Digital Drops Blog de Brinquedo

Fox libera streaming das temporadas de Simpsons, mas…

Por em 22 de julho de 2014

not-penalty

Eu diria que a Fox não entende os tempos de internet, mas na verdade o que ela mais entende é em lucrar o máximo possível com seus produtos. Vide o fato de que Simpsons até hoje não havia sido liberado oficialmente para streaming em nenhum serviço, seja Netflix, Hulu ou qualquer outro. A verdade é o conglomerado trata a família amarela como as joias da coroa, já que Family Guy não recebe o mesmo tratamento e está disponível na Netflix.

Durante anos fez-se drama sobre como a Fox liberaria Simpsons para ser assistido na internet, e agora finalmente eles resolveram liberar a mixaria… em partes.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Comunicação Digital Entretenimento Internet Web 2.0

Time Warner rejeita oferta de US$ 80 bilhões feita pela 21st Century Fox

Por em 16 de julho de 2014

time-warner

Rupert Murdoch, o chefão da News Corp e Fox se tornou um magnata da mídia absorvendo companhias pequenas e grandes, fazendo ofertas suntuosas de dinheiro a fim de criar o que quase se tornou um monopólio da mídia, não houvessem corporações tão grandes quanto nos Estados Unidos como Disney e Warner. Não que isso o impeça de expandir ainda mais seu território, nem que tenha que gastar bilhões para absorver seus concorrentes diretos.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Entretenimento Miscelâneas

LG apresenta displays OLED flexíveis e transparentes

Por em 10 de julho de 2014

lg-oled-flex-transparent-display-18-inches-001

Uma coisa temos que reconhecer: a indústria tecnológica sul-coreana avançou inacreditavelmente nos últimos 25 anos, chegando a tomar o lugar do Japão no quesito inovações. A Samsung e a LG são os bastiões tech da Pior Coreia, embora a Sammy tenha ficado com a pecha de kibadora depois de perder a ação bilionária para a Apple. Isso não poderia estar mais longe da verdade, pois seu departamento de P&D vira e mexe revela ideias sensacionais, como este monitor transparente de 22 polegadas apresentado em 2012.

No que tange a displays ambas empresas vivem em pé de guerra, com uma sempre tentando passar na frente da outra; agora a LG não deixa por menos e apresenta seus novos displays transparentes e flexíveis.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Comunicação Digital Destaques Hardware

Mozilla não está fazendo um “Firefox TV”; já os parceiros…

Por em 23 de junho de 2014

supposed-firefox-tv

A moda de 2014 é streaming para a TV. Seja programação ou games, todo mundo quer morder uma fatia do bolo. Enquanto a Netflix investe em mais conteúdos originais e a Sony meio que patina cobrando preços insensatos no PS Now, há também os dispositivos que prometem transformar qualquer TV meia-boca numa Smart TV de respeito. Há a Apple TV, que finalmente saiu da categoria hobby, o Roku, o Chromecast, a fireTV da Amazon… E parece que a Mozilla está pensando em entrar nessa briga.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Computação móvel Comunicação Digital Internet Planeta Sem Fio Web 2.0

Sony revela os preços impossíveis (no mau sentido) do PS Now

Por em 23 de junho de 2014

psnow

Quando a Sony revelou na CES o PlayStation Now, o serviço de streaming oriundo da aquisição da Gaikai, visando permitir donos de PS4 e PS Vita jogarem títulos de outras plataformas Sony através da internet, nós tínhamos certeza de duas coisas: primeiro, o serviço seria problemático em países como Brasil não pela velocidade de conexão (que aliás deve ser igual ou superior a 5 Mb/s, segundo recomendação da Sony) mas pela latência. Apesar de que usuários do OnLive tenham dito que ele funciona até razoavelmente aqui, não dá para ter garantias de que a conexão se manterá estável.

Segundo, seria um serviço à parte. A lógica imaginada por todos é que a Sony cobraria uma assinatura mensal à parte da PS Plus, o que faz até certo sentido. Entretanto fomos surpreendidos da pior maneira possível.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Games Internet Portáteis Sony Web 2.0

Netflix entrará na arena dos talk shows com Chelsea Handler

Por em 20 de junho de 2014

chelsea-handler

A Netflix provou para a indústria tradicional da televisão que produzir conteúdo original e fornecê-lo fora do círculo tradicional é algo completamente viável. Ao pular o atravessador que são as emissoras, o produtor de conteúdo pode controlar exatamente quantos espectadores assistiram o programa/filme/episódio/desenho animado, lhes permitindo tomar suas decisões em cima de dados concretos. Para quem vive a mentira do índice Nielsen (que sequer considera mais de uma televisão por residência), esse formato é um pesadelo.

Depois da Netflix apresentar filmes e documentários próprios, além das séries House of Cards, Orange is the New Black e Hemlock Grove, ela conseguiu reviver Arrested Development e fechou contrato com a Dreamworks o que resultou na série animada Turbo FAST. Pode conferir, a lista de conteúdo original da Netflix é bem grandinha. Qual seria o próximo passo?

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Comunicação Digital Entretenimento Internet Planeta Sem Fio Web 2.0

A Locadora do Paulo Coelho está falindo? Nem de longe

Por em 18 de junho de 2014

daenerys-targaryen

Com a melhoria geral das conexões de internet local, maior e melhor oferta de planos e de serviços baratos e de qualidade, era de se supor que a pirataria estaria arrefecendo. Esse seria o cenário ideal que Gabe Newell apontou como o caminho tempos atrás ao explicar o sucesso do Steam: você desestimula o download ilegal com serviços, não com combate ferrenho.

Com o passar dos anos, serviços como iTunes, Spotufy, Netflix, Hulu, PSN, GOG, Comixology, Crunchyroll e outros tem feito muito sucesso ao fazer exatamente isso: o usuário não se importa de pagar para acessar determinado conteúdo, desde que o serviço seja bom e que o valor seja justo. Entretanto a verdade é que isso apenas a ponta do iceberg.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Comunicação Digital Destaques Entretenimento Internet Web 2.0