Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

A bela produtora da franquia Assassin’s Creed deixa a Ubisoft

Por em 20 de outubro de 2014
Laguna_falls_in_love_with_Jade_Raymond

Boa sorte, Jade sua linda! ❤ (Crédito: Ubisoft Toronto)

A exemplo do Kid Nobre, o tio Laguna nasceu no Ceará em 1984. Sou de uma geração (e região) em que videogame era coisa de “minino réi”: no século passado, eu só via meninas segurando um bom joystick nas revistas especializadas. De games também.

Mulheres desenvolvendo jogos? Só apareciam nas revistas de games e infelizmente os editores dessas publicações estavam na maioria mais interessados na vida pessoal dessas moças do que no trabalho que elas faziam, dado o público. A Anita Sarkeesian tem razão em reclamar do machismo na área, mas não quero entrar na lama que é o GamerGate. Quero falar de coisa boa.

Agora livre, leve e solta, Jade Raymond deu o fora na Ubisoft.
continue lendo

emGames Indústria

Ubisoft cogitou criar sequência direta para o Far Cry 3

Por em 16 de outubro de 2014

far-cry-3

Desde que o Far Cry 4 foi anunciado eu tenho visto algumas pessoas criticando a produção por achar que ela não passará de uma atualização do seu antecessor, mas o que poucos sabiam é que uma continuação direta para aquele excelente FPS chegou a ser cogitada e quem revelou essa história foi Gary Steinman, gerente de comunicação sênior da Ubisoft.

Nós tivemos a opção de fazer um [Far Cry] 3.5, de fazer a escolha de apenas permanecer na mesma localização, com os mesmos personagens. Conversamos sobre a ideia de fazer a história do Jason crescer e talvez descobrir uma maneira de trazer o Vaas de volta.

Rapidamente percebemos que aquilo não seria uma coisa que queríamos fazer, então paramos aquela conversa e dissemos que era o fim da discussão sobre o 3.5 – o que durou provavelmente por quatro dias.

continue lendo

emMiscelâneas

Rainbow Six: Siege não terá respawn (e isso será bom!)

Por em 15 de outubro de 2014

Rainbow-Six-Siege

Apesar de ter ficado com uma enorme dúvida sobre como a jogatina se comportará fora de um ambiente controlado, um dos jogos que mais chamaram minha atenção na E3 deste ano foi o Rainbow Six: Siege, tudo por causa da tensão mostrada e do nível de estratégia que as partidas aparentemente exigirão.

Dedicada a entregar uma experiência extremamente imersiva, a Ubisoft decidiu que o jogo não contará com o tradicional sistema de respawn, o que significa que se você for morto no meio de um round, terá que esperar o começo do próximo para poder voltar a jogar, algo bem arriscado nos dias atuais, mas que eles acreditam ser a melhor opção.

continue lendo

emMiscelâneas

Assassin’s Creed: Rogue será lançado para PC. Ou seja…

Por em 14 de outubro de 2014

assassins-creed-rogue

E aquilo que todo mundo já dava como certo realmente aconteceu: após indícios apontarem que os computadores receberiam uma versão de Assassin’s Creed: Rogue, a própria Ubisoft abriu o jogo e confirmou que o título, até então exclusivo da sétima geração vai mesmo aportar nos PCs.

continue lendo

emComputadores Microsoft Sony

Gosta de jogos a 60 fps? A Ubisoft não!

Por em 10 de outubro de 2014

asassins-creed-unity

Com a chegada da nova geração e a dificuldade inicial de algumas desenvolvedoras de entregar jogos para o Xbox One que rodem com taxa de atualização de frames acima de 30 por segundo, teve início uma entediante guerra entre um grupo de jogadores que parecem mais preocupados com detalhes técnicos do que apenas em se divertir e agora um funcionário da Ubisoft resolveu colocar um pouco de lenha nesta fogueira.

Tudo começou quando a empresa confirmou que o Assassin’s Creed: Unity rodará a 30 fps e com uma resolução 900p tanto no console da Microsoft quanto no da Sony, o que fez com que muitos donos de um PlayStation 4 achassem que seriam prejudicados por causa do seu “rival”, mas o diretor de level design da empresa, Nicolas Guérin, explicou porque isso acontecerá.

continue lendo

emComputadores Games Microsoft Sony

Assassin’s Creed Unity e a dificuldade em recriar a realidade

Por em 8 de outubro de 2014

Assassins-Creed-Unity

Nós não costumamos pensar muito nas dificuldades que cercam a criação de um jogo e como eles estão ficando visualmente cada vez mais precisos, recriar aquilo que existe no mundo real pode ser uma tarefa extremamente cansativa e complicada.

Para termos uma noção mais exata dessa complexidade, peguemos como exemplo o Assassin’s Creed Unity. Com sua história se passando durante a revolução francesa, a Ubisoft resolveu assumir a difícil tarefa de nos colocar na Paris da época e um dos pontos que deverão chamar a atenção dos jogadores é a famosa catedral de Notre Dame.

continue lendo

emGames Indústria

Review: com Just Dance Now, a festa é em qualquer lugar

Por em 29 de setembro de 2014

just-dance-now-001

Raras foram as vezes que eu me aventurei em um game de dança como as séries Just Dance ou Dance Central. Além do fato de eu ser um tremendo pé-de-chumbo, jogar um game desses sozinho não é lá muito agradável. Tanto é que as poucas vezes que arrisquei eu estava acompanhado. Só que a Ubisoft conseguiu me chamar a atenção com Just Dance Now por um motivo: a fim de tornar sua franquia ainda mais popular, ela resolveu a equação considerando que o console de mesa era dispensável. Daria certo?

Não só deu certo como é extremamente divertido. E mais do que isso: simples.

continue lendo

emCelulares Computadores Destaque Destaques Games