Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Dispositivos iOS ganharão Mega Man X

Por em 12 de dezembro de 2011 - 3 Comentários

dori_mm_12.12.11

Apesar de ter jogado muito menos do que deveria, quem acompanha o Meio Bit Games deve saber que eu gosto bastante da franquia Mega Man. Além de achar o personagem bastante carismático, adoro a ideia de podermos adquirir as armas dos chefes para as utilizarmos em outros, além de os primeiros capítulos terem um grau de dificuldade bastante alto.

Embora a série X tenha deixado uma boa parte daquela revoltante dificuldade para trás, os games ainda eram bastante difíceis e em breve os japoneses ganharão um belo motivo para jogar seus iPads, iPhones e iPods na parede, já que a Capcom anunciou que começará a vender para eles o Mega Man X.

Os puristas provavelmente não gostarão de saber que a conversão não usará como base o original, lançado para o Super Nintendo, mas sim uma versão lançada para celulares, contando com um placar online, um modo com 80 desafios e como pode ser visto na imagem acima, os gráficos deixaram de lado os pixels para ganhar uma cara de desenho animado. No entanto, o que mais deverá incomodar é a ausência de botões e por isso eu ainda preferiria encarar o jogo no meu Playstation 2, através da Mega Man X Collection.

Não há confirmação de que o jogo será lançado no ocidente, mas se for, você o compraria?

[via CVG]

emCelulares Jogos Museu Portáteis

Instagram chega ao Orkut, digo, ao Android

Por em 8 de dezembro de 2011 - 86 Comentários

Neste exato momento, enquanto digito essas mal traçadas linhas, hipsters sangram pelos olhos de dor e revolta. É que foi anunciado hoje por Kevin Systrom, CEO do Instagram, que uma das apps mais famosas do iOS chegará ao Android. Para quem não conhece o Instagram, é um aplicativo que permite “vintagelizar” fotos, dando um ar retrô e descolado. É a forma mais rápida e eficaz de estragar uma boa foto se você tiver um iPhone.

A popularidade do Instagram chega a ser no mínimo irônica, considerando que donos de iPhone vêem o próprio aparelho como sinônimo de status e exclusividade. Ao menos aqui no Brasil, considerando que nos EUA, por exemplo, até quem trabalha no McDonalds tem. A base de usuários atual é na casa dos 50 milhões e a expectativa da empresa é dobrar esse número quando o software for disponibilizado para a plataforma Android. Estima-se que o índice de suicídios perante usuários de iPhone aumentará em 400% nessa data, além da abertura de 37 milhões de novos Tumblrs postando mensagens depressivas usando fundos desfocados e fonte helvética.

Uma caneca da Apple "direto de 1977".

Brincadeiras a parte, o Instagram é uma ferramenta interessante e divertida, pois permite diversas modificações rápidas para estilizar fotos sem que qualquer conhecimento de edição de imagens seja necessário. É mais ou menos como o Guitar Hero: dá ao usuário a sensação de que ele é bem mais do que parece. Mas um usuário de Instagram é tão fotógrafo quanto um jogador de Guitar Hero é roqueiro.

Agora é esperar a chegada da versão Android e rolar de rir com os discursos elitistas e deprimidos dos usuários de iOS que perderam a “exclusividade” num universo de 50 milhões de pessoas. Vale ressaltar que antes de ser sinônimo de exclusividade e elitismo, o Instagram é uma empresa, e como toda empresa que se preze, está literalmente defecando para qualquer tipo de manifestação contrária a sua expansão.

Fonte

emFotografia Meio Bit

App do Dia (talvez do Ano)–Flipboard para iPhone

Por em 7 de dezembro de 2011 - 8 Comentários

IMG_2120O Flipboard é a aplicação-vitrine do iPad. Eu aposto o Macbook Air* que o MeioBit dará de bônus para seus autores que a Apple paga uma boa grana para mantê-lo restrito ao mundo iOS. É o primeiro agregador que conseguiu unificar Twitter, Facebook, Flickr, Instagram e GReader sem transformar o tablet em uma penteadeira de dama que troca favores por dinheiro.

* imaginário

Por muito tempo foi cobrada uma versão para iPhone, mas sempre ficou a dúvida: Como a interface funcionaria em uma tela pequena? Não ficaria tudo apertado demais? A usabilidade do Flipboard, a facilidade descompromissada de folhear listas de Twitter e todo tipo de post ficaria comprometida?

Agora que a aplicação foi lançada e já está disponível no iTunes, podemos descobrir!

O pacote de instalação tem pífios 8,7MB, o Flipboard segue a Escola µTorrent de Programação Otimizada, portanto o download pode levar no máximo algumas horas, dependendo de sua operadora brasileira de 3G.

continue lendo

emApple e Mac Resenha Software

PhotoGuide para Android e iPhone – uma boa pedida

Por em 1 de dezembro de 2011 - Nenhum Comentário

O pessoal da Be Pro Now está colocando no mercado uma nova versão para o seu aplicativo que promete ser o guia de campo definitivo para o fotógrafo iniciante e avançado. O PhotoGuide nada mais é do que uma coleção de tutoriais que você pode levar em seu telefone. As novidades aqui são duas. Agora temos duas versões, uma gratuita e uma paga. E a segunda novidade é que o preço da versão paga caiu para US$ 0.99, um valor que não vai matar ninguém de fome.

As duas versões vão possuir atualizações e podem ser utilizadas sem a necessidade de uma conexão com a internet. Se estiver em um local onde o sinal do 3G sumiu você ainda pode utilizar o seu guia de fotografia. Achei interessante o aplicativo. Tudo é mostrado de maneira simples e com exemplos. A versão paga é muito mais completa, mas com a gratuita já é possível brincar. Com o programa, que está em inglês, é possível aprender Tilt Shift
, splash, escolha de filtros, fotografia infravermelha, fotografia com reflexos, em movimento, HDR e muito mais.

O PhotoGhide está disponível tanto para iPhone quanto para Android e para comprar é só ir até o Market ou App Store.

 

emNotícias

Holga para iPhone – agora sim

Por em 22 de novembro de 2011 - Nenhum Comentário

Toda vez que escrevo aqui sobre lomografia alguém aparece nos comentários falando que não passa de fotografia esquisita feita com câmeras de baixa qualidade. Tudo bem, podemos até concordar com essa parte, mas o povo se esquece totalmente da parte do movimento cultural e da linguagem envolvidas nisso. Por outro lado, todo mundo é unânime em apoiar as fotos do iPhone postadas no Instagram. Sinceramente, eu não vejo diferença. Para mim o Instagram e o iPhone são a lomografia da fotografia digital. A única diferença é que o aparelho usado para fazer as fotos é bem mais caro do que uma câmera lomo.

Vendo esta semelhança entre os processos (pelo menos em minha opinião) a Holga está colocando no mercado uma carcaça para o iPhone que, se não for a melhor, pelo menos é a mais divertida. Feita em cores bem fortes, a nova carcaça é equipada com um disco giratório contendo 10 filtros utilizados na lomografia. São efeitos especiais e filtros coloridos para dar um pouco mais de graça as fotos feitas pelo seu iPhone. Além de criar diversas imagens em uma mesma foto, um dos filtros diminui a distância focal mínima da câmera do telefone.

A nova carcaça Holga para o iPhone já está disponível ao preço de US$ 25,00.

emAcessórios

Jogadores casuais estão perdendo interesse pelos portáteis

Por em 22 de novembro de 2011 - 11 Comentários

dori_psv_22.11

A pergunta é simples: Com o 3DS começando a dar sinais de que irá engrenar e o Playstation Vita prestes a ser lançado, você ainda tem interesse em adquirir um videogame portátil? Para algumas pessoas investir em um aparelho desses não faz sentido, preferindo os smartphones e um grupo de jogadores que parece estar desistindo dos portáteis são os casuais.

A situação foi constatada pela empresa de pesquisa de mercado Cowen and Company, que após realizar uma pesquisa nos Estados Unidos, descobriu que apenas 37% das pessoas ainda jogam nos portáteis, enquanto que 52% usam seus celulares como plataforma de jogos. Segundo o relatório, o interesse dos casuais nos portáteis caiu 29% nos últimos dois anos e os principais responsáveis por isso seriam justamente os smartphones.

Os analistas ainda sugerem que um generoso corte de preços poderiam ajudar a reverter o cenário e acreditam que este não seja um grande problema para as desenvolvedoras americanas, já que muitas delas estão lucrando com a venda de jogos para celulares. No entanto, o mesmo não pode ser dito dos japoneses, como a Sony e especialmente a Nintendo, que continua se negando a vender seus títulos para aparelhos que não sejam fabricados por eles mesmos.

Para os jogadores que não se importam muito com gráficos e uma jogabilidade mais complexa, acho que o melhor mesmo é usar seus iPhones e similares para jogar, mas para aqueles que procuram algo mais parecido com a experiência proporcionada pelos consoles, penso que algo como um PS Vita é a melhor opção e enquanto os estúdios não encontrarem uma maneira de compensar a ausência de botões dos celulares, continuarei comprando portáteis.

[via GamesIndustry]

emCelulares Jogos Nintendo Portáteis Sony

Scribblenauts Remix destrona Angry Birds na App Store

Por em 18 de novembro de 2011 - 2 Comentários

dori_scr_18.11

É muito provável que a façanha conquistada pela 5th Cell Media e Warner Bros. não dure muito tempo, mas após reduzir o preço do Scribblenauts Remix para dispositivos iOS para apenas US$ 0,99, as empresas conseguiram algo que parecia impossível, tirar o Angry Birds do topo da lista de jogos mais vendidos da App Store.

O game conquistou muitos jogadores no DS ao oferecer uma jogabilidade viciante onde devemos solucionar quebra-cabeças ao utilizar objetos que são invocados ao digitamos seus nomes e a conquista do primeiro lugar pode ter um significado bastante significativo, mostrando que títulos de qualidade por preços acessíveis podem brigar em condições de igualdade com o gigante da Rovio.

Além disso, é muito bom ver um jogo que brilha pela originalidade vendendo, mesmo que temporariamente, mais do que um que não se envergonha de aproveitar a ideia de outras pessoas, sem falar nos seus criadores, que deixaram o sucesso subir à cabeça e que não mostram sinais de quando apresentarão ao mundo algo que não esteja relacionado aos pássaros nervosinhos.

Se você está procurando um título muito divertido para seu iPad, iPhone ou iPod, vá por mim, deixe o Angry Birds de lado e dê uma chance ao Scribblenauts Remix, pelo menos no DS ele é fantástico.

[via Gamasutra]

emCelulares Jogos