Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Para combater pirataria, estúdio dá cópias de seu jogo

Por em 21 de novembro de 2014

this-war-of-mine

Recentemente eu comecei a jogar o This War of Mine e embora ainda tenha muito a explorar na aventura, já pude perceber que a minha expectativa inicial foi correspondida e que o título é um dos retratos mais fortes que um game fez sobre a guerra.

Desenvolvido pela 11 Bit Studios, o jogo não conseguiu escapar da pirataria e ao descobrir que ele estava sendo obtido facilmente através do The Pirate Bay, os criadores resolveram fazer algo que tem se tornado relativamente comum entre os estúdios independentes, que é dar cópias para os que estavam baixando o título ilegalmente.

continue lendo

emIndústria

Hacker finalmente consegue executar homebrews no 3DS

Por em 21 de novembro de 2014

new-3ds

A Nintendo de fato fez um excelente trabalho com o Nintendo 3DS no que diz respeito à segurança: após quase quatro anos de vida todas as tentativas de desbloquear o console portátil não deram em nada, pelo menos até agora.

Um hacker chamado Smealum divulgou um procedimento curioso mas que entrega o que promete: a possibilidade de carregar homebrews no 3DS.

continue lendo

emGames Nintendo Portáteis

Disney patenteia site de buscas sem pirataria

Por em 5 de novembro de 2014

81J89zWaVsL

Quando o DVD começou a mostrar sinais de cansaço, dois formatos disputaram a vaga, o HD-DVD e o Blu-ray. Em um gesto absolutamente estúpido a Sony decidiu que o Blu-ray era bom demais para se misturar com a gentalha dos filmes educativos. Proibiu o licenciamento da tecnologia para veiculação de Pr0n. Eu pronunciei a morte do Blu-ray por causa disso. Por sorte alguém mais sensato lembrou que já haviam pisado na bola com o Betamax, a proibição foi removida e o Blu-ray hoje é o patrão de direito e de fato.

A Apple foi bem criticada quando proibiu apps de safardanagem no iOS, mas hoje vejo que faz sentido. O que não falta na internet é safadeza, não ter apps XXX equivale a você não querer que as visitas coloquem o Blu-ray de Oh Rebuceteio! para tocar na sua sala. Não impede que assistam de outras formas em outros lugares. Complicado seria se o Safari do iOS proibisse acesso a esse tipo de conteúdo.
continue lendo

emGoogle Internet

DxO Optics Pro 8 de graça – por tempo limitado

Por em 28 de outubro de 2014

Vamos ser honestos. Sabemos que 90% dos profissionais de fotografia no Brasil (estatística chutada com base em minhas aulas de edição de imagem) utilizam software pirata para a edição de suas fotos. As desculpas para o fato são as mais variáveis possíveis, mas acabam convergindo para a questão do alto preço dos softwares. Fica engraçado notar que a pessoa que me fala isso as vezes tem o último modelo do iPhone no bolso. Mas, sabemos que tudo é cultural. A própria Adobe tem pacotes promocionais para Photoshop e Lightroom que não pesariam no orçamento de um profissional. E também existem outras opções de software por preços interessantes no mercado. Porém, já que nunca deu problema, os espertos continuam utilizando o pirata.

Para você que vive na ilegalidade e quer uma oportunidade de ter um software original em seu computador, essa pode ser a oportunidade certa. O DxO em parceria com a revista Digital Photographer estão fazendo uma promoção interessante. Eles estão disponibilizando o DxO Optics Pro 8 para download e com licença gratuita até o dia 31 de janeiro de 2015. Estão disponíveis versões tanto para Windows quanto Mac. Tudo bem que a versão atual do programa que está a venda é a 9, mas não podemos menosprezar a oferta, já que conheço gente que ainda utiliza o Lightroom 3 ou o 4 e está muito feliz com o resultado. Fica claro aqui que a intenção da DxO é criar uma base de usuários para seu software e abocanhar parte o mercado monopolizado pela Adobe. Utilizei o DxO Optics algum tempo atrás e gostei bastante da interface e do resultado final das edições.

Para ter acesso ao software é só entrar na página da DxO, digitar o e-mail e clicar em OK. O serial já é liberado, assim como o link de download para as duas versões. Quem quiser gastar uma graninha e comprar a versão 9 do programa, ela está disponível no mesmo site, com desconto, por £ 119,00.

DxO Optics Pro 8 de graça

emÁudio Vídeo Fotografia Manipulação digital

Google contra a pirataria nos resultados de buscas

Por em 21 de outubro de 2014

google-piracy-001

A gente sabe, tudo o que você quer encontrar, legal ou não está no Google. Basta um pouquinho de paciência e fazer as perguntas certas que qualquer conteúdo pode ser facilmente localizado. A grande reclamação dos detentores dos direitos autorais, a saber as indústrias da música e cinema foi o fato do motor de busca de Mountain View retornar os resultados, e indexar novos domínios quase na mesma velocidade que os remove via solicitações ou mandados. Só que isso está para mudar.

continue lendo

emComputação móvel Google Internet Web 2.0

U2 e Apple preparam novo formato de música contra a pirataria

Por em 18 de setembro de 2014

u2

O U2, para quem não sabe (se é o seu caso, shame on you!) foi uma das maiores bandas de rock dos anos 1980, 1990 e início dos anos 2000, e embora andasse um pouco sumida na mídia especializada por conta de um último álbum não lá muito bem recebido, ainda é reconhecida com uma força gigantesca no cenário musical, principalmente pelo engajamento do vocalista Bono com causas sociais.

Corta para 2014. Embora muita gente tenha chiado à beça com a stunt que disponibilizou o novo álbum da banda Songs of Innocence de graça para todos os usuários do iTunes, a verdade é que a parceria do U2 com a Apple é de longa data, vide o iPod U2 Edition e os dispositivos e acessórios da marca (PRODUCT)RED. Agora a dupla planeja salvar a indústria da música como um todo.

continue lendo

emApple e Mac Áudio Vídeo Fotografia Computação móvel Entretenimento Planeta Sem Fio Software Telecom

HBO considera oferecer serviço Go para todo mundo

Por em 12 de setembro de 2014

daenerys

Uma verdade: todo mundo adoraria assistir sua série favorita na internet em qualquer horário, com qualidade máxima, pagando o mínimo possível e principalmente sem trabalheira. Foi isso que permitiu o sucesso absoluto do Netflix e em menor grau do Hulu, que entregam uma experiência muito boa, contam com acervos excelentes e um precinho que justifique ao usuário abrir mão do torrent. Só que nem todos os donos de conteúdo pensam assim.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Entretenimento Internet Telecom Web 2.0