Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Brütal Legend para PC poderá ganhar conteúdo exclusivo

Por em 22 de fevereiro de 2013

dori_bru_20.02.13

Aquela história de que os jogos da série Halo poderiam ser lançados para PC através do Steam parece que não dará em nada, mas na mesma ocasião outro título exclusivos dos consoles foi mencionado e quem tinha curiosidade de conhecer o Brütal Legend poderá jogá-lo no computador a partir do do próximo dia 26.

Na Loja da Valve a criação da Double Fine está sendo vendida com desconto por R$ 26 e de acordo com Tim Schafer, se a aceitação for boa, eles poderão lançar novos conteúdos para essa versão.

Eu adoraria adicionar mais conteúdo ao jogo no PC. É divertido continuar trabalhando nele. Quero dizer, temos uma lista de desejos de quando fizemos essa versão, mas como somos uma pequena desenvolvedora publicando o jogo por conta própria, temos que lançar a melhor versão que pudermos e então esperar que seja bem sucedida para podermos adicionar mais coisas,” declarou o game designer.

Schafer citou como exemplo do que poderá aparecer no game a inclusão de facções inteiras que poderiam ser utilizadas nas partidas multiplayer ou até mesmo novos modos para as disputas online e uma maneira melhor de representar o que nossas unidades estão fazendo, mas revelou que dificilmente adicionarão conteúdo à campanha principal, já que isso exigirá um investimento muito alto, entre outras coisas, na contratação de dubladores.

Como sou um grande admirador do trabalho da Double Fine eu até cogitei comprar o game para PC para prestigiar a conversão, mas como já tenho uma cópia para Playstation 3 que adquiri numa promoção e até hoje não joguei, deixarei para aproveitá-lo no console mesmo.

[via Rock, Paper, Shotgun]

emComputadores

System Shock 2 esté chegando ao GOG e Steam

Por em 14 de fevereiro de 2013

dori_ss2_14,02,13

Existem vários jogos mais antigos que eu sempre ouço muitos elogios, mas que infelizmente nunca tive a oportunidade de jogar e se eu fizesse uma lista com eles, o System Shock 2 provavelmente ocuparia uma das primeiras posições.

Criado por ninguém menos do que Ken Levine, a mente por trás do fantástico BioShock, dizem que aquele antigo FPS tem muitos dos elementos que vimos na aventura passada em Rapture, como um bom enredo, a capacidade de fazer com que o jogador sinta-se plenamente imerso no universo proposto e um vilão, ou melhor, vilã que consegue roubar a cena.

Por falar nisso, sempre me chamou a atenção o fato da SHODAN, a inteligência artificial que serve como antagonista, aparecer em quase todas as listas sobre os maiores inimigos dos games e a partir de hoje finalmente se tornará mais fácil ter acesso a este clássico.

Mesmo sendo o título mais pedido pelos usuários do GOG, tamanha demora pela disponibilização do game se devia ao fato da sua desenvolvedora, a Looking Glass Studios, ter fechado as portas pouco depois do título ter sido lançado, o que dificultava a obtenção dos direitos da marca e depois de uma extensa negociação, a Night Dive Studios resolveu o problema e passará a vender o game ainda hoje através do GOG, para depois, numa data ainda não anunciada, ele aparecer no Steam.

Quem adquirir o System Shock 2 pelo GOG terá direito a vários extras, como a trilha sonora, artes conceituais, uma entrevista com Levine e um mapa da nave Von Braun e embora nada tenha sido sobre melhorias nos gráficos ou mesmo suporte a widescreen, os responsáveis garantem que modificações criadas pela comunidade serão bem vindas.

[via Rock, Paper, Shotgun]

emComputadores Museu

Estúdio indie pede ajuda aos que piratearam seu jogo

Por em 13 de fevereiro de 2013

Percebendo que seria incapaz de impedir que os jogadores baixassem uma cópia ilegal de seu jogo, a Analgesic Productions encontrou uma maneira diferente de tentar obter algum lucro com a situação, pedir que aqueles que baixaram o jogo os ajudem a colocar o Anodyne no Steam.

A súplica foi feita pelo criador do game, Sean Hogan, através da seguinte mensagem publicada no Reddit:

A pirataria é inevitável, então é melhor abraçá-la. – Além disso, isso dá a muitas pessoas que não poderiam pagar pelo game a oportunidade de jogá-lo – e penso que como somos um pequeno grupo de desenvolvedores (apenas meu amigo Jon e eu fizemos o Anodyne), é melhor permitir que muitas pessoas experimentem o game.

Esperamos que elas gostem do jogo e os comentários corram por aí, eventualmente nos permitindo chegar ao Steam, onde mais pessoas poderão jogar o Anodyne.

Com estilo que lembra os RPGs de ação da época dos 16-bits, o jogo pode ser adquirido por aqui (O código GREENLIGHTSTEAMTIME dará 15% de desconto) e Hogan garante que se a campanha no Greenlight obtiver sucesso, todos que compraram o game anteriormente ganharão um código para ativá-lo no Steam.

Caso você tenha ficado interessado, mas não queria baixar a versão pirata, neste site há uma demonstração.

continue lendo

emComputadores

Steam agora possui promoções semanais

Por em 12 de fevereiro de 2013

dori_kar_12.02.13

Não satisfeitos em nos fazer gastar dinheiro diariamente, nos finais de semanas e com eventuais ofertas que duram apenas alguns dias, agora a Valve lançou uma nova modalidade de promoção, uma que valerá por toda toda a semana.

Durando até o próximo domingo (18/02), nesta primeira leva teremos a opção de adquirir quatro jogos por um preço mais em conta, sendo eles o primeiro Flatout por R$ 3,24, o Steel Storm: Burning Retribution por R$ 4,24, o Alpha Prime por R$ 2,12 e por fim, o Karateka, que está saindo por R$ 8,49.

Como pode ver, não temos nenhum título de grande porte e mesmo o remake do Karateka, que poderia se encaixar nesta descrição, infelizmente tem uma jogabilidade muito simplista e após jogar sua demo perdi completamente o interesse pelo game.

Tomara que nas próximas semanas a seleção seja melhor, mas de qualquer forma, está aí mais uma promoção para ficarmos de olho.

emComputadores

Kit de desenvolvimento do Rage está disponível no Steam

Por em 11 de fevereiro de 2013

dori_rage_11.02.13

Rage é aquele típico jogo que parecia sensacional antes de seu lançamento e que ao chegar às lojas não conseguiu suprir a expectativa de boa parte dos jogadores. Porém, se tivermos um pouco de sorte em breve a criação da id Software poderá se tornar mais interessante, tudo graças a comunidade.

Isso porque a desenvolvedora liberou no Steam a ferramenta utilizada na criação do FPS e desta forma aqueles que possuem conhecimento na área poderão modificar o jogo da maneira que quiserem, provavelmente corrigindo alguns dos pontos criticados e até dando vida à novas aventuras.

A id inclusive disponibilizou um FAQ e uma introdução (ambos PDF) ao assunto, mas saiba que o kit, que pode ser encontrado na aba Ferramentas do Steam, exigirá um download de 35GB e John Carmack avisou pelo Twitter que criar algo significante exigirá paciência, já que eles utilizaram um cluster com 300 núcleos para criar as texturas em alta definição presentes no game.

Talvez eu esteja depositando um esperança exacerbada naqueles que dedicam seu tempo a criar modificações, mas se tem uma coisa que aprendi foi a nunca subestimar a capacidade dessas pessoas e por isso acredito que um dia veremos algumas coisas interessantes sendo criadas com esse kit.

[via Bethesda Blog]

emComputadores

Steam e a perigosa tentativa de se tornar uma loja mais aberta

Por em 8 de fevereiro de 2013

Ultimamente Gabe Newell tem dado diversas declarações sobre a preocupação da Valve em tentar adaptar o Steam as mudanças do mercado, algo que ele afirma ser necessário para que o serviço não perca sua liderança e durante uma interessantíssima palestra aos estudantes da Universidade do Texas o executivo falou um pouco sobre como eles pretendem facilitar o processo de publicação através da loja.

Neste momento o Steam é essencialmente uma loja controlada. É um monte de outras coisas, mas você pode pensar nele como uma loja controlada por nós. Nós temos essas pessoas que trabalham duramente recebendo telefonemas de outras companhias dizendo, ‘Ei, vocês podem colocar meu jogo no Steam’, e elas respondem ‘Oh, sabe, nós publicamos três jogos hoje…’.

Essencialmente – querendo ou não – nós nos tornamos um gargalo em termos de conteúdo se conectando ao usuário… Ao invés de ter esse loja controlada queremos dizer, ‘Ok, se você pensar sobre isso corretamente, seria algo como uma rede API.’ Deve ser esse modelo de distribuição – e sim, você precisa se preocupar com vírus, malwares e coisas desse tipo – mas essencialmente qualquer pessoa deveria ser capaz de publicar qualquer coisa no Steam.

Tal comentário provavelmente agradará algumas desenvolvedoras, já eu imagino que algo tão anárquico seja um tanto perigoso e a única coisa que consigo pensar é no Steam se transformando em alguma coisa parecida com o canal indie da XBox Live ou o Google Play e não tenho a menor dúvida de que não gostaria de ver isso acontecer.

É evidente que dar mais liberdade aos pequeno criadores poderia fazer surgir diversos jogos interessantes e abriria muitas possibilidades, mas por outro lado, tente imaginar o inferno que seria tentar encontrar algo que preste no meio de milhões de porcarias ou títulos que tentem simplesmente nos roubar e para ter uma noção de como seria, lembre-se do início do Steam Greenlight ou mesmo das reclamações que inundaram a internet na época do lançamento do The WarZ.

continue lendo

emComputadores

Chegou a hora de jogar a série The Witcher

Por em 6 de fevereiro de 2013

dori_witc_06.01.13

Ontem falei um pouco sobre as novidades que estarão presentes no The Witcher 3 e se você não conhece a série mas se interessou pelas possibilidades que um RPG da próxima geração trará e ficou com vontade de jogar os capítulos anteriores para não perder nada, talvez este seja o momento ideal para adquirir os jogos.

Caso você goste de jogar no PC, a CD Projekt manterá até a próxima sexta-feira (08/02) uma promoção onde o The Witcher: Enhanced Edition Director’s Cut poderá ser adquirido no GOG por US$ 5 ou por R$ 8,49 no Steam, já o The Witcher 2: Assassins of Kings Enhanced Edition sairá por US$ 9,99 na loja da editora e por R$ 24,99 no serviço da Valve (caso não saiba, se comprar no Steam poderá registar os jogos também no GOG e ter direito a todos os extras).

Mas se você possui um Xbox 360 com uma conta na Live americana e prefere adquirir o segundo jogo para ele,  a desenvolvedora prometeu que o preço sofrerá uma redução permanente de 10 dólares, passando a custar US$ 29,99, mas até o momento essa mudança não foi efetuada.

Por se tratar de jogos que podem render várias dezenas de horas de diversão, acho que está aí um excelente negócio para quem gosta do gênero.

emComputadores Microsoft