Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Qual o melhor micro-console para jogos Android: o da Amazon ou o do Google?

Por em 19 de outubro de 2014
Laguna_Asus_Nexus_Player_FCC

Nexus Player, o console Android do Google é aprovado pelo FCC

Nos Estados Unidos, todos os aparelhos eletrônicos que façam transmissão sem fio usando padrões como Wi-Fi e Bluetooth devem ser aprovados pela FCC, a Anatel deles. É ilegal colocar à venda qualquer aparelho que ainda não tenha sido aprovado.

Esse foi o caso do console Android do Google, o Nexus Player. Alguém lá em Mountain View percebeu que não podia fazer a pré-venda do aparelho e o Google retirou tal console da Play Store sexta-feira (17/10).

Pois bem, ontem, sábado (18/10), a Federal Communications Commission finalmente aprovou o hardware fabricado pela Asus. Isso quer dizer que quem quiser comprar o micro-console Android oficial do Google só precisa esperar mais alguns dias e provavelmente o lançamento previsto para o dia 3 de novembro será mantido.

Quando o tio Laguna percebeu que a pré-venda do Nexus Player foi cancelada, fui atrás de outras lojas e me deparei com esta mensagem simpática do Jeff Bezos na Amazon:
continue lendo

emAcessórios Celulares Google Hardware Jogos Mercado

Google Nexus 9, tablet com Android 5 Lolita agora é oficial

Por em 16 de outubro de 2014
Laguna_nVidia_Shield_tablet_1

Shield tablet, uma quinquilharia Android qualquer com Tegra K1 (Crédito: nVidia)

No mundo mobile, se há algo em comum entre a Intel e a nVidia é o fato de as duas empresas não conseguirem desenvolver GPUs mobile para smartphones.

Enquanto a Intel reconhece tal fraqueza e encomenda processadores gráficos mobile para quem realmente entende do assunto, a nVidia preferiu desistir do ramo por não conseguir entregar algo seja energeticamente eficiente para smartphones menores que 7 polegadas.

Mesmo sendo incompetente nos pequenos aparelhos, a camaleão verde de Santa Clara não seria maluca de não estar num ramo tão lucrativo como o de quinquilharias Android, preferindo se voltar a aparelhos esquisitos como Ouya e Shit Shield que ou não dependem de bateria ou esta possui carga elétrica suficiente para uma autonomia aceitável. E, claro, tablets. Como o Tegra 4 é um SoC honesto num preço modesto, a nVidia viu nele a possibilidade de recuperar o dinheiro do marketing na plataforma Tegra Note: a camaleão faz o tablet Android de referência e fabricantes como a Gradiente montam, se virando para vender e dar garantia local ao hardware.

Só que a nVidia queria mais que dinheiro: ela quer visibilidade numa plataforma cujo hardware é dominado (com toda a razão) por Samsung e Qualcomm. Como fazer isso? Estando presente no tablet mais aguardado pelos desenvolvedores e outros entusiastas Android, o Nexus 9.
continue lendo

emDestaques Google Mercado

Google tenta se mudar do meu quarto para a minha sala com o Nexus Player

Por em 15 de outubro de 2014
gsmarena_001

Eu vejo com meus olhinhos: Netflix.

Que o Nexus 6 já tem minha alma escravizada, usa meu corpinho para seu bel prazer e é minha companhia constante, não é segredo para ninguém, mas agora a linha Nexus parece estar querendo se mudar do meu quarto para a minha sala. E eu posso gostar disso.

Eu tenho um problema: minha sala de estar, diferente do que deveria ser, é o cômodo menos conectado da casa. Lá tem um PlayStation 3, que eu tenho que ligar pra ver o Netflix, por que a TV não é tão smart assim, e entre ligar o televisor, o receiver e o videogame eu acabo com nada menos que 5 ou 6 controles remotos espalhados pela sala (shhh, não use a palavra universal ou o mundo acaba). E caras, isso é um inferno se você está tentando ensinar sua filha a ser organizada (rá… dream on…).

Se ao menos existisse um dispositivo que pudesse centralizar toda essa baderna por um preço decente (shhh, não fale em Apple TV perto de mim). Bom o Google já tinha cag@##, digo tentado introduzir (uui!) sua solução para a sala de estar antes, mas deu naquilo, não funcionava, pouco relevante e ninguém gosta nem de lembrar.
continue lendo

emAcessórios Áudio Vídeo Fotografia Celulares Destaques Entretenimento Google Mercado

Nexus 6 com Android lésbico chupador de pirulitos anunciado oficialmente

Por em 15 de outubro de 2014
androidlesbico

Nexus <3

Os Nexus 4 e 5 são o maior ponto de exclamação tecnológico da minha vida. Eu amo tanto os dispositivos que quero ter sempre um me acompanhando. E para fazer isso acontecer mais rápido, eu sempre destruo completamente o irmão mais velho para ter uma desculpa e poder comprar o mais novo.

O Google liberou finalmente o site oficial do Nexus 6, com todas as especificações para me fazer babar por meses até ele chegar nas minhas mãos suadas.

Como já havia sido especulado anteriormente, ele é praticamente um Moto X com esteroides. Tela de 6″, Snapdragon 2,7 GHz quad-core, GPU Adreno 420, câmera de 13 megapixels com estabilização óptica e todas aquelas especificações maravilhosas que me fazem ter sonhos molhados.
continue lendo

emCelular Destaques Especial Google Mercado

Google anuncia cabo submarino entre Estados Unidos e América Latina

Por em 9 de outubro de 2014

cabo_submarino_usa_la

De acordo com o Google, a América Latina conta, atualmente, com mais de 300 milhões de usuários conectados à internet, o que representa mais da metade de toda a população da região. Como a empresa depende muito da qualidade da conexão para que os usuários possam ter uma boa experiência com os seus produtos e serviços, o Google investe continuamente na conectividade mundial.

No início de agosto, a empresa anunciou a construção de um cabo submarino interligando os Estados Unidos e o Japão em um investimento de US$ 300 milhões. Nesta quinta-feira, foi a vez da América Latina — mais especificamente o Brasil — ser contemplada com um novo anúncio da empresa.
continue lendo

emDestaques Google Telecom Wireless e Redes

Google+ finalmente ganha opção nativa de enquetes

Por em 9 de outubro de 2014

google_plus_enquetes

Quando um novo serviço é lançado e, em sua área, já existe uma referência, o mínimo que espero é que o novato conte com os melhores recursos do serviço velho de guerra, além, é claro, de trazer aprimoramentos do que já existe. Afinal, se for apenas uma cópia do antigo, será mais do mesmo e a probabilidade de não me agradar será gigante.

Lá em meados de 2011, quando o Google lançou o Google+, pude verificar, no novo serviço, algumas melhorias em relação ao Facebook, mas ele veio sem muitas coisas que eu achava muito legal, como, por exemplo, as enquetes. Para suprir a falta delas, eu fazia algo extremamente português e que me dava o maior trabalho, mas, ao menos, quebrava o galho.
continue lendo

emGoogle Internet Software Web 2.0

Photoshop chega ao Google Chrome OS

Por em 30 de setembro de 2014

Acho que todo ser vivo já ouviu falar do Photoshop. Aliás, o programa virou sinônimo de alteração digital em imagens, independente do software que foi utilizado para fazer a edição. O povo já tasca a frase: “Esta foto está photoshopada”. Mesmo sendo identificado como um software para fotografia, o programa é uma poderosa ferramenta de design digital, e não apenas para edição de fotos, e mesmo tendo uma legião de softwares concorrentes, o mesmo ainda é soberano na preferência dos consumidores. Por isso que muitos reclamam do programa não estar disponível para sistemas operacionais fora do domínio da Microsoft e Apple. Mas, parece que isso está mudando (mesmo que seja de leve).

No dia de hoje foi anunciado que uma versão beta do Photoshop CC está chegando para os Chromebooks lançados pelo Google. Embora seja uma versão beta, e somente o Photoshop está disponível, já é um grande passo. E a Adobe promete que outros produtos da Creative Cloud estarão disponível em breve para o sistema operacional. Por enquanto, quem tem acesso a esta nova versão são os clientes do setor educacional da Adobe norte americana que possuam uma conta ativa do Creative Cloud. Assim como tudo no Chrome OS, o Photoshop vai funcionar inteiramente a partir da nuvem e vai ser  integrado com o Google Drive.

Interessante, ainda mais que as assinaturas do Photoshop CC vem caindo de valor consideravelmente, mostrando que não existe mais desculpa para utilizar uma versão pirata. Assim como de costume, a Adobe está pedindo que os usuários desta nova versão beta reportem os erros que encontrarem na execução do software. Em breve devemos ter a versão final do programa para o Chrome OS.

photoshop_para_chrome_OS

Leia também, em mais detalhes:

emManipulação digital