Existe vida após o Google Reader: confira quatro alternativas bem legais

bye-reader

E o Google aprontou de novo: após nova faxina, vários serviços entraram na fila da degola, o principal deles o Reader, que será desativado em 1º de julho próximo. Apesar de ele não ser o melhor leitor de feeds e nem de longe era a maçã mais vistosa da cesta de Mountain View, o Google Reader possui muitos usuários fiéis (eu incluso) que não gostaram nem um pouco da possibilidade de ficarem desamparados de uma hora pra outra.

Claro, o burburinho é um tanto quanto exagerado. Opções ao Reader pipocam aos montes, e aqui listei quatro que merecem sua atenção. São elas:

NetVibes

netvibes

O NetVibes é bem popular e mantém a interface antiga do Google Reader, para aqueles que não se habituaram com a última. O feeling é praticamente o mesmo, e é uma boa pedida para quem está com certo receio da mudança por vir. Além disso, ele possui opções de analitics, tags e alertas, que em tese justificariam o fato dele ser pago, mas você pode testá-lo por 15 dias. Ele possui um modo gratuito com limitações, mas a empresa espertamente o desativou devido o fluxo de novos usuários. =

Feedly

feedly

Esse possui opção de customização de interface, desde deixá-lo com a cara do Reader a uma mais parecida com uma revista eletrônica. Disponível para Android e iOS, além de extensões para Chrome, Firefox e Safari. E como a empresa já vinha se preparando para o shutdown do Reader, ela já prometeu que a migração ocorrerá sem traumas.

Taptu

 taptu

Também com opções Web, iOS e Android, ele possui uma interface bem parecida com outro leitor, o Pulse, mas a diferença é que o Taptu é extremamente customizável. Inclusive é possível alimentá-lo com os feeds de suas redes sociais. Apesar de bem interessante no formato web, não achei muito funcional no smartphone. E, por falar nisso…

Flipboard

flipboard

No mobile, particularmente considero o Flipboard como a melhor opção. Originalmente o app vitrine do iPad, ele adapta seus feeds e redes sociais para o formato de revista tal como o Feedly, porém a interface é mais amigável. A forma como ele foi inteligentemente adaptado para smartphones é de tirar o chapéu dada a simplicidade: apenas um flip vertical para mudar de página. O único contraponto é o limite de quatro páginas para feeds com janelas e ele não ter uma opção web, que seria duca. Ele já foi tema de dois reviews, aqui e aqui (focados no iOS, mas tudo dito ali se aplica no Android).

Eu até indicaria o Google Currents, mas como nem a empresa se lembrou de recomendá-lo aos usuários do Reader, por que eu o faria? 😉

Relacionados: , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples