Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Samsung abre seu próprio Museu da Inovação Tecnológica

Por em 21 de abril de 2014

samsung-innovation-museum

A Samsung pode ser acusada de muitas coisas, de oportunista a sem coração, mas uma coisa que não se pode dizer é que ela não é inovadora. De monitores transparentes a telas curvas, passando pelos processadores presentes nos iGadgets (que prova que apesar de se engalfinharem nos tribunais, a Apple reconhece a excelência da Sammy em chips estado da arte) e macro-hardware literalmente falando, a empresa coreana tem a missão de investir em diversos setores de tecnologia e inovar sempre. Nada mal para um conglomerado que começou produzindo macarrão (não que isso seja indigno, veja a Nissin Foods).

A Samsung também reconhece a importância do desenvolvimento tecnológico que trouxe o homem até aqui, portanto ela inaugurou nesta semana seu próprio Museu dedicado à inovação tecnológica em Suwon, cidade da Coreia Mais Bonita onde a empresa é sediada.

continue lendo

emComputação móvel Comunicação Digital Destaques Entretenimento Hardware Miscelâneas Planeta Sem Fio Propaganda & Marketing Software

Galaxy Camera 2, nova câmera com Android é lançada na Coreia do Sul

Por em 20 de fevereiro de 2014

galaxy-camera-2-japinhas-dog

Anunciada pela Samsung durante a CES 2014, a segunda geração de sua câmera que roda Android está chegando ao mercado sul-coreano hoje, e agora é possível notar que para o preço que ela cobrando esse item não é lá tão vantajoso assim.

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Comunicação Digital Equipamentos Hardware Software

MUK-BANG — a nova moda dos vlogueiros da Pior Coréia

Por em 2 de fevereiro de 2014

foodporn

Essa japinha* da foto é conhecida com “A Diva”. O nome dela é Park Seo-Yeon e é uma empreendedora de internet, e ela ganha o equivalente a R$ 22.500,00 por mês. Só que ao contrário do que você deve estar imaginando, ela não é CamGirl. Não tira a roupa, não realiza atos indecentes para os espetactores. Sim, ela ganha dinheiro em cima de um pecado, no caso a gula.

Em tempos de empreendedorismo ela seguiu os melhores manuais, encontrou um nicho inexplorado, investiu e está vendo o retorno.
continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Internet Web 2.0

Governo sul-coreano desfere duro golpe contra bloatware pré-instalado

Por em 24 de janeiro de 2014

s4-bloatware

Uma verdade: Steve Jobs deve ter visto o inferno ao negociar com operadoras para não permitir a inclusão de bloatware no iPhone, ao passo que Google e Microsoft preferiram abrir as pernas. O Android sofre desde sempre com atualizações do sistema que precisam passar pelos fabricante e operadoras, e o Windows Phone, que era a grande promessa de que veríamos aparelhos baratos sem esse tormento seguiu o mesmo caminho. Como se não bastasse, a inclusão de aplicativos inúteis é um tormento que os usuários são obrigados a engolir se pretendem adquirir um smartphone com planos na esperança de jogar o preço para baixo.

continue lendo

emComputação móvel Comunicação Digital Hardware Mercado Planeta Sem Fio Software

Hacker compromete dados de cartões de crédito de 20 milhões de sul-coreanos

Por em 21 de janeiro de 2014

girls-generation-credit-card

No mês passado a Target, uma das maiores redes varejistas dos Estados Unidos sofreu um ataque hacker que comprometeu sua base de dados de forma catastrófica: informações de cartões de crédito e débito de até 110 milhões de clientes (os números oficiais falam em 70 milhões, mas pode sem bem mais) podem ter sido roubados, e ainda há a possibilidade de que códigos PIN tenham ido no pacote. Uma empresa de segurança rastreou o malware até chegar ao suposto responsável, um russo de 17 anos.

Agora a Coreia do Sul vive algo parecido. Um funcionário terceirizado da Korea Credit Bureau, a empresa de avaliação de crédito estatal conseguiu ter acesso aos dados de cartões de cerca de 20 milhões de cidadãos, o que corresponde a 40% da população do país. Ele já foi preso, mas as informações teriam sido vendidos para empresas de crédito. E pior: os dados não estavam criptografados.

A coisa está realmente feia por lá. Dados como endereços de e-mail, números de telefone, salário e média de gasto contidos em 104 milhões de cartões foram acessados. A divulgação da notícia provocou uma corrida intensa dos coreanos aos bancos em busca de informações. Os responsáveis pelas três principais operadoras de cartões de crédito - Sohn Kyung-Ik da NH Nonghyup Card, Park Sang-hoon da Lotte Card e Shim Jae-oh da KB Kookmin Card – pediram desculpas publicamente. Dezenas de executivos puseram seus cargos à disposição pela gafe e a Comissão de Serviços Financeiros do país disse que as operadoras irão cobrir quaisquer perdas financeiras de seus clientes.

south-korea-cc-ceos-public-apologies-bow

A essa altura do campeonato não dá para entender como operadoras de banco deixam dados tão cruciais sem criptografia nenhuma, ainda mais com potencial de prejudicar quase metade da população do país como ocorreu. Por sorte ninguém até hoje reportou ter sua conta invadida mas isso não é desculpa, e os executivos tem sorte de perder apenas seus empregos.

Fonte: Mashable.

emComunicação Digital Internet Segurança Software Web 2.0

Prelude: novo lançamento da Samsung. 600 mil toneladas. Não é um celular.

Por em 20 de dezembro de 2013

grandenaosaoseusolhos

Em 1962 entrou em serviço o USS Enterprise. Primeiro porta-aviões nuclear, nau-capitânea da armada dos EUA. Ele serviu com orgulho por 51 anos, sendo descomissionado em 2013, mas até 2025 outro será construído, pois se há algo que aprendemos em Star Trek é que sempre haverá uma nave chamada Enterprise.

Até hoje o Big E é o maior navio de guerra já construído, com 342 m de comprimento. é 9 m mais comprido que um Classe Nimitz, mas perde em deslocamento, 94 mil toneladas, versus 110 mil. Mesmo assim ambos SOMEM diante do Prelude FLNG.
continue lendo

emDestaques Hardware

LG GX, um Optimus G Pro repaginado é anunciado na Coreia do Sul

Por em 17 de dezembro de 2013

lg-gx-japinha-001

Enquanto a maioria dos fabricantes de smartphones e tablets estão economizando munição para a CES 2014, a LG não para quieta. Festas de fim de ano são para os fracos, sempre há um espacinho para anunciar produtos novos. Se bem que a bola da vez, o LG GX não pode ser necessariamente ser chamado de novo.

Digo isso porque no frigir dos ovos ele é pura e simplesmente o LG G Pro, um foblet de 5,5 polegadas que foi lançado nos Estados Unidos em maio e chegou no Brasil em agosto. Fora algumas novidades como o recurso Knock On que ele herdou do G2 e integração com a Smart TVs da LG para exibir notificações de chamadas s mensagens, ele é o mesmo aparelho.

continue lendo

emComputação móvel Comunicação Digital Hardware Mercado Planeta Sem Fio