Casa Branca responde epicamente à petição de construção de uma Estrela da Morte

O Governo dos EUA, fazendo um afago nos sofativistas criou um serviço de petições online, onde cidadãos podem pedir que assuntos sejam considerados e respondidos oficialmente por Obama ou seus assessores. O serviço (tão bom que o Anonymous usa) tem seus altos e baixos, mas de vez em quando gera resultados épicos. O mais recente foi a resposta de Paul Shawcross, chefe de Ciência e Espaço do Escritório de Gerência e Orçamento da Casa Branca, que tratou da seguinte demanda de 34 mil cidadãos preocupados:

“Garantir recursos e verba, e começar a construção de uma Estrela da Morte até 2016”

A idéia é ótima, eu acho o máximo ter uma Estrela da Morte, mas Obama não concorda. OK, pelo menos a resposta de Paul Shawcross foi maravilhosamente geek, devidamente embasada com links:

Esta não é a resposta à petição que vocês estão procurando

por Paul Shawcross

A Administração compartilha seu desejo por criação de empregos e uma defesa nacional forte, mas uma Estrela da Morte não está no horizonte. Aqui algumas razões:

O custo de construção de uma Estrela da Morte foi estimado em mais de US$850.000.000.000.000.000,00. Nós estamos trabalhando duro para reduzir o déficit, não aumentá-lo.

A Administração não apoia explodir planetas.

Para que gastaríamos incontáveis dólares dos contribuintes em uma Estrela da Morte com uma falha fundamental que pode ser explorada por um caça de um só homem?

Fosse só isso a resposta já seria épica, mas Paul continua:

Entretanto, olhe com atenção (aqui como) e você perceberá que já há algo flutuando no céu – não é uma Lua, é uma Estação Espacial! Sim, nós já temos uma estação espacial internacional gigante, do tamanho de um campo de futebol, em órbita da Terra, que está nos ajudando a aprender como humanos podem viver e progredir no espaço por longos períodos. A estação tem no momento seis astronautas – americanos, russos e canadenses- Conduzem experimentos, aprendem como viver e trabalhar no espaço, rotineiramente recebem naves visitantes e consertam o compactador de lixo, etc. Também temos dois robôs-laboratórios científicos, –um com um laser– andando por Marte, pesquisando se a Vida já existiu no Planeta Vermelho.

Entenda, o espaço não é mais restrito ao governo. Empresas privadas americanas, através do Commercial Crew and Cargo Program Office (C3PO) da NASA estão levando carga –e logo, tripulantes- para o espaço, e planejando uma missão lunar ainda nesta década.

Mesmo com os Estados Unidos não tendo nada que faça a Corrida de Kessel em menos de 12 parsecs, temos duas naves deixando o Sistema Solar e estamos construindo uma sonda que voará para as camadas exteriores do Sol. Estamos descobrindo centenas de planetas em outros sistemas solares e construindo um sucessor do telescópio Hubble que enxergará os primórdios do Universo.

Nós não temos uma Estrela da Morte, mas temos esferas-robôs assistentes pessoais flutuando na Estação Espacial, um Presidente que sabe usar um Sabre de Luz e Canhões Avançados (de marshmallow), e a DARPA – Agência de Pesquisa de Projetos Avançados, que banca pesquisas na construção do braço do Luke, droids flutuantes e andadores de 4 patas.

Estamos vivendo no futuro! Aproveite. Ou melhor: Ajude a construi-lo, buscando uma carreira em ciência, tecnologia, engenharia ou exatas. O Presidente organizou a primeira Feira de Ciências da Casa Branca e as Noites de Astronomia no Jardim Sul da Casa Branca, porque ele sabe que esses domínios são críticos para o futuro de nosso país, e para garantir que os Estados Unidos continuem liderando o mundo nessas áreas.

Se você buscar uma carreira em ciência, tecnologia, engenharia ou exatas, a Força estará conosco. Lembre-se, o poder da Estrela da Morte de destruir um planeta, ou mesmo um sistema solar inteiro, é insignificante diante do poder da Força.

Fonte: Emily Lakdawalla, via Twitter

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples