A rigor é só um anemômetro, mas a idéia é genial

Anemômetros, como aprendemos no colégio, não servem para medir a concentração de anêmonas no oceano, mas sim para indicar a velocidade do vento. São muito úteis para um monte de profissões e atividades.

O projeto no Kickstarter pretende criar mais um, e não seria notícia se não fosse por um pequeno detalhe: Ele não contém nenhum componente eletrônico.

O anemômetro em questão é feito quase inteiramente de plástico, e é 100% passivo (ui!). Ele usa o buraco do fone de ouvido apenas para se fixar. Mesmo assim consegue funcionar, e wireless. Magia?

magneto

Quase.

Tecnologia e criatividade. Eles colocaram dois ímãs no rotor do aparelho. Quando o bicho gira, é formada uma perturbação no campo magnético local. Isso gera interferências na bússola que todo celular decente tem. Um software safadinho detecta as oscilações, aplica um algoritmo e determinar a velocidade de rotação dos dois magnetos.

Estão desenvolvendo Apps para iOS e Android. O projeto foi lançado dia 18, já tendo acumulado 7.800 das 20 mil Libras Esterlinas almejadas. Com certeza esse vai ultrapassar a meta. Estou quase colaborando com um qualquer, só pela solução elegante.

Fonte: TC.

Relacionados: ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples