Home » Hardware » Chromebook Pixel, o ultrabook da Google com Chrome OS

Chromebook Pixel, o ultrabook da Google com Chrome OS

Dê uma olhada nas características do Google Chromebook Pixel: ele seria páreo para enfrentar um MacBook Pro?

7 anos atrás

gallery-touch

O Google Chromebook Pixel se assemelha bastante a um MacBook Pro. O teclado com backlight, o touchpad de vidro, a tela de alta resolução com 239 PPI (o MacBook Pro retina tem 220 PPI), são algumas funcionalidades semelhantes encontradas no MacBook Pro. O preço de US$ 1.299 também se assemelha bastante ao Pro.

Só que o Pixel traz algumas novidades não encontradas no Pro, além do Chrome OS: ele possui uma “tela retina” com suporte a multitoque e com proteção Gorilla Glass, permitindo navegar como se estivesse em um “CSI” da vida.

Obviamente integrado aos serviços do Google, quem comprar o notebook receberá 1 TB no Google Drive de graça, por 3 anos (uma economia de US$ 1.800, mais do que o valor do próprio notebook). O espaço de 1 TB do Google Drive é justificado pelo (falta) espaço do próprio notebook, são duas versões: uma com 32 GB SSD e outra com 64 GB SSD.

touch-screen-pinch

A resolução da tela de 12,8 polegadas é de 2.560 × 1.700 pixels, com 239 PPI e ângulo de visualização 178º. Câmera HD. Duas portas USB 2.0, mini display port e um leitor de cartões SD e MMC. O tamanho é de 297,7 × 224,6 × 16,2 mm com peso de 1,52 kg. Processador Intel Core i5 (dual core 1,8 GHz), chip gráfico Intel HD Graphics 4000, 4 GB de memória DDR3 e 32 GB ou 64 GB de espaço em disco via SSD.

A versão de 64 GB também conta com suporte a LTE, o que exclui o uso dele no Brasil. Os preços são de US$ 1.299 para a versão de 32 GB e US$ 1.499 para a versão de 64 GB. A primeira já está em estoque e pode ser entregue em até 5 dias úteis (não enviam para o Brasil), já a de 64 GB só estará disponível em cerca de 7 semanas.

Quem mora na Australia, Canadá, França, Alemanha, Japão, Espanha, Inglaterra e Estados Unidos já pode comprar pela Google Play Store. O Pixel seria páreo para enfrentar um MacBook Pro retina de mesmo preço?

relacionados


Comentários