Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Podemos tirar onda: americanos com dificuldade de se adaptar a cartões com chip

Por em 31 de julho de 2015 - 141 Comentários

bigCard-gold

Uma das poucas vantagens da hiperinflação é que foi um período implacavelmente darwinista para o setor financeiro do Brasil. Quando o dinheiro desvalorizava em questão de horas era inviável esperar dias por uma operação. Com isso desenvolvemos uma estrutura impressionante, que está anos à frente de tudo que existe nos países desenvolvidos.
continue lendo

emComputação móvel Destaques Indústria Mundo Estranho

E no Wii U, a Nintendo descontinuará o TVii

Por em 26 de julho de 2015 - 6 Comentários
Laguna_TVii_on_Wii_U_GamePad

Desde 2012 a Nintendo nos deve uma explicação sobre para que serve o GamePad do Wii U em jogos (crédito: The Verge)

Com dois anos e meio no mercado, o único grande sucesso do Nintendo Wii U como plataforma da 8ª geração é ainda manter a maior base instalada de consoles… no Japão. E não será assim por muito tempo: o PlayStation 4 vai atropelá-lo por lá em breve, questão de tempo.

No ocidente, a Nintendo vai jogando a toalha e dando a entender que só vai manter o Wii U ativo até a chegada do Nintendo NX. Por mais que negue.

Enquanto o novo console não chega, o jeito é tentar enxugar o atual para não dar mais prejuízos, desligando serviços pouco utilizados. É o caso do TVii.
continue lendo

emNintendo

Tá todo mundo se livrando do General Lee. Até a Apple

Por em 26 de junho de 2015 - 130 Comentários
Laguna_Confederate_Flag

Bandeira dos Estados Confederados foi banida dos EUA (crédito: Headline Politics)

O amor venceu na civilização: em decisão apertada, a Suprema Corte dos Estados Unidos aprovou o casamento homo-afetivo. O casamento gay tornou-se legal nacionalmente e, caso não haja reconsideração em três semanas, nenhum dos 50 estados poderá banir a união entre pessoas LGBT.

Enquanto a bandeira arco-íris está em alta, outra foi banida esta semana naquele país: a bandeira da armada confederada.

A bandeira vermelha com cruz azul estrelada de 1863, que virou sinônimo dos 13 Estados Confederados no século XX, infelizmente era usada por alguns grupos para justificar atos violentos de racismo, virando símbolo norte-americano de suposta “supremacia branca”.

O banimento da bandeira confederada atingiu inclusive os games.
continue lendo

emApple e Mac Celulares Destaques Jogos

Vendas NPD — maio: o PS4 retoma a liderança nos EUA com The Witcher 3

Por em 11 de junho de 2015 - 50 Comentários

Laguna_The_Witcher_3_art_geralt_cirilla_yennefer_triss_by_maxifen_PEQ

Fraco. Muito fraco. Com base nos lançamentos e vendas de jogos em mídia física nos Estados Unidos, esse é o único adjetivo que podemos usar para definir o mês de maio.

Como é o mês que antecede a E3 2015, o tio Laguna entende que os entusiastas preferem economizar e esperar pelo final do evento para decidir as compras que serão aproveitadas durante as férias de verão do hemisfério norte.

Vamos aos dados:
continue lendo

emHardware Microsoft Nintendo Sony

Vários bebês americanos recebem nome do vilão do The Legend of Zelda

Por em 11 de maio de 2015 - 24 Comentários

ganon

O cinema e a televisão sempre tiveram uma forte influência na escolha dos nomes de bebês, com vários personagens sendo homenageados pelos pais mais fanáticos e graças a isso, daqui a alguns anos diversos meninos americanos poderão se orgulhar (ou se envergonhar) por se chamar Gannon, tal qual o grande arqui-inimigo do Link na série The Legend of Zelda.

A descoberta do fenômeno foi feita pelo site Baby Name Wizard, que revelou que a utilização deste nome foi a que registrou o maior crescimento no ano passado. O detalhe aqui é que a escolha não se deve ao último lançamento da franquia, o Majora’s Mask 3D ou a qualquer campanha publicitária feita pela Nintendo, mas sim ao programa Teen Mom.

continue lendo

emCultura Gamer Nintendo Televisão

Angela Ahrendts, da Apple, é a mulher mais bem paga dos Estados Unidos

Por em 5 de maio de 2015 - 47 Comentários
Laguna_Angela_Ahrendts_iPhone_6_Launch

Angela Ahrendts cumprimenta funcionários e clientes numa Apple Retail Store durante o lançamento do iPhone 6 (crédito: arquivo pessoal)

O tio Laguna considera o feminismo como uma luta pela igualdade de direitos entre os gêneros. Uma das lutas do movimento feminista é contra a injusta diferença dos salários pagos entre homens e mulheres para um mesmo cargo.

Embora tal situação esteja melhorando na civilização, estima-se que a diferença global entre os salários seja zero somente daqui a 70 anos. Isso segundo a ONU.

No momento, o que temos é algumas empresas de tecnologia conseguindo pagar muito bem seus funcionários, homens e mulheres, com base em seus méritos particulares e expectativas de lucros. Que o diga a chefe de operações das lojas da Apple, Angela Ahrendts.
continue lendo

emApple e Mac Destaques Mercado

Governo americano passa a ver games como aliados

Por em 24 de abril de 2015 - Nenhum Comentário

kids-playing

Recentemente comentei por aqui sobre como o governo dos Estados Unidos pretende utilizar os games para incentivar os estudos e de acordo com Mark DeLoura, profissional que por dois anos trabalhou dentro da Casa Branca como assessor de mídias digitais, os políticos da Terra do Tio Sam realmente passaram a enxergar os jogos eletrônicos de outra maneira.

Tendo em seu currículo passagens pela Ubisoft, THQ e Nintendo, o sujeito revelou que o evento que serviu como início de tal mudança foi o Massacre de Sandy Hook, quando um adolescente entrou em uma escola e matou 27 pessoas. Aquilo fez com que várias pessoas ligadas à indústria participassem de uma reunião na sede do poder americano e conseguissem abrir os olhos dos políticos.

continue lendo

emMiscelâneas