Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Sid Meier leva Ace Patrol para o Steam

Por em 28 de agosto de 2013

sid-meier-ace-patrol

Ver um jogo de PC ou consoles sendo adaptado para celulares e tablets é algo que se tornou relativamente comum nos últimos meses, mas e quando se trata do inverso? Embora existam alguns casos bem sucedidos de conversões assim, destacar-se nos computadores parece um pouco mais difícil, já que em muitos casos esses títulos são desenvolvidos com uma mecânica mais simples, porém, isso não impediu a lenda Sid Meier e a Firaxis de decidir levar o Ace Patrol para a plataforma.

Desde ontem a última criação da mente por trás da série Civilization está disponível através do Steam e até o próximo dia 4 o valor cobrado por ela aqui no Brasil será de apenas R$ 13,49, bem abaixo dos US$ 10 que estão pedindo lá fora. Como nos dispositivos iOS o game é distribuído gratuitamente, havendo a necessidade do jogador pagar por mais missões, esta versão nos dará acesso a todo o conteúdo, além de alguns extras como uma enciclopédia que mostrará maiores detalhes sobre as estatísticas.

Ace Patrol foi muito bem recebido pela crítica, principalmente por oferecer uma estratégia acessível mesmo a aqueles que não possuem muita experiência com o gênero e com mais de 180 missões e 30 aviões para serem escolhidos, no jogo de estratégia controlamos uma esquadrilha na Primeira Guerra Mundial, um tema que chama a atenção até por fugir do lugar comum.

Vejamos agora se o título terá complexidade suficiente para se sustentar em uma plataforma mais robusta como o PC e onde a concorrência é mais acirrada, mas é bom ver que mais pessoas terão acesso a ele e só de ter o Sid Meier envolvido em sua produção acho que o título já merece uma chance, sem falar que esta versão possui um modelo de negócios que parece até mais justo.

continue lendo

emComputadores

2K e Firaxis anunciam XCOM: Enemy Within, expansão de Enemy Unknown

Por em 21 de agosto de 2013

xcom-enemy-within-001

A série XCOM realmente está com tudo. Com o remake bem-sucedido Enemy Unknown e o recém lançado The Bureau: XCOM Declassified, a série clássica renasceu com força e foi bem adaptada para a geração atual, ainda que tenha mudado bastante em relação ao jogo original. Enemy Unknown é viciante, e você se envolve tanto com suas tropas e seus comandados da base quase como se você fosse um general/administrador de verdade, se ferrando muito para reagir à invasão alienígena. É enlouquecedor, e por isso mesmo viciante.

Agora a 2K Games e a Firaxis anunciaram durante a Gamescom uma expansão para o remake de 2012. Chamada de Enemy Within, o pacote dará continuidade aos acontecimentos de Enemy Unknown, quase como se fosse um novo jogo, porém adicionrá novos cenários (cerca de 80), novas habilidades, novos tipos de soldados como os MECs, novas armas, equipamentos, inimigos e recursos.

Para quem ainda está no começo do jogo (eu ganhei ele via PS Plus), saber que vem aimda mais conteúdo e que expande a história vai manter o game mais fresco por mais tempo, o que é ótimo já que ele é muito bom.

XCOM: Enemy Within será lançado dia 12 de novembro para PC, Mac, PS3 e Xbox 360 em dois formatos: uma atualização para quem já possui o Enemy Unknown, e uma versão stand alone chamada “Commander Edition” que custará US$ 29,99 para PC e Mac, e US$ 39,99 nos consoles.

continue lendo

emComputadores Microsoft Sony

Forge é mais um jogo a adotar o modelo free-to-play

Por em 21 de agosto de 2013

forge

Lançado em dezembro do passado, o jogo Forge trazia uma proposta interessante, entregar um multiplayer frenético ambientado num mundo de fantasia, algo como uma mistura do Team Fortress 2 com o World of Warcraft. Tendo uma recepção mediana por parte da crítica, o game falhou em se tornar um sucesso comercial e para tentar mudar essa situação, a Dark Vale Games resolveu submetê-lo a um novo modelo de distribuição e por isso o título agora pode ser jogado gratuitamente.

Segundo um comunicado divulgado no site da desenvolvedora, a ideia é fazer com que um número maior de pessoas possam jogar o game e uma das suas preocupações é fazer com que não tenhamos que pagar para termos vantagens nas partidas, ou seja, não transformá-lo em um pay-to-win.

Com sua versão gratuita já disponível no Steam, quem quiser acelerar o processo de evolução dos personagens poderá adquirir pacotes que dão direito a um maior ganho de experiência ou itens cosméticos e aqueles que tiverem comprado o Forge anteriormente terão direito ao Starter Pack, que hoje está custando R$ 25.

Embora seja mais comum vermos essa mudança acontecer nos MMOs, jogos como o Team Fortress 2 já mostraram que podem gerar muito dinheiro para seus criadores ao se tornarem gratuitos e com os servidores recebendo a visita de mais pessoas, quem sabe esse Forge não se torne mais atrativo e se o pessoal da Dark Vale for capaz de entregar novidades que mantenham o interesse dos jogadores, acho que a atitude deles pode ter sido boa para todos.

Fonte: Massively.

emComputadores

Batman: Arkham Origins também não usará o GFWL

Por em 20 de agosto de 2013

batman-arkham-origins

Na semana passada ficamos sabendo que o Ultra Street Fighter IV não usará o Games for Windows Live e agora a Warner Bros. revela que o Batman: Arkham Origins, um dos principais lançamentos do ano não utilizará a tecnologia da Microsoft, preferindo escorar-se apenas no Steamworks da Valve.

Embora isso signifique que o jogo deverá ter suas conquistas e modo multiplayer gerenciados pelo Steam, a editora não confirmou se ele aproveitará outras funcionalidades oferecidas pelo sistema, como o armazenamento de saves na nuvem, suporte ao modo Big Picture ou as cartas colecionáveis, mas mesmo que isso não aconteça, deve ter muita gente por aí soltando fogos por causa da mudança.

E já que estamos comemorando essa debandada do GFWL, isso provavelmente está acontecendo porque aparentemente a própria Microsoft desistiu dele e de acordo com o suporte do serviço, como a Xbox Live passará a aceitar dinheiro e não mais os MS Points, a partir de depois de amanhã (22/08) a venda de games no PC Marketplace será encerrada e então teremos apenas a opção de baixar aquilo que já compramos.

Este poderia ser portanto o fim do GFWL? Ainda não, mas isso não parece longe de acontecer, pois segundo a página do Age of Empires Online, a Microsoft estaria planejando encerrar o serviço no dia 1º de julho de 2014, quando o game deixará de funcionar, já que seus servidores serão desligados, mas como a informação foi removida, parece que ela não deveria ter sido divulgada agora.

Isso provavelmente era aquilo pelo o que muitos estavam esperando, o total fracasso de algo que em boa parte dos casos só serviu para atrapalhar a vida dos jogadores, mas não porque seu conceito era ruim e sim porque a Microsoft não teve competência para administrá-lo. Contudo, há um detalhe nessa história que está me incomodando. Como ficarão os jogos que foram lançados tendo o GFWL como base? Será que as empresas lançarão um patch para eles continuarem funcionando, ou irão simplesmente nos ignorar e tirar todos eles do ar?

Outra coisa que tem me feito pensar foi a recente contratação de Jason Holtman. Se este profissional terá como missão melhorar a presença da Microsoft no mercado de games para PC, será que esse possível fim do GFWL significa que eles estão trabalhando em outro sistema de distribuição que ocupará seu lugar? Não sei, mas acho que a Gigante de Redmond pode estar tramando algo grandioso, só não tenho certeza se isso é bom.

Fonte: Gamespot.

emComputadores

Microsoft contrata um dos responsáveis pelo sucesso do Steam

Por em 15 de agosto de 2013

jason-holtman

Quando falamos da maneira genial como o Steam conseguiu tornar o PC uma plataforma melhor para games, o nome mais citado neste processo é o de Gabe Newell, o chefão da Valve, mas um profissional que deveria ter seu trabalho mais reconhecido é Jason Holtman.

Tendo trabalhado durante oito anos na editora, o ex-advogado é apontado internamente como um dos principais responsáveis pelo sucesso do serviço de distribuição digital, tendo atuado como o principal contato com os estúdios e ajudado a idealizar coisas como as tão adoradas promoções de verão em que torramos tanto dinheiro e que obviamente aumentou consideravelmente a base instalada do Steam.

Contudo, em fevereiro deste ano ele deixou a empresa e existia uma certa curiosidade em sabermos para onde iria ou mesmo se continuaria na indústria de games e agora o mistério acabou, já que Jason Holtman foi contratado pela Microsoft e esta pode ser uma excelente notícia para quem joga no PC.

Sim, eu me juntei à Microsoft, onde focarei em tornar o Windows uma grande plataforma para jogos e entretenimento interativo,” declarou o executivo. “Acho que existe muita oportunidade para a Microsoft entregar os jogos e entretenimento que os consumidores querem e para trabalhar com os desenvolvedores para fazer isso acontecer, então estou empolgado por estar aqui.

Com o Xbox One prestes a ser lançado e levando-se em consideração a maneira como a Microsoft tem relegado o PC a segundo plano, este é um movimento que quase ninguém esperava e penso que será muito interessante ver como Holtman poderá mudar o ambiente do Windows. Caso ele tenha liberdade para fazer uma revolução por lá, isso poderá ser excelente e não podemos esquecer que o último sistema operacional da empresa já conta com uma loja virtual, portanto metade do caminho já está andado.

[via GamesIndustry]

emComputadores Games Microsoft

Até a EA se rende ao Humble Bundle

Por em 14 de agosto de 2013

dead-space-3

Muitas pessoas podem não gostar disso, mas o fato é que foi-se o tempo em que o Humble Bundle era um site voltado à divulgação de jogos independentes e depois de termos visto recentemente um pacote que trazia diversos jogos da Deep Silver, chegou a vez de outra grande editora aparecer por lá. Quer dizer, grande não, gigante, afinal estamos falando da EA.

Pelo tradicional sistema “pague quanto quiser por no mínimo US$ 1”, nessa promoção temos a oportunidade de adquirir seis jogos muito bons, entre eles o relativamente novo Dead Space 3, que foi lançado em fevereiro passado. Porém, além dele ainda teremos direito ao Crysis 2 Maximum Edition, Burnout Paradise: The Ultimate Box, Medal of Honor, Mirror’s Edge e Dead Space, mas se você contribuir com pelo menos o valor médio ainda levará o Battlefield 3 e o The Sims 3 com duas expansões.

Existe ainda um detalhe que deixa essa promoção ainda mais interessante, pois apesar dela levar o título de The Humble Origin Bundle, apenas o Dead Space 3, o Battlefield 3 e o The Sims 3 são exclusivos da plataforma de distribuição da EA, portanto, todos os outros poderão ser ativados também no Steam, fazendo deste provavelmente o melhor pacote que já apareceu por lá.

Ah! Para deixar a oferta simplesmente imperdível até para quem não gosta da EA, saiba que nenhum tostão será destinado à editora, com todo o valor arrecadado sendo doado para várias instituições de caridade e caberá ao consumidor escolher como o dinheiro será dividido entre elas. Sensacional, não acha?

emComputadores

Três anos depois, The King of Fighters XIII está a caminho do PC

Por em 13 de agosto de 2013

kof-xiii

Ainda que a série The King of Fighters tenha diversos fãs em todo o mundo (eu incluso), é fato notório que ela perdeu relevância nos últimos anos, principalmente porque ela demorou muito para se atualizar e responder ao que a Capcom havia alcançado com Street Fighter IV. Somando a isso o fato de que TKoF XII não foi um jogo muito bom, a franquia caiu no esquecimento.

The King of Fighters XIII, game lançado para os arcades em 2010 corrigiu esses problemas, sendo um título que amarrou algumas pontas soltas da história (que sempre teve um fator de destaque na série), além de ser um jogo de luta mais balanceado do que o anterior. Apesar de seus esforços e ainda que tenha sido convertido para diversas plataformas (PS3, Xbox 360 e até mesmo iOS e Android), o game não conseguiu recuperar o prestígio de outrora.

Entretanto a SNK não desistiu, e depois de quase dois anos do lançamento do game para os consoles de mesa (e três depois do original para Arcade) o título é anunciado para PC, mais precisamente para Steam. O game chegará no dia 13 de setembro e já está em pré-venda, saindo pelo preço promocional de R$ 45.

O game virá com todos os personagens secretos desbloqueados, além de o principal fator de reclamação entre os jogadores: um novo netcode que proporcionará “a mais confortável experiência online até agora”, segundo a desenvolvedora. Se a experiência ficar ao menos próxima de SSFIVAE, já é um avanço e tanto.

Não obstante o game contará com opções de ajustes gráficos para adequá-lo a máquinas não tão poderosas. As exigências mínimas são Windows XP, processador Pentium 4 de 2,0 GHz, 1 GB de RAM, placa de vídeo GeForce 9500 GT com 256 MB, DirectX 9 e 5 GB de espaço em disco. A SNK entretanto recomenda Windows 7, Intel Core i5, 4 GB de RAM e GPU de 512 MB.

A SNK vai realizar um Closed Beta entre 20 e 29 de agosto, e quem quiser participar precisa acessar este link e preencher seus dados até o dia 18. Trezentos jogadores serão selecionados através de sorteio.

Fonte: VG24/7.

emComputadores