Home » Software » Programar é preciso

Programar é preciso

Code.org: figurões da TI lançam campanha para estimular o ensino de programação nas escolas norte-americanas (no Brasil, incentivam o ensino religioso por ser mais lucrativo).

7 anos atrás

As escolas estão cheias de matérias inúteis, besteiras como OSPB (ou agora é EPB?), filosofia e até, quando ninguém está olhando, aulas de religião, todas comendo tempo que poderia ser usado em tarefas bem mais nobres, como treinar cérebros e desenvolver raciocínio lógico.

Uma das melhores formas de fazer isso é ensinando computação, mas não no estilo “aula de Windows, dBase e Lótus 1, 2 e 3” dos cursinhos caça-níqueis de antigamente, mas programação mesmo.

Ninguém sai da escola falando inglês por causa das noções que aprende, nem sai um historiador, mas ganha (em teoria) uma visão de mundo e uma amostra dessas disciplinas que o influenciarão em suas escolhas futuras. Aprender programação ajuda na resolução de problemas, mesmo longe de computadores. Ensina a tratar problemas insolúveis como uma série de problemas menores gerenciáveis, e ensina a compreender processos em todas as atividades humanas.

Isso é tão importante que há uma organização nos EUA voltada para preencher essa lacuna, a Code.org. Eles lançaram agora uma campanha para estimular o ensino de programação em escolas, com direito a uma citação de Steve Jobs:

Todo mundo neste país deveria aprender a programar um computador, pois isso te ensina a pensar

O vídeo tem participação de Bill, Mark, Gabe e um monte de outros bigshots do mercado de TI, e é um sonho, dificilmente pais incentivarão seus filhos a atividades nerds como aprender programação, eles precisam andar com os garotos cool e jogar bola. Iniciativas assim têm o apoio do presidente Obama, pô-la em prática são outros quinhentos. Confira o vídeo:

Fonte: TT.

relacionados


Comentários