Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Stephen Elop assume divisão de Dispositivos e Estúdios da Microsoft

Por em 25 de fevereiro de 2014

stephen-elop

Depois que Stephen Elop andou falando uma série de abobrinhas sobre o que faria caso se tornasse CEO da Microsoft, muita gente tem visto o ex-Nokia como uma presença nociva dentro de Redmond. Há quem diga que ele tenha sido o cavalo-de-troia da empresa dentro da fabricante finlandesa, preparando o caminho para sua aquisição ao tomar decisões como encerrar Symbian e Meego e aniquilar 40 mil empregos, algo que a longo prazo reduziu a outrora marca referência em celulares a uma sombra de si mesma.

continue lendo

emHardware Indústria Indústria Mercado Microsoft Microsoft Software

Acionistas da Microsoft querem que Nadella foque o mercado corporativo

Por em 11 de fevereiro de 2014

satya-nadella

Há alguns meses atrás, quando informes de que caso fosse escolhido como CEO da Microsoft Stephen Elop poderia dar cabo tanto do Bing quanto da linha Xbox pipocaram muita gente chiou. Apesar do motor de busca da Microsoft não estar no nível do Google não é como se os desenvolvedores não fossem capazes de fazer coisas incríveis com ele. Já a linha de consoles de videogame, que acabou de cometer o Xbox One pode não estar dando lucro agora (como em todo início de geração independente da fabricante), mas uma empresa sem nenhuma tradição no mercado de videogames dividí-lo hoje com a Sony e ambas deixarem a Nintendo comendo poeira é algo digno de nota.

continue lendo

emComputação móvel Comunicação Digital Hardware Microsoft Planeta Sem Fio Software

Microsoft registra aumento de 2,8% nos lucros no fim de 2013

Por em 24 de janeiro de 2014

microsoft-ballmer-001

Apesar de ainda ser um tanto cedo para dizer que a Microsoft está voltando aos velhos tempos, os resultados atingidos no último trimestre de 2013 apontam para uma melhora em geral nos negócios da empresa, principalmente após o tombo causado pelo Surface e o alto investimento devido a introdução do Xbox One.

Durante conferência realizada ontem, a CFO Amy Hood revelou que os lucros da companhia subiram 2,8% entre outubro e dezembro de 2013, totalizando US$ 6,58 bilhões de dólares. No mesmo período a Microsoft teve receita de US$ 24,52 bilhões, 14,2% mais do que no ano anterior. O atual CEO Steve Ballmer classificou o período como “genial”, e nesses resultados podemos destacar:

  • a Microsoft vendeu 3,9 milhões de unidades do Xbox One no período, chegando a superar as vendas do PS4 em dezembro;
  • mesmo com perdas, a receita do Surface saltou de US$ 400 milhões para US$ 893 milhões em relação ao trimestre anterior;
  • a fatia do Bing aumentou 34%, e está presente em 18% de todos os computadores dos Estados Unidos.

Ainda que esses números sejam animadores ainda é cedo para comemorar: os negócios com Windows caíram 3%, muito por causa da repulsa ao Windows 8 e a queda em geral das vendas de computadores. Entretanto videogames, mobile e sistemas operacionais representam 48% dos lucros da Microsoft, e a maior parte da grana ainda vem dos seus serviços comerciais como SQL Server, Azure, SharePoint e Exchange. Com isso, ainda que Stephen Elop acredite que o melhor seria se livrar da divisão Xbox, encerrar o Bing e liberar seus programas para outras plataformas, talvez o melhor seria manter como está e colher os lucros.

Fonte: CNet.

emComputação móvel Comunicação Digital Hardware Microsoft Software

Microsoft instala Surface 2 gigante no meio de Londres

Por em 24 de outubro de 2013

big-surface-2

A Microsoft e seu pessoal tem um certo fetiche por telas grandes, muito grandes. O Windows 8 já foi demonstrado em um Perceptive Pixel PC de 82 polegadas, além de um display enorme com Kinect embutido. Bill Gates até respondeu uma AMA do Reddit utilizando o Surface Pro ligado em um monitor de 80 polegadas, o mesmo que Steve Ballmer possui em seu escritório. Entretanto dessa vez ela exagerou, e isso é excelente.

Como forma de promover o início das vendas de sua linha Surface 2 no Reino Unido, ela instalou um tablet exageradamente grande no meio da Trafalgar Square, no coração de Londres. Quão grande, você pergunta? Digamos que uma tela com 8,23 m de comprimento e 5,18 m de altura, totalizando absurdas 383 polegadas está bom pra você?

continue lendo

emComputação móvel Comunicação Digital Hardware Microsoft Mundo Estranho Planeta Sem Fio Publicidade

Microsoft reduz novamente preços dos primeiros Surfaces RT e Pro

Por em 24 de outubro de 2013

surface-pro-descontao

Faz pouco tempo que a Microsoft apresentou a linha Surface 2, e na última terça-feira eles começaram a ser vendidos em 21 países. Porém a linha original ainda não foi retirada de linha, até porque os tablets RT não estavam vendendo bem e deram certo prejuízo. A empresa já havia reduzido o preço de venda de ambos modelos, e agora como parte de um movimento para zera o estoque, reduziu ainda mais seus produtos.

O foco está no Surface Pro, que ainda é uma bela máquina capaz de rivalizar com qualquer notebook de ponta. Anteriormente ele já havia recebido um desconto de 100 dólares, e agora recebe mais um: a partir de agora o modelo de entrada com 64 GB de armazenamento custa US$ 699, a de 128 GB passa a valer US$ 799. O link está meio escondido, já que a página principal dá mais destaque ao RT e a segunda geração do Surface, mas o box está lá num cantinho.

Falando nisso, a primeira geração de tablets também recebeu um novo desconto, mas apenas na versão de 64 GB: o modelo passa a custar US$ 399, totalizando US$ 200 de desconto em comparação ao preço de lançamento; caso opte comprar com a Touch Cover, você pagará apenas US$ 449. O modelo de entrada com 32 GB permanece custando US$ 349.

O único porém é descobrir quando (ou se) a Microsoft decidirá vender o Surface por aqui, visto que muita gente baba por ele principalmente pelo Pro, e nem todo mundo tem o amigo no exterior para dar uma mãozinha.

Fonte: TNW.

emComputação móvel Comunicação Digital Hardware Microsoft Planeta Sem Fio

Update do Windows 8.1 RT apresenta problemas e Microsoft o tira do ar

Por em 21 de outubro de 2013

windows-8-1-rt-bsod

Enquanto nós usuários de desktops estamos utilizando normalmente o Windows 8.1 após uma atualização sem solavancos, os donos de tablets que rodam a versão RT estão tendo algumas dores de cabeça com a nova versão do sistema, para dizer o mínimo.

Vários usuários estão reportando que após atualizarem seus tablets, os mesmos apresentam problemas nos arquivos de boot, resultando no aparecimento de nossa velha conhecida tela azul quando são religados.

A Microsoft foi informada do problema e para evitar maiores problemas puxou o update da tomada temporariamente, e informou através de um e-mail enviado por um porta-voz que está investigando o problema, embora esteja ciente de que o problema não está afetando todo mundo. Só que quando o Surface RT do editor-chefe do Mashable Lance Ulanoff, alguém com mais de 60 mil seguidores do Twitter é afetado (o da foto que abre o post), é bom esperar por um belo estardalhaço.

Caso você seja dono de um tablet com Windows RT e esteja sofrendo desse problema, o que você terá que fazer é restaurar o sistema com um pendrive de inicialização, que pode ser criado em qualquer máquina com Windows a partir do XP. Aqui você encontra como criar um pendrive no Windows 8 e aqui um tutorial completinho de como restaurar seu tablet, e infelizmente o procedimento não é lá muito simples, já que você vai de qualquer forma de pender de outra máquina para recuperar a chave de recuperação, já que os dados são encriptados.

Fonte: PCWorld.

emComputação móvel Comunicação Digital Microsoft Planeta Sem Fio Segurança Software

Chumbo trocado não dói: Best Buy vai pagar até US$ 350 por Surfaces usados

Por em 11 de outubro de 2013

surface_trade

A Microsoft bem que tentou incentivar a migração de donos de iPads para o Surface oferecendo comprá-los por até US$ 200 em créditos utilizáveis para a aquisição do RT ou do Pro. A promoção prossegue e será encerrada no próximo dia 27, mas a rede Best Buy (cuja parceria permitiu instalar Windows Stores dentro de suas dependências) resolveu expandir seu plano de trocas de dispositivos para os dois dispositivos que ajudou a promover em seu lançamento no ano passado.

O problema é que diferente da parceria com a Microsoft, que oferecia um mínimo de 200 dólares e era restrito apenas aos seus produtos, o Online Trade-In da rede varejista é geral: o Surface é avaliado segundo seu estado, o que pode render um vale-compra de US$ 200 a US$ 350 que pode ser gasto como o cliente desejar. Desnecessário dizer que um usuário descontente não pensará duas vezes em adicionar uns trocados e comprar um iPad, um tablet Android ou qualquer outro produto.

O plano de troca da Best Buy se encerrará no dia 21, um dia antes da nova geração de Surfaces chegar às lojas e segundo o AllThingsD, o mesmo dia em que a Apple trará novidades sobre a linha iPad, algo não muito difícil de ocorrer já que Cupertino adora agendar seus keynotes no mesmo dia de eventos grandes, sejam anúncios da Microsoft, Samsung, Nokia ou até conferências da E3.

Fonte: The Verge.

emApple e Mac Computação móvel Comunicação Digital Destaques Hardware Microsoft Planeta Sem Fio