Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Review: Microsoft Band, um smartwatch escondido em uma pulseira fitness!

Por em 3 de novembro de 2014

IMG_20141030_141657_640

Há alguns dias o Cardoso mostrou pra gente a Microsoft Band. Todas as especificações técnicas estão lá no post dele, disponível através deste link. Hoje vamos falar da experiência de uso do gadget.

Recebi da Microsoft o kit com a pulseira inteligente e desde o primeiro instante estou usando — ou seria melhor dizer “vestindo”? — o produto, comparando com algumas outras pulseiras e relógios que eu costumo utilizar no dia-a-dia. O meu objetivo aqui é trazer pra vocês um review sincero e o mais abrangente possível.
continue lendo

emAcessórios Computação móvel Destaque Destaques Microsoft Planeta Sem Fio Resenha

Google Glass ganha armações para lentes de grau nada baratas

Por em 28 de janeiro de 2014

glass-001

Parece que o Google finalmente se sensibilizou com os pobres usuários de óculos de grau como eu, já que até o presente momento o Google Glass não se adaptava bem às armações dos usuários. Ao mesmo tempo, as lentes padrão que acompanham o gadget não são lá muito adequadas para serem adaptadas como lentes corretivas, emboras algumas pessoas estejam tentando a sorte, já que existe a dificuldade de focar a tela do Glass de acordo com a lente de um óculos comum.

Isso está para mudar: ontem o Google apresentou quatro armações adaptadas para o Glass, com estilos distintos para cada perfil de usuário diferente. Os modelos são chamados Bold, Curve, Thin e Split e acompanham mais dois modelos esporte, Classic e Edge, que vão aumentar a variedade já que o único modelo disponível até o momento é o Active.

continue lendo

emComputação móvel Destaques Google Hardware Planeta Sem Fio Telecom

Mac Pro: processador substituível e preço mais baixo do que se pensava

Por em 1 de janeiro de 2014

mac-pro-disassembled-001

Atualmente o hardware mais desejado por 11 entre 10 fãs da Apple é o Mac Pro, entretanto a grande maioria muito provavelmente não possui os R$ 13 mil mínimos para adquirir um. Se você for customizar então o computador pode sair o valor de um carro popular, mas algumas pessoas estavam se questionando o seguinte: sendo a Apple tão perfeccionista com seu hardware, seria seu desktop de luxo reparável facilmente?

O pessoal do iFixit como sempre não se demorou e tão logo colocou as mãos em um e se deparou com algo bem interessante: o processador é substituível.

continue lendo

emApple e Mac Artigo Hardware

Erro do Walmart derruba preço de PC para R$ 580 e espertinhos querem levá-lo a todo custo

Por em 18 de dezembro de 2013

lei-de-gerson

Na madrugada de segunda para terça-feira a internet brasileira entrou em polvorosa, mais uma vez devido a um erro de preço em um produto ofertado por um loja online. A bola da vez foi o Walmart, que por uma falha de sistema ofertou um computador com configuração mediana (i5 3330, quad-core de 3 GHz, 8 GB de RAM, HD de 1TB, monitor LED Samsung de 21,5″ e gravador de DVD) pela suspeita bagatela de R$ 580, sendo que o valor real era de quase 2.400 reais.

Evidentemente que por se tratar de uma falha (provavelmente humana, o estagiário já deve ter sido inclusive remanejado para a cafeteria da empresa), a festa não durou muito tempo e a loja enviou uma nota a todos os compradores informando o que aconteceu, e obviamente cancelando a compra.

continue lendo

emArtigo Hardware Mercado Propaganda & Marketing

Ministério da Justiça quer saber por que a Apple pratica preços em dólar na iTunes brasileira

Por em 28 de novembro de 2013

itunes-brasil

Hoje em dia fazer compras online no exterior em lojas que cobram em dólares mas exibem o preço em reais, que é um valor relativo ao câmbio do dia e não ao do fechamento da fatura. Nessa de proteger os interesses dos consumidores (e por tabela restringir os gastos dos brasileiros no exterior), bancos passaram a não concluir as compras, a menos que a cobrança seja feita diretamente em dólares para que o cliente saiba quanto vai pagar. Google e Microsoft se adequaram ao formato, já o Steam não.

O caso do iTunes é diferente, pois ele sempre cobrou única e exclusivamente em dólares, assim como a Mac App Store. Entretanto o governo brasileiro parece que não mais permitirá essa prática: a Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça enviou à Apple Brasil uma notificação cobrando explicações do porquê de a empresa praticar preços em dólar e não em reais no mercado brasileiro, já que ela está plenamente instalada no país.

continue lendo

emApple e Mac Computação móvel Internet Telecom Web 2.0

Galaxy Note 3 e Galaxy Gear já tem preços no Brasil (UPDATE)

Por em 4 de outubro de 2013

).galaxy-note-3-galaxy-gear)Samsung, Claro e TIM divulgaram nesta sexta-feira os preços oficiais do Galaxy Note 3 e do Galaxy Gear no Brasil, e como esperado os valores não são nada camaradas. Os aparelhos estarão disponíveis neste sábado em eventos de pré-venda realizados no Morumbi Shopping, em São Paulo.

Começando pela TIM que foi a primeira a divulgar seus valores, quem comparecer poderá adquirir o aparelho em primeira mão, podendo parcelá-lo em até 12 vezes (na aquisição do plano TIM Liberty) e de quebra ainda levará “inteiramente grátis” o reloginho esperto da Sammy, entretanto o gadget possui estoques limitados.

E por falar em valores, vamos lá: no modelo pré-pago o Galaxy Note 3 custará R$ 2.799,00. Vai levar no pós-pago? Nem assim a operadora aliviou muito, pois ele sairá pela “bagatela” de R$ 2.299,00.

Logo depois a Claro divulgou sua oferta, que é um pouco mais em conta: no plano pós-pago Claro Online com 5 GB de dados móveis o aparelho custará R$ 649,00, mas deve-se levar em conta que o plano em questão custa R$ 329,00 por mês. Já no pré-pago o Note 3 sairá por R$ 2.699,00.

A Samsung por sua vez enfiou a faca e girou: o valor oficial do foblet desbloqueado é de R$ 2.899,00. Já o Galaxy Gear custará R$ 1.299,00, este não sendo uma grande surpresa considerando que ele também é caro lá fora (US$ 299).

Considerando que o modelo lançado aqui é o 4G/LTE, equipado com o quad-core Snapdragon 800 da Qualcomm com clock de 2,3 GHz, o SoC mais poderoso da empresa, além de 3 GB de RAM, 32 GB de espaço interno, display de 5,7 polegadas com resolução Full HD e Android 4.3 Jelly Bean, era de se esperar que o preço final seria sensivelmente mais alto que o Galaxy S4, cujo modelo 4G foi lançado aqui custando R$ 2.499,00. Ainda assim é uma senhora paulada em quem estava pensando em levar um para casa por um preço mais em conta.

A última dúvida que resta é quando será a data final de lançamento, visto que todas as outras já foram sanadas.

UPDATE:  O texto foi atualizado para incluir as informações de preços da Samsung e Claro.

emComputação móvel Destaques Hardware Mercado Planeta Sem Fio Telecom

Apple faz o mineirinho e atualiza linha de iMacs com processadores Intel de quarta geração

Por em 24 de setembro de 2013

apple-imac

A Apple está revendo sua estratégia de atualizações de seus produtos: se as novidades não forem suficientes o bastante para merecerem minutos num keynote, elas serão realizadas na calada da noite e quando você percebeu, já foi. É o que a empresa fez com a Apple TV, e ainda que ela tenha recebido funções interessantes como AirPlay via AirCloud e iTunes Radio (apenas para contas americanas), não foram novidades suficientes para perder tempo as anunciando (até porque o keynote dos iPhones foi estranhamente corrido).

Agora a empresa repete a dose com a linha iMac, que enfim recebeu o esperado upgrade para os processadores Intel de quarta geração.

A configuração inicial dos quatro modelos possuem processadores quad-core i5, com clocks variando entre 2,7 GHz (21 polegadas) e 3,4 GHz (27 polegadas) nas configurações sugeridas. Claro, o consumidor pode substituí-los por processadores i7 se desejar (exceto para o modelo básico). O modelo de entrada possui gráficos integrados Intel Iris Pro enquanto os demais utilizam GPUs da nVidia GT 700 Series de até 4 GB de memória.

Todos os quatro modelos possuem HD híbrido de 1 TB de armazenamento, 8 GB de RAM (que pode ser expandida até 32 GB, dependendo do modelo) e a opção de armazenamento em Flash mais rápida via PCIe.

Os modelos já estão disponíveis tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil. Enquanto os valores lá fora não mudaram, o mesmo não pode ser dito daqui: o modelo básico de 21 polegadas com processador i5 de 2,7 GHz, 8 GB de RAM e HD de 1 TB passa a custar R$ 6.799,00. Já o top de linha de 27 polegadas com processador i5 de 3,4 GHz, 8 GB de RAM, GT 775 M de 2 GB e HD de 1 TB tem valor sugerido de R$ 10.399,00.

Fonte: Apple.

emApple e Mac Hardware