Home » Demais assuntos » 7 Minutos de Terror

7 Minutos de Terror

Pouso marciano: Mars Science Laboratory, também conhecida como Curiosity, deixará de se comunicar com a Terra por sete minutos.

8 anos atrás

mars-curiosity-rover_thumb

Não, não é minha sex tape, é algo bem mais improvável,o procedimento de pouso do Mars Science Laboratory, também conhecido como Curiosity, um daqueles carrinhos-robô da NASA, só que com 900 kg e que se tudo der certo dia 5 de Agosto estará botando os pés (figurativamente falando) na superfície marciana.

É o procedimento mais complicado já planejado para um pouso em outro planeta, lembra um caso clássico de sujeito que foi pedindo mais corda e acabou enforcado, mas tudo tem sua razão de ser.

A NASA já usou soluções criativas para pousar seus robôs, incluindo aquele onde o bichinho ficava dentro de uma série de bolsas de plástico, e saía quicando depois de se esborrachar no chão, talvez o pouso mais indigno desde que um comandante da Varig caiu na floresta sem combustível depois de voar por 2 h para Belém, mantendo o Sol na proa do avião.

Infelizmente o Curiosity é grande demais, não dá pra usar bolsas quicantes, e a atmosfera marciana é rarefeita, impede que um paraquedas seja eficiente o bastante para reduzir a velocidade a algo aceitável. A solução envolve um pouco de tudo.

Inicialmente um escudo de calor irá diminuir a velocidade da nave até velocidades meramente supersônicas. Um paraquedas –o maior já criado- irá desacelerar ainda mais. Nessa hora o escudo será liberado, para que o radar de bordo identifique a zona de pouso.

Caindo a quase 400 km/h, com 1/100 da densidade da atmosfera terrestre Marte tem uma velocidade terminal alta demais. Será hora de ejetar do paraquedas um trenó-foguete, que irá desacelerar o conjunto ao mesmo tempo que procurará uma boa área plana para pousar.

MAS… um foguete capaz de desacelerar um robô de 900 kg deve gerar muita turbulência. Ele iria levantar poderia e detritos, estragando os instrumentos. Qual a saída?

Descer o robô por um conjunto de cabos, até encostar no chão. Nessa hora os cabos se soltam e o trenó voa para longe, evitando cair em cima do Curiosity.

O processo envolve 6 configurações do veículo, 76 dispositivos pirotécnicos e 500 mil linhas de programação. Com zero de margem de erro, pois tudo tem que ser 100% automático. Marte estará a 14 minutos-luz da Terra, quando recebermos os primeiros sinais tudo já estará acabado, para melhor ou para pior, pois o processo todo de pouso levará apenas 7 minutos. De puro terror.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários