cada vez mais claro que a indústria está passando por uma profunda transformação e para ser sincero, eu tenho um certo receio do destino para onde ela pode estar rumando.

Fonte: MCV.

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar