Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Para Miyamoto, missão da Nintendo é divertir

Por em 1 de julho de 2014

shigeru-miyamoto-e3-2014

A última E3 mostrou que as grandes desenvolvedoras têm bastante bala na agulha para investir nos novos consoles de mesa, com grandes games AAA que estarão disponíveis nos próximos meses. Já a Nintendo… bem, como ela vem perdendo apoio ao Wii U de estúdio após estúdio, ela resolveu se concentrar no que ela sabe fazer de melhor: jogos divertidos e curiosos com suas franquias consagradas. Até mesmo uma nova IP chamada Splatoon foi revelada, o que não acontecia há anos.

Com a exceção de títulos raros de third parties como Xenoblade Chronicles X e Bayonetta 2, nada se viu vindo de fora. E segundo Shigeru Miyamoto essa é a filosofia da Nintendo: remar contra a maré.

continue lendo

emCultura Gamer Games Nintendo

Novo Zelda poderá ter multiplayer

Por em 23 de junho de 2014

the-legend-of-zelda

Recentemente Eiji Aonuma, o produtor da série The Legend of Zelda, fez uma revelação que mexeu com a cabeça de muitos fãs, quando disse que o próximo capítulo da franquia deverá mudar a maneira como encaramos seus quebra-cabeças. Porém, há uma boa chance de que esta não seja a única mudança que atingirá o jogo.

Ao ser questionado se poderá aproveitar alguns dos conceitos do Hyrule Warriors, como por exemplo adicionar um modo multiplayer a futuros lançamentos, o game designer deu a seguinte resposta:

continue lendo

emGames Nintendo

Novo Zelda deverá mudar maneira como os puzzles são apresentados

Por em 16 de junho de 2014

the-legend-of-zelda

Um dos pontos altos da E3 deste ano foi o anuncio de que o Wii U receberá um novo The Legend of Zelda e embora a franquia seja conhecida por se manter fiel às suas raízes, foram prometidos algumas mudanças que deverão servir como uma evolução.

A primeira e mais comentada delas é de que o futuro lançamento se passará num mundo aberto, definição que não me agrada muito, pois para mim, os Zeldas sempre foram assim, mas o produtor Eiji Aonuma revelou algo que pode ser bastante interessante e realmente inovador, que é a nova maneira como os quebra-cabeças deverão funcionar.

continue lendo

emGames Nintendo

Eis que surge um crossover oficial entre Sonic e Zelda

Por em 27 de março de 2014

sonic-lost-world-zelda

Quando a briga entre as fabricantes de consoles se resumia a Nintendo e Sega, todos nós, moleques no auge de nossa inocência e ignorância em relação a maneira como grandes empresa funcionam, costumávamos bradar por aí que nunca veríamos os personagens das duas companhias em um mesmo jogo. O que não poderíamos imaginar é que um dia a toda poderosa casa do Sonic ruiria e as antes inimigas mortais enxergariam na situação uma ótima maneira de ganhar alguns trocados juntas, acabando assim com as convicções de toda uma geração.

Tudo bem, ver essa outrora impossível mistura há muito deixou de ser novidade, mas então surge a Sega com uma ideia que nem nos sonhos poderíamos imaginar: um DLC para o Sonic Lost World onde o ouriço azul se vestirá de Link e visitará uma fase baseada na tão adorada série The Legend of Zelda.

Conhecido como The Legend of Zelda Zone, o estágio poderá ser baixado gratuitamente por aqueles que possuem o jogo para Wii U e ao contrário do que aconteceu em um conteúdo adicional baseado no Yoshi’s Island, este se parecerá mais como uma mini-aventura, deixando a velocidade de lado e colocando o jogador para explorar o lugar.

continue lendo

emNintendo

A antiga Hyrule vista pelos olhos do Link

Por em 24 de fevereiro de 2014

the-legend-of-zelda

Durante muito tempo eu acreditei na ideia de que transformar uma série das antigas em um jogo em primeira pessoa nunca daria certo, aí veio a Retro Studios e me apresentou o Metroid Prime. Mas se com a caçadora de recompensas mais famosa da galáxia isso funcionou, será que outro clássico da Nintendo, o The Legend of Zelda, também poderia seguir o mesmo caminho?

Bom, até pelo estilo do jogo, é difícil imaginar que essa migração resultaria em algo decente, mas um sujeito conhecido como Ubiquitron resolveu fazer um teste e baseando-se primeiro capítulo da série, criou uma demo para ser utilizada com o Oculus Rift. Surpreendentemente, o resultado ficou bem legal.

Ainda em estágio beta, no momento o ZeldaVR só possui o mapa do mundo e o primeiro calabouço, porém, a intenção do autor é adaptar todo o game e disponibilizar gratuitamente a versão final ainda no mês de março, o que me parece um prazo bastante apertado.

Resta saber agora se a Nintendo não colocará seus advogados para trabalhar, mas até que isso aconteça, o jogo pode ser obtido nesta página e você precisará do óculos de realidade virtual para testá-lo.

continue lendo

emComputadores Nintendo

Nintendo revela Zelda no estilo Dynasty Warriors

Por em 19 de dezembro de 2013

Hyrule-Warriors

Algumas pessoas talvez tenham que conferir o calendário para terem certeza de que não foi uma brincadeira de abril, mas pode acreditar, a Nintendo aproveitou uma apresentação pela internet para fazer aquela que pode ser a maior surpresa do ano: a franquia The Legenda of Zelda ganhará um capítulo nos mesmo moldes de outra série bastante popular, a Dynasty Warriors.

Conhecido por enquanto como Hyrule Warriors, título que deverá mudar até o seu lançamento, o jogo será lançado para o Wii U e além da inusitada mistura de estilos, chama a atenção o fato de que ele não será desenvolvido pela BigN, mas pela Tecmo Koei.

Contando com um Link mais adulto, neste jogo imagino que uma das principais características dos outros Zeldas não deverá estar presente, que são os elaborados calabouços onde devemos utilizar diversos itens para solucionar os quebra-cabeças que nos são propostos e como pode ser visto no trailer abaixo, o foco estará nas batalhas contra uma legião de inimigos.

Vale dizer que o presidente da BigN, Satoru Iwata, fez questão de afirmar que este não será um título da série principal e que eles continuarão trabalhando em algo mais tradicional separadamente, com a expectativa de que o Hyrule Warriors seja lançado no Japão durante o próximo verão e pouco depois nos Estados Unidos.

Como grande fã da série The Legenda of Zelda, eu sinceramente ainda não consegui chegar a uma conclusão sobre a novidade. Por um lado acho legal eles estarem aproveitando a marca para lançar algo bem diferente, mas por outro estou me esforçando para não olhar para ele e ver algo como um mero caça-níqueis. Talvez pense assim por não conhecer muito a franquia Dynasty Warriors, mas neste momento só consigo pensar no Shigeru Miyamoto se revirando no túm… Não, pera!

continue lendo

emNintendo

Reação ao Wind Waker fará Nintendo ser mais cuidadosa com próximos Zeldas

Por em 8 de novembro de 2013

wind-waker

A série The Legend of Zelda sempre foi apontado por não trazer muitas inovações em sua mecânica, com cada jogo sendo bastante parecido com os anteriores, mas se tem um aspecto da franquia que a Nintendo nunca teve medo de experimentar, é a direção artística.

Entre as muitas tentativas que a empresa fez, uma que causou mais polêmica foi o capitulo Wind Waker e se hoje o seu remake é apontado como um “salvador” do Wii U, com seu estilo desenho animado sendo elogiado por muitas pessoas, na época em que ele apareceu no GameCube, foi alvo de duras críticas e de acordo com o produtor Eiji Aonuma, isso tem feito com eles tenham mais cuidado.

Encontramos uma enorme quantidade de problemas devido ao salto drástico que tomamos com o Wind Waker. Acho que seremos mais cuidadosos no futuro, mas se encontrarmos uma nova abordagem que não apenas os desenvolvedores, mas os jogadores possam apreciar, então acho que iremos querer inovar novamente. Mas ainda não encontramos essa abordagem.

Um detalhe que acho interessante na franquia é que em alguns casos a direção artística adotada por eles tem a ver com o enredo. Isso fez com que o Twilight Princess tivesse uma aparência mais sombria, enquanto o Wind Waker seguisse um caminho mais lúdico e desde que a Nintendo continue com esta preocupação, acho que podemos ficar tranquilos em relação ao estilo que os próximos capítulos adotarão.

Fonte: Nintendo Everything.

emNintendo