Ciência
Ciência
Digital Drops Blog de Brinquedo

NASA enviará missão de coleta de amostras a asteroide que destruirá a Terra (#justkidding)

Por em 12 de setembro de 2014
Allende_Meteorite

O meteorito Allende é o maior meteorito carbonáceo condrito já encontrado na Terra. O asteroide caiu na Terra em 1969.

A NASA sempre quis mandar uma missão de coleta de amostras para Marte que conseguisse voltar com preciosos pedaços da superfície do nosso vizinho, mas parece que ela vai mesmo é conseguir amostras de um asteroide com sarampo antes de colocar as mãos em qualquer parte do planeta vermelho.

A missão americana para trazer de volta uma amostra do asteroide está aprovada, com financiamento garantido e lançamento marcado para setembro de 2016 a bordo de um foguete Atlas 5, enquanto missões parecidas para Marte estão presas em loops infinitos de burocracia sem qualquer previsão otimista.

continue lendo

emEspaço Indústria

BREAKING NEWS! CNN é destruída por asteroide gigante

Por em 28 de maio de 2014

asteroid-impact

O bom do avanço das tecnologias móveis no que compete ao jornalismo é a agilidade e a disponibilidade. O Cardoso já discorreu sobre isso mas não custa nada relembrar: outrora um “jornalista amador” que estivesse no lugar certo, na hora certa conseguia uns trocados vendendo seus vídeos e fotos de acontecimentos para grandes veículos de mídia, quando esses não tinham como cobrir oficialmente. Por outro lado, as emissoras não davam crédito ao autor, colocavam “cinegrafista amador” e pronto, era uma forma de se manter no controle, embora tenha perdido o furo da notícia.

continue lendo

emDestaques Internet Publicidade Telecom Web 2.0

O fim do mundo foi anteontem (em Minas Gerais)

Por em 21 de dezembro de 2012

Como alguns de vocês devem saber, eu estou morando em Los Angeles. E a Califórnia é muito bem conhecida por ter bastante terremoto. Comunicando-me com minha mãe que está em Recife, eu contei para ela (brincando, claro) sobre o “fim do mundo em 2012”. Hoje ela me ligou para avisar sobre o terremoto que aconteceu em Minas Gerais, chuva em São Paulo e um suposto vulcão na Rússia. Acidentes naturais acontecem todos os dias, nós apenas não prestamos atenção à eles.

Lendo um livro: “How To Get Ideas” do Jack Foster, dá para se ter uma noção do que eu estou falando. Em uma parte do livro ele diz: “Se você quer comprar um carro X, você passará a ver mais freqüentemente este carro X. Isso significa que só por que você demonstrou interesse nesse carro, o número dele aumentou? Não, os carros sempre estiveram ali, você apenas não enxergava-os”. Ocorre basicamente o mesmo com desastres naturais: por conta da atenção da imprensa, é criado todo um circo de terror em volta daquela história. A mídia deveria servir para informar as pessoas e não assustá-las.

O que aconteceu em Minas Gerais pode ter sido um caso bem isolado. Bom lembrar que todos nós estamos em cima de gigantes placas tectônicas. Algumas são mais suscetíveis à colisões, resultando em terremotos e vulcões, enquanto outras possuem leve ou moderada atividade. E sabe o que é mais engraçado? Eu peguei uma imagem em um blog chamado Gnosis Online, cujo assunto é: Fim dos Tempos.
continue lendo

emGeologia Segurança

Dicas para fotografar o Fim do Mundo

Por em 19 de dezembro de 2012

E, ao que parece, o fim do mundo está chegando, mais uma vez. Nem adianta a NASA fazer pronunciamento oficial dizendo que está tudo bem com nosso pequeno e frágil planeta, pois sempre vai ter aquela cambada de maluco que vai estar esperando tudo ir para o vinagre. Já que o tema até o dia 21 vai ser o Apocalipse, então nada melhor do que encarar isso com muito bom humor. O blog do BorrowLenses colocou no ar um vídeo intitulado Mayan Apocalypse Photo Survival Tips, onde de forma rápida e direta são explicadas algumas formas de melhorar suas fotos durante o fim do mundo e para que você possa registrar o evento da melhor forma possível.

São apenas três dicas, mas muito interessantes para quem não quer perder um momento importante. A primeira é que você deve ter uma lente com um bom sistema de estabilização de imagem, pois nenhum apocalipse está completo sem um terremoto. Importante não ter fotos tremidas. A segunda dica é ter uma câmera com grande capacidade de registro de fotos por segundo, pois uma das possibilidades é o surgimento de zumbis e a ação vai se desenrolar muito rápido. Uma observação aqui é que um tripé só vai te atrasar e, embora ele possa ser utilizado como arma, não vai ser muito útil no fim do mundo. E, por último, é sempre bom ter uma meia tele para fazer aquele último e impressionante retrato de família.

Útil? Nem um pouco. Engraçado? Sim, muito. Vejam o vídeo abaixo.

 

 

emNotícias