Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Europa quer dividir o Google em ao menos duas empresas: o buscador e o resto

Por em 23 de novembro de 2014
Laguna_Google_Neutralidade_da_internet

“Google, não seja mau!” (Crédito: Ars Technica)

Vamos supor que você é coordenador do curso de computação de uma universidade federal e precisa de novos computadores da Apple usando dinheiro público, como fazer a licitação?

Uma bela saída é descrever bem detalhadamente o aparelho desejado sem dizer a marca. Em vez de “Mac Pro”, você diz na licitação que seu departamento precisa de “um PC em formato cilíndrico com processador central Intel Xeon de 3,7 GHz e dois processadores gráficos AMD FirePro W9000”.

Com sutileza semelhante, o Parlamento Europeu quer que o Google forneça parte da receita do molho especial para empresas concorrentes, um gostinho exclusivo que o buscador homônimo somente compartilha com as outras divisões de Mountain View.
continue lendo

emGoogle Mundo Estranho Telecom

Google Contributor transforma os leitores em mecenas dos sites que mais gostam

Por em 23 de novembro de 2014

lorenzo_da-vincis-demons

Assim como acontece no mundo real lá fora, quando a gente cria um projeto online, é preciso muito trabalho, tempo, paciência e muita perseverança pra ver ele dando certo, ou seja, dando retorno financeiro. Falando pessoalmente, o único modelo de negócios que funciona é uma combinação entre trabalho duro e contatos com agências de publicidade, mas existem outros relatos que envolvem outras soluções como o apoio do público, nunca porém sem o primeiro elemento da equação.

Criada para tentar agilizar este processo, enquanto rende bons lucros, a nova ferramenta Google Contributor é uma assinatura mensal com a qual o leitor que mais curte os blogs pode passar a patrocinar seu conteúdo com contribuições mensais de US$ 1, 2 ou 3, e como recompensa deixar de ver os anúncios do Google, que são trocados por um padrão de pixels com uma mensagem de agradecimento.

google_contributor

O Contributor tem uma diferença fundamental para o Patreon, uma das plataformas de crowdfunding mais populares entre os criadores de conteúdo, a respeitável chancela do Google, que literalmente entra com o “seu na reta”, ao tirar as exibições de anúncios, grande e histórica fonte de faturamento da empresa. Os criadores dos sites recebem parte do valor das contribuições, e o resto fica com o Google, é claro, que ninguém é de ferro.

Sites respeitados como Mashable, The Onion, ScienceDaily, Imgur, WikiHow e Urban Dictionary foram os primeiros escolhidos, e por enquanto a entrada no programa está restrita a sites de moradores dos Estados Unidos, o que é uma pena, mas conhecendo o Google, em breve também estará disponível para o resto dos mortais ao redor do mundo. Como algumas das coisas mais legais do Google, a entrada como contribuidor é feita por convite, e você pode se inscrever para ser colaborador. Para se inscrever como dono de um site, além de morar por lá, é preciso enviar um email.

Saiba mais sobre o Google Contributor.

emDestaques Google Publicidade

Qual o melhor micro-console para jogos Android: o da Amazon ou o do Google?

Por em 19 de outubro de 2014
Laguna_Asus_Nexus_Player_FCC

Nexus Player, o console Android do Google é aprovado pelo FCC

Nos Estados Unidos, todos os aparelhos eletrônicos que façam transmissão sem fio usando padrões como Wi-Fi e Bluetooth devem ser aprovados pela FCC, a Anatel deles. É ilegal colocar à venda qualquer aparelho que ainda não tenha sido aprovado.

Esse foi o caso do console Android do Google, o Nexus Player. Alguém lá em Mountain View percebeu que não podia fazer a pré-venda do aparelho e o Google retirou tal console da Play Store sexta-feira (17/10).

Pois bem, ontem, sábado (18/10), a Federal Communications Commission finalmente aprovou o hardware fabricado pela Asus. Isso quer dizer que quem quiser comprar o micro-console Android oficial do Google só precisa esperar mais alguns dias e provavelmente o lançamento previsto para o dia 3 de novembro será mantido.

Quando o tio Laguna percebeu que a pré-venda do Nexus Player foi cancelada, fui atrás de outras lojas e me deparei com esta mensagem simpática do Jeff Bezos na Amazon:
continue lendo

emAcessórios Celulares Google Hardware Jogos Mercado

Google Nexus 9, tablet com Android 5 Lolita agora é oficial

Por em 16 de outubro de 2014
Laguna_nVidia_Shield_tablet_1

Shield tablet, uma quinquilharia Android qualquer com Tegra K1 (Crédito: nVidia)

No mundo mobile, se há algo em comum entre a Intel e a nVidia é o fato de as duas empresas não conseguirem desenvolver GPUs mobile para smartphones.

Enquanto a Intel reconhece tal fraqueza e encomenda processadores gráficos mobile para quem realmente entende do assunto, a nVidia preferiu desistir do ramo por não conseguir entregar algo seja energeticamente eficiente para smartphones menores que 7 polegadas.

Mesmo sendo incompetente nos pequenos aparelhos, a camaleão verde de Santa Clara não seria maluca de não estar num ramo tão lucrativo como o de quinquilharias Android, preferindo se voltar a aparelhos esquisitos como Ouya e Shit Shield que ou não dependem de bateria ou esta possui carga elétrica suficiente para uma autonomia aceitável. E, claro, tablets. Como o Tegra 4 é um SoC honesto num preço modesto, a nVidia viu nele a possibilidade de recuperar o dinheiro do marketing na plataforma Tegra Note: a camaleão faz o tablet Android de referência e fabricantes como a Gradiente montam, se virando para vender e dar garantia local ao hardware.

Só que a nVidia queria mais que dinheiro: ela quer visibilidade numa plataforma cujo hardware é dominado (com toda a razão) por Samsung e Qualcomm. Como fazer isso? Estando presente no tablet mais aguardado pelos desenvolvedores e outros entusiastas Android, o Nexus 9.
continue lendo

emDestaques Google Mercado

Google tenta se mudar do meu quarto para a minha sala com o Nexus Player

Por em 15 de outubro de 2014
gsmarena_001

Eu vejo com meus olhinhos: Netflix.

Que o Nexus 6 já tem minha alma escravizada, usa meu corpinho para seu bel prazer e é minha companhia constante, não é segredo para ninguém, mas agora a linha Nexus parece estar querendo se mudar do meu quarto para a minha sala. E eu posso gostar disso.

Eu tenho um problema: minha sala de estar, diferente do que deveria ser, é o cômodo menos conectado da casa. Lá tem um PlayStation 3, que eu tenho que ligar pra ver o Netflix, por que a TV não é tão smart assim, e entre ligar o televisor, o receiver e o videogame eu acabo com nada menos que 5 ou 6 controles remotos espalhados pela sala (shhh, não use a palavra universal ou o mundo acaba). E caras, isso é um inferno se você está tentando ensinar sua filha a ser organizada (rá… dream on…).

Se ao menos existisse um dispositivo que pudesse centralizar toda essa baderna por um preço decente (shhh, não fale em Apple TV perto de mim). Bom o Google já tinha cag@##, digo tentado introduzir (uui!) sua solução para a sala de estar antes, mas deu naquilo, não funcionava, pouco relevante e ninguém gosta nem de lembrar.
continue lendo

emAcessórios Áudio Vídeo Fotografia Celulares Destaques Entretenimento Google Mercado

Nexus 6 com Android lésbico chupador de pirulitos anunciado oficialmente

Por em 15 de outubro de 2014
androidlesbico

Nexus <3

Os Nexus 4 e 5 são o maior ponto de exclamação tecnológico da minha vida. Eu amo tanto os dispositivos que quero ter sempre um me acompanhando. E para fazer isso acontecer mais rápido, eu sempre destruo completamente o irmão mais velho para ter uma desculpa e poder comprar o mais novo.

O Google liberou finalmente o site oficial do Nexus 6, com todas as especificações para me fazer babar por meses até ele chegar nas minhas mãos suadas.

Como já havia sido especulado anteriormente, ele é praticamente um Moto X com esteroides. Tela de 6″, Snapdragon 2,7 GHz quad-core, GPU Adreno 420, câmera de 13 megapixels com estabilização óptica e todas aquelas especificações maravilhosas que me fazem ter sonhos molhados.
continue lendo

emCelular Destaques Especial Google Mercado

Google anuncia cabo submarino entre Estados Unidos e América Latina

Por em 9 de outubro de 2014

cabo_submarino_usa_la

De acordo com o Google, a América Latina conta, atualmente, com mais de 300 milhões de usuários conectados à internet, o que representa mais da metade de toda a população da região. Como a empresa depende muito da qualidade da conexão para que os usuários possam ter uma boa experiência com os seus produtos e serviços, o Google investe continuamente na conectividade mundial.

No início de agosto, a empresa anunciou a construção de um cabo submarino interligando os Estados Unidos e o Japão em um investimento de US$ 300 milhões. Nesta quinta-feira, foi a vez da América Latina — mais especificamente o Brasil — ser contemplada com um novo anúncio da empresa.
continue lendo

emDestaques Google Telecom Wireless e Redes