Home » Software » Existe vida após o Google Reader: confira quatro alternativas bem legais

Existe vida após o Google Reader: confira quatro alternativas bem legais

O Google Reader pode estar no bico do corvo, mas separamos quatro opções de leitores de feeds para você não ficar na mão.

7 anos atrás

bye-reader

E o Google aprontou de novo: após nova faxina, vários serviços entraram na fila da degola, o principal deles o Reader, que será desativado em 1º de julho próximo. Apesar de ele não ser o melhor leitor de feeds e nem de longe era a maçã mais vistosa da cesta de Mountain View, o Google Reader possui muitos usuários fiéis (eu incluso) que não gostaram nem um pouco da possibilidade de ficarem desamparados de uma hora pra outra.

Claro, o burburinho é um tanto quanto exagerado. Opções ao Reader pipocam aos montes, e aqui listei quatro que merecem sua atenção. São elas:

NetVibes

netvibes

O NetVibes é bem popular e mantém a interface antiga do Google Reader, para aqueles que não se habituaram com a última. O feeling é praticamente o mesmo, e é uma boa pedida para quem está com certo receio da mudança por vir. Além disso, ele possui opções de analitics, tags e alertas, que em tese justificariam o fato dele ser pago, mas você pode testá-lo por 15 dias. Ele possui um modo gratuito com limitações, mas a empresa espertamente o desativou devido o fluxo de novos usuários. =

Feedly

feedly

Esse possui opção de customização de interface, desde deixá-lo com a cara do Reader a uma mais parecida com uma revista eletrônica. Disponível para Android e iOS, além de extensões para Chrome, Firefox e Safari. E como a empresa já vinha se preparando para o shutdown do Reader, ela já prometeu que a migração ocorrerá sem traumas.

Taptu

 taptu

Também com opções Web, iOS e Android, ele possui uma interface bem parecida com outro leitor, o Pulse, mas a diferença é que o Taptu é extremamente customizável. Inclusive é possível alimentá-lo com os feeds de suas redes sociais. Apesar de bem interessante no formato web, não achei muito funcional no smartphone. E, por falar nisso...

Flipboard

flipboard

No mobile, particularmente considero o Flipboard como a melhor opção. Originalmente o app vitrine do iPad, ele adapta seus feeds e redes sociais para o formato de revista tal como o Feedly, porém a interface é mais amigável. A forma como ele foi inteligentemente adaptado para smartphones é de tirar o chapéu dada a simplicidade: apenas um flip vertical para mudar de página. O único contraponto é o limite de quatro páginas para feeds com janelas e ele não ter uma opção web, que seria duca. Ele já foi tema de dois reviews, aqui e aqui (focados no iOS, mas tudo dito ali se aplica no Android).

Eu até indicaria o Google Currents, mas como nem a empresa se lembrou de recomendá-lo aos usuários do Reader, por que eu o faria? 😉

relacionados


Comentários