Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

GDC 2015 — nVidia anuncia um novo Shield, console Android TV capaz de rodar jogos em 4K

Por em 4 de março de 2015

Laguna_Jen-Hsun_Huang_Shield_console

A camaleão verde de Santa Clara entra oficialmente no mercado de consoles dedicados a jogos. Ou algo muito próximo disso.

Durante a GDC 2015, o CEO Jen-Hsun Huang anunciou o nVidia Shield, um dispositivo Android TV muito bonitão feito de alumínio.
continue lendo

emAndroid e Linux Computadores Destaque Destaque Destaques Hardware Indústria Jogos

Sobre o “bug” da GeForce GTX 970, a nVidia explica que a GPU trabalha de forma diferente

Por em 1 de fevereiro de 2015
Laguna_GeForce_GTX_970

Placa de vídeo da Asus sem o conjunto de arrefecimento (crédito: Tech Report)

No final da semana passada, alguns consumidores que compraram placas de vídeo com o processador gráfico GeForce GTX 970, placas essas baseadas no modelo de referência, notaram comportamento anormal quando um jogo ou outro aplicativo exigia os 4 GB de VRAM. Era como se tais placas de vídeo, embora todas construídas com os habituais 16 chips de 2 Gb do tipo GDDR5, só tivessem acesso pleno a 14 deles (28 gigabits ou 3,5 GB).

Em entrevista, o vice-presidente sênior de engenharia dos processadores gráficos da empresa respondeu o seguinte:
continue lendo

emComputadores Hardware

nVidia lança a GeForce GTX 960, placa de vídeo intermediária com belo custo benefício

Por em 22 de janeiro de 2015
Laguna_PC_Master_Race

Alguns exageros à parte, ter um PC tem lá suas vantagens (crédito: Reddit)

Uma grande reclamação dos entusiastas de jogos nos desktops é o preço elevado dos componentes. Sai muito mais em conta comprar um Xbox One ou PlayStation 4 e esquecer o upgrade no PC por uns dois ou três anos. Isso, claro, se você não trocou o computador e o videogame por um tablet ou smartphone.

Para quem ainda quer gráficos melhores nos jogos multiplataforma sem precisar gastar muito, a nVidia lançou uma nova GPU que vai equipar placas de vídeo intermediárias. Trata-se da GeForce GTX 960.
continue lendo

emComputadores Destaques Hardware

nVidia Tegra K1 fará parte do Project Ara

Por em 22 de dezembro de 2014

project-ara

O Google está bem empolgado com o Project Ara, o seu smartphone modular que vai permitir ao usuário conceber seus próprios aparelhos, com os componentes que desejarem incluir. A ideia é fornecer um hardware barato e de qualidade, que o consumidor possa customizar de acordo com seus gostos e poder aquisitivo ao invés de adquiri uma solução completa.

O grande porém é que ainda não vimos um aparelho funcionando corretamente, entretanto a divisão ATAP garante que irá cumprir o deadline, lançando o Ara em janeiro. Agora começam a aparecer as fabricantes parceiras que irão fornecer componentes, e uma delas é a nVidia.

continue lendo

emComputação móvel Google Hardware Mercado Planeta Sem Fio

Placas mais antigas da nVidia ganham suporte à tecnologia DSR

Por em 23 de outubro de 2014

dsr

Quando a nVidia lançou as placas com GPU Maxwell, como a GTX 980, uma das novidades era uma tecnologia batizada como Dynamic Super Resolution, ou simplesmente DSR. O objetivo com ela era bem simples: fazer com que um jogo pudesse ser executado em resoluções bem altas, como 4K, mesmo em uma tela Full HD, o que melhora consideravelmente a qualidade da imagem por funcionar como um anti-aliasing de força bruta.

Aqueles que permaneceram com suas placas antigas infelizmente não podiam aproveitar a técnica, mas com o lançamento do driver 344.48 WHQL, essa limitação felizmente ficou para traz, pois se você possui uma GeForce das séries GTX 400, 500, 600 ou 700 (GPUs Fermi e Kepler), já pode encarar seus jogos com imagens bem mais bonitas.

continue lendo

emComputadores Games

Google Nexus 9, tablet com Android 5 Lolita agora é oficial

Por em 16 de outubro de 2014
Laguna_nVidia_Shield_tablet_1

Shield tablet, uma quinquilharia Android qualquer com Tegra K1 (Crédito: nVidia)

No mundo mobile, se há algo em comum entre a Intel e a nVidia é o fato de as duas empresas não conseguirem desenvolver GPUs mobile para smartphones.

Enquanto a Intel reconhece tal fraqueza e encomenda processadores gráficos mobile para quem realmente entende do assunto, a nVidia preferiu desistir do ramo por não conseguir entregar algo seja energeticamente eficiente para smartphones menores que 7 polegadas.

Mesmo sendo incompetente nos pequenos aparelhos, a camaleão verde de Santa Clara não seria maluca de não estar num ramo tão lucrativo como o de quinquilharias Android, preferindo se voltar a aparelhos esquisitos como Ouya e Shit Shield que ou não dependem de bateria ou esta possui carga elétrica suficiente para uma autonomia aceitável. E, claro, tablets. Como o Tegra 4 é um SoC honesto num preço modesto, a nVidia viu nele a possibilidade de recuperar o dinheiro do marketing na plataforma Tegra Note: a camaleão faz o tablet Android de referência e fabricantes como a Gradiente montam, se virando para vender e dar garantia local ao hardware.

Só que a nVidia queria mais que dinheiro: ela quer visibilidade numa plataforma cujo hardware é dominado (com toda a razão) por Samsung e Qualcomm. Como fazer isso? Estando presente no tablet mais aguardado pelos desenvolvedores e outros entusiastas Android, o Nexus 9.
continue lendo

emDestaques Google Mercado

GeForce GTX 980M e 970M: GPUs mobile com performance de desktop

Por em 8 de outubro de 2014

gtx-980m-970m

A nVidia sabe que cada vez mais pessoas estão preferindo adquirir notebooks ao invés de desktops e por conta disso, muito mais pessoas preferem jogar neles e gostariam de uma performance mais satisfatória em termos de gráficos. O grande problema é que a GPU de um notebook é muito aquém de sua contraparte, só que isso está para mudar com as novas GTX 980M e 970M.

continue lendo

emComputadores Entretenimento Hardware