Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Facebook transforma Messenger em uma plataforma, com apps próprios

Por em 26 de março de 2015

mark-zuckerberg-facebook-messenger

Quando o app do Messenger foi desmembrado do Facebook no ano passado, a desculpa dada era que Mark Zuckerberg considerava o ato de conversar com seus amigos pelo aplicativo principal da rede social “uma solução de segunda classe”, uma gambiarra. Claro que haviam motivos comerciais por trás, e nesta quarta-feira foram revelados os planos para o app.

Durante a conferência para desenvolvedores F8, Zuck revelou que o Messenger vai virar uma plataforma independente, e contará com um ecossistema próprio.

continue lendo

emInternet Software Web 2.0

Subiu no telhado? Google+ é dividida em três produtos diferentes

Por em 3 de março de 2015

google-plus

Lançar uma rede social é fácil, difícil é mantê-la. Que o diga o pessoal do Ello, aquela que seria o paraíso de quem não queria ads e que até agora não mostrou a que veio. Numa situação parecida está o Google+: após quase quatro anos no ar a rede social não conseguiu atingir massa crítica como Mountain View tanto queria, e mudanças têm sido feitas nos últimos tempos indicando que ela pode deixar de existir como a conhecemos.

continue lendo

emDestaques Google Internet Software Software Web 2.0

Facebook apresenta ferramenta para ajudar a evitar suicídios

Por em 27 de fevereiro de 2015

depression

Todos nós passamos por dias ruins. Todos, sem exceção. Segundo o Coringa é a diferença entre uma pessoa comum e um lunático (no caso, ele mesmo). O problema é quando a pessoa acredita estar afundada em dias ruins e acaba desenvolvendo depressão, e só quem já passou por uma sabe o quanto ela é terrível. Pensamentos destrutivos ocupam a mente, o desejo de suicídio é uma ameaça real.

Não é raro nos depararmos nas redes sociais com postagens de pessoas claramente expressando pensamentos suicidas, e o Facebook resolveu fazer algo a respeito: está fornecendo uma nova ferramenta para ajudar pessoas nessa situação terrível.

continue lendo

emDestaques Medicina Miscelâneas Software Web 2.0

O Twitter como ferramenta para prever problemas cardíacos

Por em 27 de janeiro de 2015

twitter

Quem diria, há outros usos para o Twitter além de comentar furiosamente sobre a polêmica nossa de todo dia: um estudo realizado por pesquisadores das Universidades da Pensilvânia, Northwestern e Melbourne conseguiram traçar perfis de usuários e determinar o risco de doenças cardíacas, baseados em que os mesmos postam.

continue lendo

emMedicina Software Web 2.0

E essa agora: Viber passa a disponibilizar… games!

Por em 16 de dezembro de 2014

viber-games

O Viber definitivamente quer ganhar os usuários pela inovação, ao invés de ficar correndo atrás do que todos fazem. Depois de introduzir os Grupos Abertos, sua mais nova empreitada é no mínimo inusitada: uma plataforma de games sociais.

continue lendo

emCelulares Computação móvel Games Internet Miscelâneas Planeta Sem Fio Software Web 2.0

Da série “só agora?” DeviantArt lança app para iOS e Android

Por em 11 de dezembro de 2014

deviantart-001

O DeviantArt é sem dúvida a maior comunidade online de artistas visuais que existe. Desenhistas, fotógrafos, animadores, cosplayers… você encontra portfólios dos mais diversos tipos e de diversos temas (pr0n inclusive). Só há um problema: por algum motivo inexplicável o site não possuía apps mobile, sua navegação só era possível através de browsers. Porém antes tarde do que nunca isso está sendo remediado agora.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Computação móvel Internet Miscelâneas Planeta Sem Fio Software Web 2.0

Viber aposta na inovação para se destacar

Por em 14 de novembro de 2014

viber-mascots

O Viber não se vê como um mero aplicativo de mensagens, e deseja se firmar no mercado como uma plataforma social, que fala a linguagem do cliente. E mais: indo na direção oposta de seus oponentes, a empresa busca inovar para atrair mais consumidores ao invés de adicionar funcionalidades “mais do mesmo”, que todo mundo possui.

Foi o que o diretor-geral do Viber para o Brasil Luiz Felipe Barros afirmou em uma entrevista para o MeioBit, concedida nesta quinta-feira.

continue lendo

emComputação móvel Internet Mercado Planeta Sem Fio Software Web 2.0