Pá Drive?

usbpa1

usbpa2

Eu juro que queria entender, mas sendo sincero não tenho esperança. O que leva um sujeito a se dar ao trabalho de transformar uma pá –velha- em um pendrive?

Nada contra inclusão digital, acho que pedreiros tem direito a computador, Internet e celular Android, mas não consigo ver a sobreposição entre dois instrumentos de trabalho tão distintos. Talvez, e imagino que seja a resposta correta, o sujeito tenha feito isso seguindo a velha filosofia hacker – só para ver se dava para ser feito.

Aplaudo, mas um objetivo menos modesto seria melhor. Talvez um pendrive em uma chave de fenda. É muito mais moderno e mobile.

chaveirochave

Fonte: BF

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar