Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Poço dos desejos no RuneScape arrecada US$ 160 mil para a caridade

Por em 5 de dezembro de 2014

runescape

Durante todo o mês de novembro a Jagex realizou uma campanha no RuneScape que alguns poderiam achar que não daria certo, mas que agora tem chamado a atenção por mostrar que ao unir os games com a boa vontade das pessoas, é possível encontrarmos maneiras para ajudar muita gente.

A ideia da desenvolvedora foi criar um poço dos desejos virtual, onde qualquer jogador poderia jogar moedas ou itens adquiridos no game e a promessa era de que tudo o que fosse encontrado ali seria convertido em dinheiro real e posteriormente doado à instituições de caridade.

continue lendo

emMMO

Para Bungie, é difícil avaliar um jogo como o Destiny

Por em 28 de novembro de 2014

destiny

Ultimamente temos visto um número cada vez maior de títulos em que precisamos estar conectados para jogar ou que pelo menos tentam mesclar a experiência single e multiplayer, e para Pete Parsons, COO da Bungie, isso tem feito com que seja complicado avaliar essas criações.

É verdade que existem muitas pessoas que estavam céticas e que ainda estão jogando. Acho que é muito difícil – conforme jogos como o Destiny forem lançados – é muito difícil sentar-se por nove, 11 horas e escrever uma análise de um jogo como o Destiny, certo?

Se eu fosse um crítico, pareceria um desafio quase impossível de se fazer, porque simplesmente não existe maneira de poder experimentar… você mal experimenta parte da campanha e do PvP e não consegue chegar a todas a atividades do fim do jogo, então fica a grande questão que é, ‘como jogos como o Destiny serão avaliados no futuro?’

continue lendo

emMiscelâneas

Documentário comemora os 10 anos do World of Warcraft

Por em 10 de novembro de 2014

WoW-Looking-for-Group

Na última semana aconteceu nos Estados Unidos a BlizzCon, um dos eventos mais aguardados pelos fãs da Blizzard e entre o anúncio de um jogo ou outro, a empresa aproveitou para comemorar o décimo aniversário do lançamento daquela que acho que pode ser considerada a sua maior criação, o World of Warcraft.

Tendo se tornado um dos maiores fenômenos da indústria, o título teve uma enorme influência na consolidação dos MMOs e mesmo há tanto tempo no mercado, ele ainda conta com mais de sete milhões de jogadores que pagam uma mensalidade para se aventurar em seu fantástico mundo virtual.

continue lendo

emCultura Gamer MMO

EFF propõe que jogos online possam ser ressuscitados por terceiros

Por em 5 de novembro de 2014
city-of-heroes

City of Heroes, um dos muitos MMOs “mortos em ação”.

Como alguém que sempre defendeu a manutenção da história dos games e a possibilidade de jogar qualquer título quando sentirmos vontade, nunca me cansarei de lamentar os anúncios de morte de jogos online ou até mesmo de modos que só podem ser aproveitados desta maneira.

É compreensível que as empresas não tenham interesse financeiro em manter funcionando os servidores de títulos que poucos jogam, mas não seria bom se tivéssemos a opção de abrigarmos as partidas online? Pois a Electronic Frontier Foundation deu início a uma campanha que tem como objetivo tornar legal a modificação de games cujas porções online deixaram de funcionar.

continue lendo

emGames Indústria MMO Museu

Blizzard e a dificuldade em vender o World of Warcraft como eSport

Por em 1 de outubro de 2014

world-of-warcraft

Com o crescimento do interesse dos gamers pelo eSport, cada vez mais desenvolvedoras tem tentando explorar esse mercado, a maioria delas lançando MOBAs que pouco trazem de novidade a o que já existe, mas uma que está tentando encontrar uma maneira de aproveitar um MMO neste sentido é a Blizzard.

Durante muitos anos o World of Warcraft figurou em campeonatos famosos, mas uma dificuldade que o estúdio tem enfrentado é em vender as transmissões dos duelos realizados em Azeroth, conforme explicou Kim Phan, chefe de eSports da empresa.

continue lendo

emGames MMO

Guild Wars 2 será gratuito durante uma semana

Por em 25 de setembro de 2014

guild-wars-2

Eu nunca foi muito fã de MMOs, mas depois de ouvir tantas pessoas elogiando veementemente o Guild Wars 2, resolvi arriscar e comprei o jogo da NCSoft. Durante alguns dias eu me vi completamente preso a aventura, mas outros títulos acabaram desviando minha atenção e por isso não tenho jogado mais.

Mesmo sem ter progredido muito e ainda patinando em muitos detalhes da jogabilidade, gostei bastante do que vi, com o jogo oferecendo um bom sistema de batalhas, gráficos muito bonitos e sendo bastante acessível para novatos. Porém, talvez a principal vantagem do GW2 seja a inexistência de mensalidade e o fato dele não ser gratuito, dispensando portanto as tão odiadas microtransações.

continue lendo

emGames MMO

Blizzard cancela desenvolvimento do MMO Titan

Por em 24 de setembro de 2014

titan

Foram sete anos de desenvolvimento, muita expectativa criada e poucas informações reveladas, mas mesmo sem nunca ter anunciado oficialmente a criação de um novo MMO que ficou conhecido como Titan, de forma surpreendente a Blizzard anunciou que ele não verá a luz do dia.

Quem deu a notícia foi Mike Morhaime, co-fundador e CEO do estúdio, que concedeu uma entrevista para explicar o motivo deles terem tomado esta drástica decisão.

continue lendo

emGames MMO