Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Nintendo: 3DS não receberá NES Remix 1 e 2 por “limitações técnicas”

Por em 22 de abril de 2014

nes-remix-2

Tem certas horas que não dá para entender a Nintendo. Na situação complicada em que ela se encontra a empresa deveria concentrar todos os seus esforços em ganhar bastante dinheiro de forma  rápida, e no momento boa parte de seu lucro stá vindo do 3DS. Como sabemos, a Nintendo criou o mercado da jogatina portátil e se mantém como líder há 25 anos, desde o Game Boy. Por um lado temos sim bons jogos sendo lançados para o portátil, mas isso não evita que certas decisões pareçam erradas. Houve o caso recente de portar games do Game Boy Advance para o Wii U, e agora a empresa repete a dose com NES Remix 1 e 2, duas coletâneas de minigames baseadas em clássicos da Nintendo para seu saudoso console de 8 bits.

continue lendo

emGames Nintendo Portáteis

Wii U receberá novo Fatal Frame

Por em 22 de abril de 2014

fatal-frame

A minha experiência com a série Fatal Frame é pequena, resumindo-se a um par de horas no primeiro jogo, mas aquilo foi suficiente para perceber o potencial da franquia e entender o porque de tanta gente o classificar como um dos jogos mais assustadores já criados.

Caso você seja fã dos jogos criados pela Tecmo Koei, a boa notícia é que a desenvolvedora fechou uma parceria com a Nintendo para a criação de um novo capítulo, o que deverá garantir ao Wii U a exclusividade sobre o lançamento, que por enquanto não tem data para acontecer.

continue lendo

emGames Nintendo

Vendas nos US&A: em março, Titanfall foi líder mas PS4 continua no topo sem qualquer ameaça

Por em 18 de abril de 2014
Laguna_Titanfall_Launch_Party

Ele se esforçou, mas o XBO ainda não viu a queda do Titã da Sony (Crédito: VG247)

Não é surpresa que o jogo que mais se destacou em março foi Titanfall e não somente na crítica: aquele FPS online com robôs gigantes e exclusivamente multiplayer, desenvolvido pelos criadores do fenômeno Call of Duty, liderou o ranking das vendas de jogos nos Estados Unidos (e muito provavelmente no Reino Unido também).

Graças a Titanfall e ao belo marketing de pacotes generosos com o Xbox One, a Microsoft também pôde comemorar os cinco milhões de consoles enviados às lojas de todo o mundo no mês passado. Uma pena, para a BigM de Redmond, que a oitava geração de consoles não se resuma aos 500 dólares cobrados pelo XBO: consoles mais baratos como o Nintendo Wii U e PlayStation 4 continuam com base instalada mundial maior. No caso do console da Sony, bem maior.

Enquanto em fevereiro o PS4 comemorava 6 milhões de consoles vendidos no mundo e o XBO ficava de 4, em março a situação permanece a mesma com o console da Sony mantendo essa significante diferença de 2 milhões de consoles a mais na oitava geração: agora são 7 milhões de lares no mundo que contam com ao menos um PlayStation 4. Lembrando que o PS4 está disponível em 72 países, enquanto o XBO ainda não passou dos 20.

Embora representem mercados e valores bem diferentes, o tio Laguna não duvida que o PS4 vá ultrapassar neste mês de abril a base instalada do PlayStation Vita.

O primeiro e excelente console portátil da Sony, lançado em 2012, teve o azar de ser lançado num mercado onde leva surra após surra do Nintendo 3DS mas milagrosamente ainda conseguiu chegar ao patamar mundial dos 8 milhões vendidos (agradeçam aos fãs japoneses dos portáteis Sony).

Falando no mais famoso acessório do PS4, o ranking norte-americano de hardware dedicado a jogos ficou assim em março (dados do NPD Group):
continue lendo

emDestaques Hardware Microsoft Nintendo Sony

Michel Ancel revela novo visual de Jade em Beyond Good & Evil 2

Por em 15 de abril de 2014

michel-ancel-jade-beyond-good-evil-2

Michel Ancel passou os últimos tempos envolvido profundamente com a retomada de Rayman com os ótimos Origins e Legends. Entretanto existe um outro game do desenvolvedor francês lançado há muito tempo atrás, que foi um dos melhores títulos da sexta geração e cuja sequência é esperada ansiosamente há mais de uma década: trata-se de Beyond Good & Evil.

A última vez que tivemos imagens BG&E2 foi em 2008, com um trailer-conceito voltado inicialmente para consoles da geração anterior. De lá para cá o projeto cresceu tanto que foi migrado para PC, Wii U, PS4 e Xbox One, embora Ancel não descarte por completo a possibilidade do PS3 e 360 o receberem também, apenas afirma que será complicado pois essa não é mais a prioridade.

continue lendo

emComputadores Games Microsoft Nintendo Sony

EA pede desculpas por brincadeira envolvendo o Wii U

Por em 2 de abril de 2014

wii-u

Já virou tradição, todo dia 1º de abril os sites, revistas e profissionais envolvidos com games se mobilizam para contar mentiras. Mesmo assim, existem algumas pessoas/companhias que não sabem levar essa data na brincadeira e se dedicam a policiar e criticar as notícias falsas que surgem em todo canto. Veja por exemplo o caso da EA.

Usando a conta oficial da engine Frostbite no Twitter, algum funcionário da DICE resolveu fazer piada com o fato de que o Wii U não deverá receber jogos criados com o kit desenvolvimento e publicou as seguintes mensagens:

A Frostbite dará vida ao #HalfLife 3, com lançamento marcado para 2014! Exclusivo para o #WiiU.”

“A Frostbite agora roda no #WiiU, já que esta é a plataforma mais poderosa da quarta geração, nossa renderização está otimizada para o Mario e Zelda.

continue lendo

emNintendo

Reinado de Iwata na Nintendo pode estar chegando ao fim

Por em 1 de abril de 2014

satoru-iwata

Muitas pessoas defendem a ideia de que Satoru Iwata foi o principal responsável por mudar bastante a maneira como a Nintendo é vista e se um artigo publicado pelo jornal Nikkei estiver correto, existe uma boa chance de que o presidente da companhia japonesa seja substituído nos próximos meses.

Com uma reunião para acionistas marcada para junho, onde os membros do conselho da empresa decidirão se o executivo deve ser reeleito ou mantido no cargo, a situação de Iwata pode ser considerada preocupante, já que o seu índice de aprovação interna caiu de 92,89% para 77,26%.

É verdade que a parcela de diretores que apoiam o sucessor de Hiroshi Yamauchi ainda é bastante considerável, mas não há como ignorar uma queda tão significativa e o pior para Iwata é que essa rejeição poderá aumentar nas próximas semanas, quando a empresa deverá divulgar o terceiro ano seguido de prejuízos.

Segundo a matéria, os investidores tem exigido que a BigN diversifique seus produtos, como por exemplo o lançamento de um parque temático no Japão, algo que foi cogitado há alguns anos e embora o jornal afirme que o plano ainda esteja sendo executado, a falta de novidades pode ser o indício de que ele foi temporariamente interrompido.

Além disso, existem os investidores que defendem uma investida da empresa no mercado mobile, o que continua sendo negado por parte da Nintendo, mas será que essa postura será mantida no caso de Satoru Iwata ser substituído? Aguardemos cenas dos próximos capítulos.

Fonte: Siliconera.

emIndústria Nintendo

Eis que surge um crossover oficial entre Sonic e Zelda

Por em 27 de março de 2014

sonic-lost-world-zelda

Quando a briga entre as fabricantes de consoles se resumia a Nintendo e Sega, todos nós, moleques no auge de nossa inocência e ignorância em relação a maneira como grandes empresa funcionam, costumávamos bradar por aí que nunca veríamos os personagens das duas companhias em um mesmo jogo. O que não poderíamos imaginar é que um dia a toda poderosa casa do Sonic ruiria e as antes inimigas mortais enxergariam na situação uma ótima maneira de ganhar alguns trocados juntas, acabando assim com as convicções de toda uma geração.

Tudo bem, ver essa outrora impossível mistura há muito deixou de ser novidade, mas então surge a Sega com uma ideia que nem nos sonhos poderíamos imaginar: um DLC para o Sonic Lost World onde o ouriço azul se vestirá de Link e visitará uma fase baseada na tão adorada série The Legend of Zelda.

Conhecido como The Legend of Zelda Zone, o estágio poderá ser baixado gratuitamente por aqueles que possuem o jogo para Wii U e ao contrário do que aconteceu em um conteúdo adicional baseado no Yoshi’s Island, este se parecerá mais como uma mini-aventura, deixando a velocidade de lado e colocando o jogador para explorar o lugar.

continue lendo

emNintendo