Digital Drops Blog de Brinquedo

Samsung revela 840 EVO mini, o primeiro SSD mSATA com 1 TB de capacidade

Por em 9 de dezembro de 2013

samsung-sssd-840-evo-msata

SSDs são lindos, maravilhosos e transformam seu PC num avião, com o reles efeito colateral de que custam os olhos da cara. Atualizar um HD para um SSD é algo até normal, mas quando você possui um ultrabook que possui uma unidade mSATA, a coisa complica. apesar de serem ridiculamente pequenos em comparação às unidades de 2,5 polegadas, o problema principal é elas não são capazes de oferecer muito espaço de armazenamento. Fora ultrabooks, alguns notebooks possuem slots adicionais que permitem conectar unidades mSATA, que podem ser usadas ou para cache ou como boot.

Entretanto o problema do espaço de armazenamento pode estar com os dias contados. A Samsung e sua nova tecnologia V-NAND já apresentaram resultados interessantes em SSDs, que muito em breve estarão ao alcance de nós mortais. De forma paralela resolveu empregar a técnica utilizada na linha 840 EVO apresentada neste ano, com chips de memória de 128 GB produzidos com o processo de fabricação de 10 nanômetros. Com isso ela apresentou o 840 EVO mSATA, com modelos de 120, 250, 500, 750 GB e o modelo inédito para a sua categoria (segundo a fabricante) de 1 TB de capacidade.

Com apenas 1,8 polegada e pesando apenas 8,5 g, o pequenino é capaz de ler e gravar dados a 540 e 520 MB/s respectivamente. A Samsung alega que se usado com o software proprietário Samsung Magician 4.3, as velocidades podem chegar a até 1.000 MB/s em ambas as situações.

A empresa não divulgou valores (até para não assustar os interessados), embora informe que os SSDs estarão disponíveis no mercado ainda em dezembro. Esta pode ser uma ótima alternativa para quem possui utrabooks com SSDs mSATA e que não possuíam muitas opções de upgrade, tendo que se virar com HDs externos. Entretanto, é bom reservar uns bons trocados e bastante KY, pois é fato que a carcada será de lascar.

Fonte: Engadget.

emHardware

Sim, o HD do Xbox One pode ser trocado

Por em 3 de dezembro de 2013

xbox-one

Uma das coisas que mais critiquei no Xbox One era a informação de que não poderíamos trocar o seu HD, mas com o console na mão dos consumidores, agora sabemos que isso não é bem verdade. Embora a substituição da peça não seja tão simples quanto no seu principal concorrente, exigindo que a pessoa abra o console e consequentemente perca a garantia, felizmente o aparelho aceita outros discos rígidos, inclusive aqueles produzidos com tecnologias mais modernas.

E foi para ver como o One se sairia com discos SSD e híbridos que um sujeito chamado Brian Williams resolveu fazer alguns testes e segundo ele, o desempenho pode melhorar, mesmo que fique um pouco atrás do que foi registrado no PlayStation 4.

Ao utilizar o videogame com um Samsung EVO SSD de 500 GB, o tempo de carregamento do Call of Duty: Ghosts caiu dos tradicionais 33,5 segundos para 27 segundos, já com um SSHD de 1 TB da Seagate, só precisou de 27,7 segundos, um ganho que pode não ser muito significativo, mas que existe.

Sendo assim, aqueles que trocarem o HD de seus Xbox One provavelmente o farão para ter mais espaço para armazenar seus jogos e vale lembrar que a fabricante prometeu adicionar suporte a discos externos, embora ainda não tenhamos muitas informações sobre como isso irá funcionar.

Além disso, é importante dizer que tal procedimento não é recomendado, mas se ainda assim você quiser arriscar, o vídeo abaixo mostra como realizar a troca.

continue lendo

emMicrosoft

Western Digital lança um HD que é tipo um 2 em 1

Por em 26 de novembro de 2013

wd-dual-drive-back

Está sendo interessante ver a reação da maioria dos sites, a ficha do WD Black² não caiu ainda. Afinal, em tempos de integração o ideal seria um HD híbrido, com o SSD funcionando como buffer para o HD principal. Não é o caso. Em uma carcaça de um HD de notebook temos um SSD de 120 GB e um HD de 1 TB e 5400 RPM. E caro: são US$ 300,00 contra os US$ 160,00 se você comprar os dois discos isolados.

“Ah, mas é caro…”

Sim, da mesma forma que um notebook já foi absurdamente caro em relação a um desktop equivalente. Da mesma forma que um iPod é mais caro do que o equivalente em CDs virgens. Você está pagando por praticidade, portabilidade. Um 2 em 1.

Esse HD não é pra quem está em casa com um Torrão cheio de espaço. É um HD para quem tem um ultrabook e precisa de espaço, não querendo abrir mão da velocidade absurda de um SSD por não ter baias para dois HDs ao mesmo tempo.

Atenderá muita gente?

Certamente que não, mas é mais uma opção, e isso sempre é bom!

Fonte: ET.

emHardware

Site testa PS4 com SSD e disco híbrido

Por em 21 de novembro de 2013

ps4-ssd

Apesar da nova geração ter demorado muito mais do que o normal para ser lançada, algo que o Xbox One e o PlayStation 4 não foram capazes de aproveitar são os disco de estado sólido, também conhecidos como SSD.

Como essas peças ainda custam caro, ambos os consoles vem equipados com os tradicionais HDs, mas pelo menos no caso do aparelho da Sony a troca pode ser feita e o site Tested resolveu avaliar qual seria o ganho de velocidade caso utilizemos discos mais modernos.

Como pode ser visto no vídeo abaixo, os testes realizados por eles utilizaram o HD de 500 GB padrão do videogame, um SSD de 250 GB da Samsung e outro híbrido da Seagate com capacidade de armazenamento de 1 TB.

A maneira utilizada por eles para calcular o desempenho foi iniciando alguns jogos e no caso do Killzone: Shadow Fall, enquanto o HD normal levou 60 segundos para disponibilizar o game, o SSHD precisou de apenas 42 segundos, com o menor tempo obviamente tendo sido registrado no SSD, que carregou a campanha em 39 segundos.

Porém, o preço muito elevado do SSD (acima de US$ 300 no caso de um de 500 GB) não justificaria o investimento e por isso os idealizadores do teste afirmam que a melhor opção seria utilizar um disco híbrido, cujo desempenho é muito melhor que o de um HD tradicional e com um preço bem inferior ao de um disco sólido, cerca de US$ 110 na versão de 1 TB.

continue lendo

emSony

Transforme seus cartões Micro-SD encostados num SSD

Por em 27 de setembro de 2013

ssd-micro-sd-adapter-001

Todos nós sabemos que SSDs são o futuro, infelizmente devido sérias restrições orçamentárias não são o meu futuro próximo e nem o de muita gente. As fabricantes tem corrido atrás e produzido discos com capacidades cada vez maiores, mas o problema é que o preço acompanha a proporção. Hoje em dia um SSD para dados é absolutamente inviável, gastamos os tubos com um de 64 GB, que dirá um de 640 GB.

É aí que o acessório da foto acima entra. Ele é um adaptador que permite que você utilize até quatro cartões de memória Micro-SD esquecidos em sua gaveta ou em celulares velhos e os transforme em um SSD não muito bonito, mas que aparentemente entrega o que promete.

continue lendo

emHardware Miscelâneas

Samsung revela primeiros SSDs com tecnologia V-NAND, mas não são para o seu bico (por enquanto)

Por em 14 de agosto de 2013

samsung-ssd-v-nand-960-gb

Uma semana depois de anunciar que havia iniciado a produção de seus chips 3D de memória Flash V-NAND e dado a entender que SSDs estariam a caminho, a Samsung revela os primeiros modelos de discos de estado sólido desenvolvidos com a técnica, mas por enquanto eles serão reservados apenas a empresas.

Como a técnica é mais recente (ainda que a Samsung esteja trabalhando nela há dez anos, e já a protegeu com 300 espartanos patentes), os primeiros SSDs V-NAND serão direcionados exclusivamente para uso por servidores de larga escala, graças a um ganho de performance em até 20% e economia de energia de até 40%, o que para corporações pode significar muito dinheiro economizado. Apesar de perfeitamente adequados para uso caseiro (os modelos de 480 e 960 GB são idênticos aos SSDs de 2,5 polegadas disponíveis hoje), muito provavelmente o preço não será nada amigável, considerando o fator novidade. E como SSDs são naturalmente caros, calcule e facada.

Apesar de ter deixado todo mundo chupando o dedo, a Samsung prometeu que a tecnologia estará disponível para usuários domésticos em breve. OS SSDs corporativos começarão a ser fabricados em massa ainda neste mês, sem data de lançamento ou preço divulgados.

Fonte: Engadget.

emHardware

Novo chip 3D de memória flash da Samsung poderá armazenar até 384 GB

Por em 7 de agosto de 2013

v-nand-flash-chip-japinha-desfocada

Infelizmente memória sempre foi um artigo caro. Com um SSD de 240 GB custando os olhos da cara, migrar para um disco de estado sólido é muito vantajoso tecnicamente, mas dói – e muito – no bolso. Smartphones sofrem com isso, além da limitação física de imprimir memórias flash apenas em 2D, obrigando o fabricante a rebolar para espremer o máximo de armazenamento possível. Claro, há os cartões de memória, algo que um dono de um iGadget nunca pôde usufruir.

A Samsung está trabalhando para mudar essa situação. Ontem ela anunciou que começou a produção em massa de seus chips 3D de memória Flash Vertical-NAND, ou encurtando, V-NAND. A tecnologia embarcada permite que os chips sejam montados verticalmente – e não horizontalmente como de costume. Com isso a Sammy conseguiu numa só tacada economizar espaço, aumentar a capacidade de armazenamento e aumentar a velocidade de acesso.

continue lendo

emComputação móvel Hardware Planeta Sem Fio