Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Levine escreverá roteiro do remake do Fuga do Século 23

Por em 31 de julho de 2013

logans-run

Em 1976 o diretor Michael Anderson levou aos cinemas o filme Fuga do Século 23 (Logan’s Run), uma interpretação de um romance escrito por George Clayton Johnson e William F. Nolan que retratava um futuro distópico onde os habitante de uma cidade controlada por um governo autoritário só podiam viver até os 30 anos.

Embora não seja tão popular quanto outras produções de ficção-científica da época, o longa conquistou vários fãs, entre eles o game designer Ken Levine, que após algumas especulações confirmou que ajudará no roteiro do remake que terá Nicolas Winding Refn como diretor, mas recentemente perdeu Ryan Gosling como protagonista.

Aquela foi a primeira história de distopia que vi e se você conhece meus jogos, sabe que ela obviamente teve um grande impacto em mim. Então eu na verdade conversei com a Warner Bros. e meio que os forcei a me darem o trabalho, porque lhes disse que não haveria outra pessoa na Terra que tenha passado mais tempo pensando sobre o Fuga do Século 23 e gastado mais em sua carreira fazendo coisas que vieram daquela experiência.

Quero fazer coisas que não sejam particularmente populares ou interessantes para as pessoas… Acho que há uma história ali, uma boa história que precisa ser contada e que certamente inspirou toda a minha carreira.

Vale lembrar que antes de se tornar game designer Levine queria trabalhar como roteirista, o que serve para mostrar porque os enredos de seus jogos são tão elogiados e como ele mesmo disse ser um apaixonado pelo filme original, será interessante ver o que sairá desse seu novo projeto e quem sabe um bom trabalho não lhe abra portas para finalmente vermos um BioShock nas telonas?

[via Gamespot]

emCultura Gamer

Homeworld 1 e 2 ganharão remakes

Por em 22 de julho de 2013

homeworld_22.07.13

Quando a Gearbox anunciou há alguns meses que havia aproveitado o desmanche da THQ para adquirir os direitos da série Homeworld, os fãs da franquia ficaram empolgados e curiosos para saber qual destino ela teria e durante uma apresentação na PAX Australia a desenvolvedora revelou o que está por vir.

Ao contrário do que muitos poderiam imaginar, a criadora do Borderlands não está trabalhando em um novo jogo que nos colocará no controle de uma frota de espaçonaves, mas sim em versões remasterizadas dos títulos desenvolvidos pela Relic Entertainment e já adiantou que a ideia é vendê-los para PC através de serviços de distribuição digital (alguém aí também pensou no GOG?).

Tendo custado 1,35 milhão de dólares, a franquia teria sido adquirida principalmente devido a admiração do diretor de criação da Gearbox, Brian Martel, que nunca escondeu sua vontade de tornar tais jogos acessíveis às novas gerações, mas há dois aspectos curiosos relacionados à marca e que acho que merecem ser mencionados.

O primeiro deles é que durante o leilão da THQ o estúdio responsável pelo Homerworld foi adquirido pela Sega, então eu imagino que os fãs teriam achado melhor se a série tivesse ido junto com eles. Lamentações a parte, o outro detalhe é que no início desse mês foi encerrada uma campanha no Kickstarter que pretendia conseguir o financiamento de um jogo chamado Void Destroyer e que funcionará como sucessor espiritual do clássico jogo de estratégia. A julgar pelo valor arrecado os fãs estão dispostos a dar seu dinheiro para algo não oficial e agora o objetivo do game designer Paul Zakrzewski é conseguir uma votação suficiente para ter sua criação vendida no Steam.

Sendo assim, o que você prefere? Encarar um jogo inspirado no original ou esperar o lançamento de versões remasterizadas e descobrir como eles envelheceram?

[via Joystiq]

emComputadores Museu

SDCC 2013: Capcom anuncia remake HD de Strider

Por em 19 de julho de 2013

Strider

Durante painel realizado ontem na San Diego Comic Con 2013, a Capcom reforçou algumas informações já conhecidas sobre jogos anunciados anteriormente, como as novidades prometidas para Ultra Street Fighter IV, DuckTales Remastered, Lost Planet 3 e outros. Basicamente ela apenas repetiu tudo o que já foi anunciado anteriormente, o que reforçou o sentimento de mais do mesmo por parte dos espectadores.

Entretanto sem nenhum aviso, a empresa solta uma bomba ao anunciar que está desenvolvendo um remake HD de Strider para os consoles atuais e da próxima geração, além do PC.

continue lendo

emComputadores Indústria Microsoft Museu Nintendo Sony Vídeos

DuckTales Remastered tem data de lançamento definida e edição especial “física” para PS3

Por em 12 de julho de 2013

DuckTales

Capcom e WayForward já terminaram de preparar a bomba de nostalgia que será o retorno do Tio Patinhas aos videogames. DuckTales Remastered já tem data de chegada nos PCs e videogames, entretanto nem todo mundo vai poder jogar ao mesmo tempo: por algum motivo escuso donos de Xbox 360 foram penalizados com um lançamento posterior.

continue lendo

emComputadores Indústria Microsoft Museu Nintendo Sony

Final Fantasy VII chega ao Steam

Por em 4 de julho de 2013

Final Fantasy VII

Após a Square-Enix confirmar que Final Fantasy VII estava a caminho dos PCs (e posteriormente, para o Steam, assim como FFVIII), os fãs estavam esperando quando o game daria as caras. Pois bem, a espera acabou: a partir de hoje e por apenas R$ 20, você poderá adquirir o game que levou a franquia para o 3D e que muitos consideram o melhor capítulo de toda a série.

continue lendo

emComputadores Museu

Tetsuya Nomura revela informações sobre as franquias Final Fantasy e Kingdom Hearts

Por em 27 de junho de 2013

Kingdom Hearts 1.5 HD Remix

Em entrevista durante a E3 2013, o produtor da Square-Enix Tetsuya Nomura revelou algums coisas acerca dos próximos lançamentos da empresa, em especial os dois RPGs anunciados na feira, Final Fantasy XV e Kingdom Hearts 3.

Além disso ele deu uma informação curiosa sobre o desenvolvimento da coletânea Kingdom Hearts 1.5 HD Remix para PS3: segundo ele, os dados originais do primeiro game foram perdidos e a equipe teve que ralar para recriar o jogo.

continue lendo

emMuseu Sony

Kojima está atrás de um estúdio para produzir os remakes de Metal Gear Solid 1 e 2

Por em 26 de junho de 2013

gogoni-mgs

Apesar de muita gente ter conhecido a série Metal Gear Solid nos primórdios do PSOne (há quem jogou os dois games originais há mais tempo, no MSX), uma boa parte da geração atual de jogadores só conheceu Solid Snake e cia. no PS3, forçando um pouco no PS2, em Metal Gear Solid 3: Snake Eater. Os dois primeiros games da franquia são um tanto injogáveis hoje, o primeiro por ser muito datado, e MGS 2: Sons of Liberty por ter sido lançado no início da sexta geração, e sofre dos problemas da transição de plataformas.

Hideo Kojima, que de bobo só tem a cara, também quer que os jogadores de hoje tenham acesso ao início da história, e durante uma entrevista ao site GameReactor na E3 2013, revelou que está procurando um estúdio capaz de desenvolver remakes dos dois games, usando a FOX Engine.

Segundo o site, “ele (Kojima) notou que as mecânicas de ambos games precisam de atualização, mas ele não está com vontade de fazer algo como o remake da Silicon Knights (que lançou MGS: The Twin Snakes para GameCube, remake do primeiro game) ou os lançamentos em HD”.

Às vésperas do lançamento da coletânea Metal Gear Solid: The Legacy Collection, essa notícia foi um tanto inesperada para o momento, mas não é algo a se descartar por completo vindo de Kojima. Ele é tão perfeccionista com sua série e com a história que escreveu que não se detém em revisitá-la de tempos em tempos para cortar as arestas fora.

Sobre a FOX Engine, a Konami utilizará ela não apenas em MGS V como também nos próximos títulos da série Pro Evolution Soccer, então teremos uma ideia de, caso ele encontre um estúdio (eu voto na Platinum Games), como os games clássicos poderão ficar.

PS: seria pedir demais um remake de Policenauts na FOX Engine? :)

Fonte: CVG.

emMiscelâneas Museu